TOTAL DE ACESSOS

ESTRELARTE COMUNICAÇÃO E EVENTOS

ESTRELARTE COMUNICAÇÃO E EVENTOS
Leva estas atrações para abrilhantar o teu evento. Para contratar: (51) 995.498.483.

AGENDA NATIVISTA 2024

AGENDA NATIVISTA 2024
Clica na imagem e confere os prazos para inscrições e as datas de realização dos festivais de música e de poesia previstos para o ano de 2024.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2024

14º CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA: DIAS 03 E 04 DE FEVEREIRO.

O 14º Festival Cante uma Canção em Vacaria, importante mostra competitiva de canções inéditas, acontecerá nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2024, na Concha Acústica do Parque Nicanor Kramer da Luz, durante o 35º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria.
Importante destacar que a comissão organizadora disponibilizará para o público, algumas medidas de acessibilidade, tais como como: intérprete de libras, áudio-descrição, reserva de lugares para cadeirantes, óculos especiais, abafadores de ouvido e criptogramas para deficientes intelectuais.

A comissão avaliadora que apontará os destaques do 14º Cante Uma Canção em Vacaria estará composta pelos seguintes nomes: 
André Teixeira: Intérprete, músico e compositor;
Anomar Danúbio Vieira: Poeta;
Karaí Guedes: Instrumentista e cantor;
Rodrigo Bauer: Poeta;
Rogério Melo: Cantor e compositor.

As 15 (quinze) músicas concorrentes, já na Ordem de Apresentação, são as seguintes: 
1. Chinoca do Olhar Matreiro
Ritmo: Chamarra
Letra: Jari Terres/Hélvio Casalinho
Melodia: Jari Terres
Interpretação: Jari Terres
Violão: Luciano Fagundes
Violão 7 Cordas: Jean Carlos Godoy
Gaita Botoneira: Tiago Camargo
Percussão: Rafa Martins
Contrabaixo: Marcello Caminha Filho
 2. Seu Mané Tem Uma Prima
Ritmo: Xote
Letra: Diego Müller/Leonardo Borges
Melodia: Ricardo Oliveira
Interpretação: Trinnca
Violão e Voz: Ricardo Oliveira
Violão e Voz: Daniel Silva
Violão: Maykell Paiva
Acordeon: Gabriel Maculan
Acordeon: Leonardo Schneider
Violino: Pedro Kaltbach
Contrabaixo: Carlos de Césaro
3. Viejo Pago Sin Olvido
Ritmo: Chacarera
Letra: Jorge Frederico Weber
Melodia: Miguel Dario Diaz
Interpretação: Grupo El Andén
Violão: Miguel Dario Diaz
Violão: Néstor Guillermo Gutiérrez
Contrabaixo: Osvaldo Rodrigues
Bateria: Alejandro Marchesotti
Vocal: Alejandro Polero
4. O Que Lhe Restou do Campo
Ritmo: Rasguido
Letra: Marco Antônio Soares/Elisandro Costa
Melodia: Cícero Fontoura
Interpretação: Cristiano Fantinel
Violão Solo: Marcelinho Carvalho
Violão Base: Cícero Fontoura
Acordeon: Evandro Pires
Contrabaixo: Pedro Terra
Percussão: Cris Medeiros
5. Milongas, Tantas Milongas
Ritmo: Milonga
Letra: José Atanásio Borges Pinto (In Memórian)
Melodia: Uiliam Michelon
Interpretação: Cassiano Paim e Thiago Carlotto
Violão: Thiago Carlotto
Violão: Ítalo Rossi
Violão:  Gustavo Pereira.
Contrabaixo e Vocal: Edinho Gerlach
Acordeon: Uiliam Michelon
Recitado: Denisson Monks
6. Eu Sou Daqui
Ritmo: Vaneira
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Marcelo Oliveira
Interpretação: Marcelo Oliveira
Violão: Quinto Oliveira
Guitarron: Cristian Camargo
Contrabaixo: Leonardo Pinho
Acordeon: Tiago Camargo
Percussão: André Oliveira
7. Tropa de Touros
Ritmo: Milonga
Letra: Jaime Brum Carlos
Melodia: Ênio Medeiros
Interpretação: Ênio Medeiros
Bandoneon: Ênio Medeiros
Gaita Ponto: Edilberto Bergamo
Violão Solo: Rafael Alves
Violão Base: Felipe Cornell
Contrabaixo: Sabani F. Souza
8. Serenatas no Teu Rancho
Ritmo: Xote
Letra: Lisandro Amaral
Melodia: Lisandro Amaral
Interpretação: Lisandro Amaral
Violão e Vocal: Odair Teixeira
Violão e Vocal: Gabriel Jardim
Guitarrón e Vocal: Danner Marinho
Cordeona e Vocal: Mauro Silva
Contrabaixo e Vocal: Lucas Gross
9. Bendita
Ritmo: Milonga
Letra: Adriano Alves
Melodia: Maicon Granja
Interpretação: Quarteto Coração de Potro
Violão e Voz: Vitor Amorim
Violão e Voz: Kiko Goulart
Violão e Voz: Patrick Antunes
Guitarrón e Voz: Maicon Granja
Recitado: Adriano Alves
Violoncelo: Riccieri Paludo
Bandoneon: Gabriel Maculan
Contrabaixo: Carlos de Césaro
10. O Rastro
Ritmo: Rasguido
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Jean Carlo Godoy
Interpretação: Jari Terres
Violão 7 Cordas: Jean Carlo Godoy
Violão 7 Cordas: Matheus Krummennauer
Contrabaixo e Vocal: Rodrigo Maia
Percussão: Marcello Caminha Filho
11. Brasino
Ritmo: Milonga
Letra: José Maurício Rigon/Eduardo Verdi
Melodia: Pedro Terra/Eduardo Verdi
Interpretação:  Grupo Compasso Crioulo
Guitarrón: Pedro Terra
Acordeon e Voz: Eduardo Verdi
Percussão e Voz: Jose Mauricio Rigon
Sax Soprano: Douglas Vallejo
Contrabaixo: Aparício Maidana
Percuteria: Cris Medeiros
12. Bailão
Ritmo: Vaneira
Letra: Rogério Villagran
Melodia: Fabrício Ocaña
Interpretação: Marcelo Oliveira e Ricardo Bergha
Contrabaixo: Juliano Gomes
Violão: Ricardo Berga
Violão: Maicon Granja
Acordeon: Ricardo Comassetto
Pandeiro: André Oliveira
Cubana: Leonardo Borges
Agê: Marcelo Oliveira
13. Pra Quem Souber Encilhar
Ritmo: Chamarra
Letra: Zeca Alves
Melodia: Adriano Gomes (In Memorian)
Interpretação: Fabiano Bacchieri
Acordeon: Ricardo Comassetto
Guitarrón e Vocal: Quinto Oliveira
Violão: Luciano Fagundes
Contrabaixo e Vocal: Juliano Gomes
14. Contrafiador
Ritmo: Milonga
Letra: Marcelo Mendes
Melodia: Mauro Silva/Lucas Gross
Interpretação: Mauro Silva, Danner Marinho e Gabriel Jardim
Violão Solo: Lucas Gross
Violão Solo: Odair Teixeira
Acordeon: Mauro Silva
Guitarron: Danner Marinho
Violão: Gabriel Jardim
Contrabaixo: Aparício Maidana
Recitado: Adriano Alves
15. De Quando a Flor é Gaúcha
Ritmo: Aire de Chacarera
Letra: Clodinho Pinto
Melodia: Dafne Magnus
Interpretação: Dafne Magnus
Violão e Vocal: Ariel Magnus
Violão 7 Cordas e Vocal: João Arthur Donadelo
Acordeon: Luiz Augusto Nóra
Bombo Leguero e Vocal: Thales Marques
Contrabaixo: Alexandre Luz
Percussão: Tiago Magrin
Recitado: Clodinho Pinto

Fonte: Rafael Ferreira

Um comentário:

  1. Parabéns aos vencedores. Mas deixo minha reclamação aos organizadores do festival. Ficamos no sábado esperando o show tributo a Luiz Carlos Borges, mas o cansaço falou mais alto, não aguentamos esperar. 35º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria que se intitula o maior rodeio de todos não ter um som e profissionais adequados a este, é decepcionante. Viajamos de Porto Alegre a Vacaria para justamente curtir o festival e especialmente a este Show não conseguimos ver de tão tarde que foi, fora a chatice de ficar esperando a regulagem do som de cada música que ia se apresentar. Uma falta de respeito com o público e com os artistas. Este show deveria ser o primeiro, não o último pra ninguém ver.

    ResponderExcluir

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica.
Grato e um baita abraço.