TOTAL DE ACESSOS

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

37ª GAUDERIADA DEFINIU CONCORRENTES

Nos dias 30 e 31 de janeiro, foram realizados os trabalhos de triagem das canções inscritas na 37ª Gauderiada da Canção Gaúcha e dos intérpretes concorrentes na 30ª Gauderiada Mirim.
Na 37ª Gauderiada, que acontece nos dias 09 e 10 de fevereiro de 2019, as obras classificadas são as seguintes: 


































Para a Gauderiada Mirim, certame para intérpretes infanto-juvenis, foram selecionados os seguintes cantores e cantoras:



2º FLOR DE MAIO - INSCRIÇÕES ATÉ MARÇO

O 2º Festival Flor de Maio da Canção Nativa, acontecerá nos dias 26 e 27 de abril de 2019, na cidade de Três de Maio.   Interessados em participar do evento, confiram os aspectos principais do regulamento do concurso:
Tópicos Principais do Regulamento 
A Coordenação Geral do Festival ficará a cargo da Grupo de Arte e Cultura Flor de Maio de Três de Maio com apoio do Departamento Cultural da Prefeitura Municipal e ACI.
III- Do estilo Musical
O estilo musical do festival será Nativista e Campeiro. Poderão participar autores e compositores de todo o Brasil e de Países do Mercosul, desde que obedeçam as normas deste regulamento.
Serão aceitos poemas em Língua Portuguesa e em Língua Espanhola, desde que identificados com a cultura regional e campeira do Rio Grande do Sul e da “Pampa Gaúcha”;
IV- Da Inscrição e Participação:
Das composições, poderão ser inscritas até 5 músicas por autor, porém serão classificadas, para a apresentação em palco, no máximo 01(uma) música por compositor individual ou parceria;
Só poderão participar do Festival composições inéditas. Entende-se por inédita: Composição não editada, nem gravada em CD`s, podendo no entanto já ter participado de outros festivais, desde que não seja componente do disco, ou assemelhado, nem tenha sido premiada em evento do gênero;
Serão aceitas inscrições somente via e-mail festivalflordemaio@gmail.com . As letras devem vir em arquivo WORD na fonte ARIAL no tamanho 14, as músicas devem estar em MP3 e a Ficha de Inscrição devidamente preenchida, com assinatura digitalizada de pelo menos um dos autores. 
A data final para envio das inscrições é 08/03/2019.
Serão selecionadas 12 (doze) composições para serem apresentadas nas eliminatórias no palco do festival, sendo que serão classificadas 10 (dez) para a grande final, concorrendo às premiações estabelecidas neste regulamento. 
As 12 composições selecionadas na triagem farão parte, automaticamente, do CD do 2° Flor de Maio da Canção Nativa; o CD será gravado antecipadamente e lançado no dia do festival.
O bom nível das gravações é condição fundamental para seleção na triagem;
O mesmo grupo, conjunto, instrumentista não poderão defender mais do que 02(duas) composições, sob pena do não recebimento da ajuda de custo, e eliminação das mesmas da competição e das referidas premiações.
O interprete poderá defender no máximo 2 (duas) composições sendo que, 1(uma) em dueto.
As 12 (doze) composições selecionadas serão apresentadas dias 26/04/2019, a partir das 20h30, e as 10 (dez) finalistas, definidas pela comissão julgadora, serão reapresentadas na noite do dia 27/04/2019.
Não poderá o número de componentes do grupo que irá defender uma composição ser inferior a 03(três) nem superior a 07(sete), sendo que cada composição deverá ser apresentada pelo mesmo grupo todas as vezes que for a palco. No desrespeito do item 13, haverá desconto de 50% da ajuda de custo.
Os autores e/ou compositores comprometem-se a enviar ao festival as gravações das músicas que foram selecionadas para serem gravadas no CD do festival que será lançado no dia do evento, até o dia determinado pela comissão, bem como a autorização de gravação do CD que cedem os direitos de gravação, ressalvados seus direitos autorais ao 2° Flor de Maio da Canção Nativa, correspondentes a edição e/ou reedição do CD ou DVD do Festival.

V– AJUDA DE CUSTO E PREMIAÇÃO
Cada composição pré-selecionada receberá como subvenção, a título de custeio de despesas, a quantia de R$ 3.000,00 (Três mil reais), pago da seguinte forma: 100% após a apresentação em palco, obedecendo o horário da passagem de som estabelecido e agendado com a comissão organizadora;

As premiações do 2° Flor de Maio da Canção Nativa ficam assim estabelecidas:
Primeiro Lugar: R$ 3.000,00 e Troféu
Segundo Lugar:  R$ 2.000,00 e Troféu
Terceiro Lugar:  R$ 1.000,00 e Troféu
Música Mais Popular: R$ 500+ Troféu
Melhor Poesia:  R$ 500+ Troféu
Melhor Instrumentista: R$ 500+ Troféu
Melhor Intérprete: R$ 500+ Troféu
Melhor Arranjo: R$ 500+ Troféu

Contatos do Grupo de Arte e Cultura Flor de Maio
Marcelo Paz Carvalho-(Mixaria) 55-99976-2446
Juarez Da Silva- 55-99978-5948
Zeca Motta- 55-98118-4344
Elisandro Weise - 55-98406-0837 
Daniel Crestani: 55-98132-2600
2° FESTIVAL FLOR DE MAIO DA CANÇÃO NATIVA  - Três de Maio/RS
FICHA DE INSCRIÇÃO

Nome da composição:                                                                                     
Ritmo:                                                                                                              
Autor da letra:                                                                                                  

Endereço:                                                                                                        
CEP:                          Cidade:                                                                          
RG:                                              CPF:                                                            
Email:                                                                                                               
Fone:                                                                                                               
Autor da Melodia:                                                                                            

Endereço:                                                                                                        
CEP:                          Cidade:                                                                          
RG:                                              CPF:                                                            
Email:                                                                                                               
Fone:                                                                                                               
Intérprete:                                                                                                       

Pessoa autorizada a receber a ajuda de custo:
Nome:                                                                                                              
CPF:                                             RG:                                                            


Declaramos estarmos cientes dos termos do regulamento desse evento.

......................................., ...... de ....................................... de 2019.

domingo, 27 de janeiro de 2019

O POEMA E A MELODIA


Fiz um chimarrão e coloquei pra rodar o CD “O Poema e a Melodia”, que traz obras poético musicais resultantes da parceria entre o poeta Marco Soares e o compositor Cícero Fontoura.  
Trata-se de um trabalho consistente, com letras bem concebidas que abordam aspectos inerentes as lides campeiras, alguns fragmentos históricos e até mesmo nuanças de romantismo.  Os gêneros musicais, são igualmente variados, mas plenamente adequados aos temas propostos.   Esta mescla de inspirações e de ritmos torna o disco ainda mais interessante.  
O repertório do CD é formado por 15 faixas, todas muito boas, mas eu gostaria de chamar a atenção para as seguintes músicas:
A faixa título, 1, “O Poema e Melodia”, interpretada por Wilson Paim;
A Faixa 2, “Por Ofício Domador”, na voz de Jorge Guedes;
A Faixa 6, “Quando Canto a Chacarera”, interpretada por Francisco Oliveira;
A faixa 10, “Os Retratos de Uma Tropa”, na voz de Nilton Ferreira;
A faixa 13, “Lições de Campo”, com Ângelo Franco;
A Faixa 14, “Pra Contrapor”, interpretada em dueto, por Francisco Oliveira e Thaize Teixeira.
Além do excelente repertório, o CD “O Poema e a Melodia” é muito bem apresentado


esteticamente. Traz uma seleção de imagens muito completa, ficha técnica de fácil entendimento, um encarte com letras e fotos dos intérpretes e uma capa bonita e representativa.
Parabéns ao amigos Marco Soares e Cícero Fontoura pelo bom gosto na concepção do repertorio e pelo capricho demonstrado neste trabalho.  Muito obrigado pela gentileza e pela dedicatória.
Eu ouvi e aprovei, portanto, recomendo este  CD àqueles que gostam de apreciar o que tem de melhor no nativismo gaúcho.
“O Poema e a Melodia”: Baita disco!!
                                                                                  Jairo Reis

domingo, 20 de janeiro de 2019

17º ACAMPAMENTO DEFINE CONCORRENTES


Definidas as canções classificadas para o 17º Acampamento da Canção Nativa, programado para os dias 01 e 02 de março de 2019, na cidade de Campo Bom.
Confiram:
FASE GERAL
1. Tirana Do Lenço Branco (Milonga)
Letra: Diego Muller/Leonardo Borges
Melodia: Zulmar Benitez (Bagé)
2. Ao Vento Meu Tempo (Milonga)
Letra: Gederson Fernandes
Melodia: Volmir Coelho
3. Volta Pra Mim (Chimarrita)
Letra: Sérgio Carvalho Pereira
Melodia: Juliano Gomes
4. Sonora (Milonga)
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Vitor Amorim
5. Revisão (Milonga)
Letra: Rafael Machado
Melodia: Alex Har
6. Minguante (Milonga)
Letra: Adriano Alves
Melodia: Luciano Fagundes
7. Lengua Materna (Carnavalito)
Letra:  María Fernanda Irrazábal
Melodia: María Fernanda Irrazábal
8. Tempo Presente (Cifra)
Letra: Francisco Brasil
Melodia: Kiko Goulart
9. Corredor (Chamame)
Letra: Fabrício Marques/Fábio Maciel
Melodia: Cícero Camargo
10. Bocal de Pano (Chamarra)
Letra: Felipe Bacchieri/Antônio Opptis
Melodia: Jari Terres
11. Valsa Da Melhor Idade (Valsa)
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Carlos Machado
12. Riscado (Milonga)
Letra: Juliano Costa Dos Santos
Melodia: Índio Ribeiro

FASE REGIONAL: 

1. Don Recuerdo e Seus Amores (Milonga)
Letra: Leonardo Charrua/Luis Rosado 
Melodia:  Leonardo Charrua 
2. Teatino (Chamarra)
Letra: Alexandre Konflanz Dos Santos 
Melodia: Lucas Ferrera 
3. Verde Lua (Milonga)
Letra:  
Leonardo Medeiros/Jean Carlo Godoy 
Melodia: Leonardo Medeiros/Jean Carlo Godoy 
4. A Nossa Herança (Chote)
Letra: Roberto Ornes 
Melodia: Alexandre Oliveira 
5. De Volta (Milonga)
Letra: Ronaldo Pingo Martins
Melodia: Ronaldo (Pingo) Martins 
6. Encarnado (Milonga)
Letra: João Soledad
Melodia: João Soledad 
7. Canto De Um Peão Campeiro (Chamame)
Letra: Paulo Francisco Da Silva
Melodia: Robson Paines 
8. Minha Saudade Tem Teu Nome (Milonga/Canção)
Letra: Jadir Filho
Melodia: Jadir Filho 
9. De Um Romance Madrugado (Milonga)
Letra: Mauro Marques
Melodia: Antonio Carlos Neves 
10. De Espora e Mangaço (Milonga)
Letra: Paulo Trentin
Melodia: Cristiano Martins 
11. Voz Das Águas (Huayno)
Letra: Generino De Vargas
Melodia: Leandro De Vargas 
12. Pra Minha Cordeona (Chamame)
Letra: Diego Machado
Melodia: Diego Machado 

Concorrentes classificados para o 5º Acampamentinho da Canção Nativa:

Categoria PIAZITO:
Vitor Custódio Henriques
Marina Duarte
Vitória Heck
Alice Araújo Dos Santos
João Vitor Camargo 
Categoria PIÁ:
Giovanna Cavalheiro
Kathellyn Beatriz Garcia
Marino Vargas
Matheus Pimentel Nunes
Júlia Almeida 

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

SUPREMACIA DA MILONGA

Aqueles que acompanham o nosso trabalho no ambiente da comunicação, provavelmente perceberam o rotineiro interesse e a satisfação que temos em elaborar e publicar dados estatísticos resultantes dos trabalhos de pesquisa e processamento de informações que efetivamos, sobretudo no ambiente do nativismo gaúcho. Por favor, entendam como Nativismo, exclusivamente o universo inerente aos festivais, de música e de poesia. 
Nosso mais importante projeto neste sentido é o "Destaques dos Festivais", que promovemos desde o ano de 1998, quando a internet ainda era discada e nem se sabia o que eram "redes sociais". 
No começo, divulgávamos o resultado apenas nos veículos de comunicação aos quais estávamos vinculados. Mais recentemente, passamos a entregar troféus aos agraciados, em grandes encontros, marcados pela confraternização e pela amizade recíproca.  Coisa linda de se ver. 
Bueno, mas voltemos a estatística e as curiosas revelações que a junção destes dados nos proporciona.    
Uma destas constatações, diz respeito aos gêneros musicais das canções e das obras instrumentais vencedoras dos festivais de música do ano de 2018, cujo desfecho gostaríamos de dividir com os amigos a partir de agora.

Nos festivais de Música Instrumental, foram considerados 7 (sete) trabalhos premiados com o Primeiro Lugar.  Os gêneros musicais ficaram  configurados da seguinte forma:        
Chamamé               02
Milonga:                 02                              
Samba/Choro:       02                              
Vaneira:                 01
 No universo dos festivais de Canções (letras com melodia), foi registrada a existência de 13 (treze) gêneros musicais distintos, entre as 38 composições premiadas em Primeiro Lugar.
Acreditamos não ser surpresa para ninguém, o predomínio da Milonga, que pode ser constatada em 19 (dezenove) das músicas vencedoras.  Ou seja, metade das canções que obtiveram premiação máxima nos festivais é Milonga.

Vejam a relação dos ritmos que frequentaram os palcos dos festivais e saíram consagrados:  
Bugio:                       01
Chacarera:              02
Chamamé:              04
Chamarra:              02
Cifra:                       01
Maçambique:        01
Milonga:                19
MPB:                      01
Polca:                     01
Samba:                  02
Toada:                   01
Valseado:              02
Zamba:                  01

A par destes números, nos sentimos impelidos a encaminhar um questionamento aos  compositores, músicos e demais entendedores do assunto:    
Que razões poderiam explicar a supremacia da Milonga no universo do nativismo gaúcho ? 

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

DESTAQUES DOS FESTIVAIS - AS MELHORES DO ANO



A promoção Troféu Destaques dos Festivais, idealizada e executada há vinte anos pelo comunicador e produtor e eventos Jairo Reis, salientou mais uma vez, aqueles músicos, poetas, compositores, instrumentistas, declamadores, amadrinhadores que obtiveram maior número de premiações nos festivais de música e de poesia realizados durante o ano  de 2018.    Os nomes dos agraciados foram revelados aqui no blog Ronda dos Festivais e também no programa Do Litoral à Fronteira, em postagem publicada no dia 08 de dezembro passado.  


Além das categorias individuais, o projeto TDF2018 estabeleceu novamente a aclamação da Poesia do Ano, da Canção do Ano e da Música Instrumental do Ano.
Para esta delicada tarefa, merecedora de atenta dedicação, foi constituída uma Comissão Avaliadora, formada por pessoas dotadas de lisura, conhecimento e capacidade técnica, cuja incumbência foi ouvir e analisar cada uma das 38 canções, 07 poesias e 07 músicas instrumentais vencedoras dos festivais de 2018 e, deste universo, apontar os melhores trabalhos de cada categoria.  
A referida comissão esteve formada por Gabriel Moraes, Ibaldo Pedra, Jaime Ribeiro, Léo Ribeiro, Loresoni Barbosa, Marcelo Machado, Odilon Ramos e Wilson Galli, oito conceituadas personalidades, todos muito respeitados e com notória credibilidade no ambiente radiofônico, nativista e regional gaúcho. A esses parceiros o nosso sincero e fraterno agradecimento.  
No período entre 01 e 20 de dezembro, cada um dos jurados citados acima, analisou os poemas, as letras e as melodias de todas as obras vencedoras, selecionando, no final, os três trabalhos de sua preferência.
Comparadas as escolhas individuais dos avaliadores e levando em conta as eventuais divergências, chegamos ao veredicto que nos permite proclamar os seguintes resultados: 

MÚSICA INSTRUMENTAL DO ANO:
TRANSCENDÊNCIA
ANDRÉ VENTIMIGLIA
Gênero: Milonga
Autor: André Ventimíglia
Interpretação: André Ventimíglia e Grupo
Festival: 1ª Penca da Música Instrumental - Santana do Livramento

Segundo Lugar:   PamPiano 
Gênero: Milonga
Autor: Cristian Sperandir
Interpretação: Christian Sperandir e Grupo
Festival: 8ª Moenda Instrumental

Terceiro Lugar: Da Cor dos Teus Olhos 
Gênero:  Chamamé
Autor: Uiliam Michelon
Interpretação: Uiliam Michelon e grupo
Festival: 1º Festigaita - Gaita Cromática -  Tapejara





POESIA DO ANO:
JOSETI GOMES
ANTENOR DE VIDA E SONHO
Autora: Joseti Gomes
Declamador: Alvandir Oliveira
Amadrinhador:  Jair Silveira
Festival: Rodeio de Poesia 2018 - Vacaria

Segundo Lugar: Tudo Que Havia de Bueno
Autor:  Rodrigo Bauer
Declamador:   Pedro Junior da Fontoura
Amadrinhador:  Geraldo Trindade
Festival: 4º Esteio da Poesia Gaúcha - Esteio

Terceiro Lugar: Bento Gonçalves Carneiro, Vampiro Sul Brasileiro
Autor: Carlo Omar Villela Gomes
Declamador:  Rodrigo Cavalheiro
Amadrinhador:  Geraldo Trindade
Festival: Sesmaria da Poesia Gaúcha - 23ª Quadra - Osório






CANÇÃO DO ANO:  
LIVRE 
EMERSON MARTINS
Gênero: Chamarra
Letra: Thiago Souza
Melodia: Emerson Martins
Interpretação:  Analise Severo e Jean Kirchoff
Festival: 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha - Rosário do Sul

Segundo Lugar:   O Gaiteiro é o Maestro Campeiro 
Gênero: Bugio
Letra: Érlon Péricles
Melodia: Érlon Péricles  
Interpretação: Igor Tadielo
Festival: 27º Ronco do Bugio - São Francisco de Paula

Terceiro Lugar: O Campo Que Ainda Vejo  
Gênero: Milonga
Letra: Leonardo Borges
Melodia: Alex Har
Interpretação: Alex Har
Festival: 14ª Penca Musical Nativista






Os autores da Música Instrumental do Ano, da Poesia do Ano e da Canção do Ano, a exemplo dos demais Destaques dos Festivais 2018, receberão troféus representativos, em data e ocasião a serem definidas em breve.   

A Música Instrumental do Ano, a Poesia do Ano e a Canção do Ano serão apresentadas com exclusividade, na edição do dia 13 de janeiro de 2019 do programa Do Litoral à Fronteira, apresentado por Jairo Reis, na Rádio Bandeirantes AM640 e FM94,9. 

Parabenizamos aos autores, músicos e intérpretes das obras agraciadas com o Troféu Destaques dos Festivais, bem como cumprimentamos a todos os participantes dos eventos realizados em 2018.
Que as conquistas e o sucesso sejam maiores em 2019.

Em caso de utilização e reprodução destas informações, por favor, faça o devido crédito ao autor do presente levantamento, o jornalista e comunicador JAIRO REIS.