TOTAL DE ACESSOS

quinta-feira, 29 de abril de 2021

JURADOS DA 41ª COXILHA

A comissão avaliadora que terá a nobre missão de apontar os destaques da 41ª Coxilha Nativista de Cruz Alta, nos dias 29, 30 e 31 de julho de 2021, estará formada pelos seguintes integrantes:


Inspiração e boa sorte!

FESTIVAL GAÚCHO DA INCLUSÃO


Encerra nesta sexta-feira, 30 de abril, o prazo para inscrições ao Festival Gaúcho da Inclusão, concurso artístico virtual, exclusivo para pessoas portadoras de algum tipo de deficiência. O evento é uma inicaitiva do MTG RS (Movimento Tradicionalista Gaúcho) e da 20ª Região Tradicionalista. 
Para participar do evento virtual é necessário publicar um vídeo de até 5 minutos, no Facebook, com a hastag #FestivalGaúchodaInclusão e preencher a ficha de inscrição. Nos vídeos, os concorrentes devem informar nome, modalidade, cidade, idade e apresentar uma das 25 categorias presentes no regulamento, como chula, gaita, declamação, vaca parada, entre outras.
Além disso, os participantes precisam estar pilchados e obedecer aos protocolos de prevenção ao coronavírus, com o uso de máscaras e respeitando as regras de distanciamento social. 
Classificam-se os 15 vídeos que tiverem recebido mais curtidas no Facebook.
A grande final será em maio, com transmissão pelas redes sociais. O Festival Gaúcho da Inclusão foi criado para dar visibilidade a crianças, jovens e adultos especiais, que cultuam os costumes gaúchos nas 30 Regiões Tradicionalistas.
O regulamento e o formulário de inscrição está no site www.mtg.org.br

Mais informações pelo WhatsApp (55) 999.668.099.

domingo, 25 de abril de 2021

QUERÊNCIA DA POESIA - RESULTADO

Romeu Weber interpretando o poema vencedor

A Querência da Poesia Xucra - Associação de Poetas, Escritores e Declamadores, sediada na cidade de Caxias do Sul, realizou neste sábado, 24 de abril, o Festival Virtual de Poesias Inéditas - Edição Comemorativa aos 27º Aniversário da entidade.
Os vídeos dos dez poemas concorrentes foram apresentados, a partir das 10 horas da manhã, no programa Versos e Canções, veiculado pela Rádio Chimarrão de Caxias do Sul, transmitido também pelo Facebook e pelo YouTube.

A Comissão Avaliadora, formada por João Batista de Oliveira, Rodrigo Medeiros e Romila Hoffman do Amaral, estabeleceu o seguinte resultado:

Modalidade Poema: 
Primeiro Lugar:  Memorial de Um Lenço
Autor: Osmar Ransolin
Declamador: Romeu Weber
Amadrinhador:  Kayke Mello
Segundo Lugar: Os Meus Rascunhos
Autor: Vitor Lopes Ribeiro
Declamador:  Kayke Mello
Amadrinhador:  Natalício Cavalheiro
Terceiro Lugar: O Braço Forte do Avô
Autores: Sebastião T. Correia/João A. Marin Hoffmann
Declamador:  Eroclides Bittencourt
Amadrinhador: Pedro Guerra 

Modalidade Declamador:
Primeiro Lugar:  Joseti Gomes
Poema: Conversa (Joseti Gomes)
Segundo Lugar:  Romeu Weber
Poema: Memorial de um Lenço (Osmar Ransolin)
Terceiro Lugar:  Julia Graziela Azambuja
Poema: Os Cabelos Brancos do Meu Pai (Adão Quevedo)

Modalidade Amadrinhador: 
Primeiro Lugar:  Natalício Cavalheiro
Poema: Os Meus Rascunhos
Segundo Lugar:  Kayke Mello
Poema: Memorial de um Lenço
Terceiro Lugar:  Danilo Kuhn
Poema: Os Cabelos Brancos do Meu Pai

Melhor Conjunto da Obra:
Memorial de Um Lenço
Autor: Osmar Ransolin
Declamador: Romeu Weber
Amadrinhador:  Kayke Mello

sábado, 24 de abril de 2021

41ª COXILHA JÁ RECEBE INSCRIÇÕES

A 41ª Coxilha Nativista de Cruz Alta, um dos maiores e mais representativos festivais de música nativista do Rio Grande do Sul, apresentou seu regulamento, na tarde da última sexta-feira.

Reproduzimos a seguir, os mais importantes aspectos do referido conjunto de normas:

41ª COXILHA NATIVISTA - ASPECTOS DO REGULAMENTO

A 41ª edição da Coxilha Nativista de Cruz Alta realizar-se-á no período de 28 a 31 de julho de 2021, nas dependências do Clube Arranca de Cruz Alta.

A Comissão Julgadora da 41ª Coxilha Nativista, composta por 05 (cinco) personalidades reconhecidas no meio musical nativista,  selecionará 20 (vinte) composições, que serão apresentadas nas noites de eliminatórias, sendo que desse montante, (DEZ) 10 composições deverão ser de autores cruz-altenses podendo um dos autores ser de outras regiões do estado do RS.
As apresentações ficarão assim distribuídas:
28/07 (quarta-feira): Coxilha Nativista Instrumental 
29/07 (quinta-feira): Coxilha Instrumental e 1ª Eliminatória da 41ª Coxilha Nativista - 10 composições.        
30/07 (sexta-feira): Coxilha Instrmental e 2ª Eliminatória da 41ª Coxilha Nativista - 10 composições.
31/07 (sábado): 4ª Coxilha Instrumental e Finalíssima da 41ª da Coxilha Nativista - 10 composições (estarão automaticamente incluídas no DVD da 41ª Coxilha Nativista).

·  É vedada a participação de autores, músicos e intérpretes com vínculo de parentesco consanguíneo até 3º Grau, em relação a qualquer integrante da Comissão Julgadora/Organizadora. Igualmente, não poderão participar de nenhuma das fases os artistas contratados para realização de shows no evento, entendendo como artista principal aquele que dá nome ao espetáculo ou denominação de grupo.
Obs.: Os instrumentistas acompanhantes do artista principal contratado para realização de shows, assim como os artistas que realizarem participações especiais, poderão participar de músicas concorrentes do festival.
Obs.: Para fins de identificação autoral, a residência e/ou naturalidade será considerada conforme informações constantes na Ficha de Inscrição
As composições deverão ser inéditas e estarem alinhadas à seguinte definição: "Canção regional, de inspiração rural (campeira) ou folclórica, em suas múltiplas formas".

Será considerada inédita, para fins de pré-seleção (triagem), a composição que:
b) * Não possuir registro fonográfico (ISRC) até o momento da inscrição;
c) * Não tiver sido explorada comercialmente (apresentada em Shows, utilizada em propagandas, veiculada em rádio, gravada em CD comercializado, etc.);
d) * Ainda que em projeto autoral ou beneficente, será considerada NÃO INÉDITA a composição gravada em CD sem inscrição de ISRC;
e) * Que tenha participado de outro festival, desde que não tenha sido gravada no CD do evento.

I - Cada autor poderá inscrever, sob seu CPF, até 02 (duas) composições, podendo, no entanto, ter outras composições de sua autoria inscritas, desde que sob o CPF de outro parceiro de autoria. No total, um mesmo autor não poderá exceder o limite de 04 (quatro) composições inscritas. Inscrições excedentes serão desconsideradas (contabilização por ordem de chegada).

II - Cada autor poderá ter apenas 01 (uma) composição pré-selecionadas em seu nome e/ou parceria.

III – No caso das 1ª e 2ª Eliminatórias, apenas 01 (uma) composição por autor e/ou parceria poderá ser classificada para a Grande Finalíssima, sendo que nessa etapa até 02 (duas) composições de sua autoria.

IV – Após a triagem não será permitida alteração nominal dos autores das composições em nenhuma das fases.

V – A inscrição deverá ser realizada por meio digital, através do e-mail do festival, sendo que são itens indispensáveis para a inscrição:

a)       Ficha de inscrição, totalmente preenchida para cada composição, anexa ao e-mail de inscrição em forma de arquivo digital com a extensão.DOC, identificado da seguinte forma: "Ficha-Nome da música.doc";
b)       Gravação da composição em arquivo digital com a extensão. MP3 (tamanho máximo 5Mb), identificado da seguinte forma: "Nome da música.mp3";
c)       Letra da composição, sem identificação dos autores, em arquivo digital com a extensão.DOC, identificado da seguinte forma: "Letra-Nome da música.doc";
Obs.: Para a etapa de pré-seleção (triagem) não é obrigatório que a composição seja plenamente arranjada, pois somente serão analisadas Letra e Melodia.

Os trabalhos deverão ser remetidos, ATÉ A DATA DE 07 DE JUNHO DE 2021,  para o e-mail, para inscricoescoxilhanativista@gmail.com .

·   Obs: Não serão aceitos material enviado em meio físico e sim somente por meio digital através do e-mail acima. 

    A triagem das composições inscritas está prevista para ocorrer nos dias 10, 11 e 12 de junho de 2021;

O autor classificado deverá entregar em mãos, ou enviar através de carta registrada ou Sedex, para a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, até o dia 1º de julho de 2021, impreterivelmente, as autorizações dos autores para gravação e a declaração do nome do responsável para receber os valores pagos pelo festival pela participação da obra na 41ª Coxilha Nativista. 

NÃO SERÃO ACEITAS INSCRIÇÕES COM CNPJ, inclusive MEI. 

IMPORTANTE: OS MÚSICOS E INTÉRPRETES, CLASSIFICADOS PARA AS DUAS ELIMINATÓRIAS DO FESTIVAL, PARA TEREM ACESSO AO PALCO DEVERÃO OBRIGATORIAMENTE APRESENTAR A TESTAGEM PARA “COVID-19”, REALIZADO ANTES DA SEMANA DO EVENTO, NA QUAL PASSARÃO POR TRIAGEM PELA EQUIPE MUNICIPAL DE SAÚDE.

É livre a interpretação vocal e instrumental, bem como são livres os arranjos e a caracterização cênica e coreográfica dos trabalhos concorrentes, observando-se o mínimo de 03 (três) integrantes em palco para cada composição;

Cada intérprete poderá subir ao palco nesta condição, seja como INTÉRPRETE PRINCIPAL OU PARTICIPAÇÃO EM DUO, TRIO ou com mais intérpretes, APENAS UMA VEZ, na 1ª e 2ª Eliminatórias.

Cada instrumentista poderá defender até 02 (duas) composições entre a 1ª Eliminatória e as demais eliminatórias do Festival, ou seja, poderá participar em até duas músicas, sejam elas da 1ª ou da 2ª Eliminatória.

Para as apresentações de palco, se sugere o uso de INDUMENTÁRIA TÍPICA do Rio Grande do Sul. O uso de vestuário contendo inscrições político-partidárias, logotipos empresariais e textos que sejam considerados inapropriados poderão resultar em desclassificação dos participantes, a critério da Comissão Organizadora/Executiva.

Para cada composição pré-selecionada na triagem da 41ª Coxilha Nativista Fase Local e Geral, serão pagos os valores conforme a etapa eliminatória.

VALORES BRUTOS:

1ª ELIMINATÓRIA - (QUINTA-FEIRA - 29.07.2021)
VALOR BRUTO:  R$  1.500,00 + R$ 400,00 em caso de classificação para a Grande Final. 
Valores de direito de arena, imagem e apresentação de palco.

2ª ELIMINATÓRIA - (SEXTA-FEIRA - 30.07.2021)
VALOR BRUTO:  R$  1.500,00 + R$ 400,00 em caso de classificação para a Grande Final.
Valores de direito de arena, imagem e apresentação de palco.

PORTANTO, para as composições da 1ª e 2ª Eliminatórias classificadas para a Grande Final da 41ª Coxilha Nativista, os valores chegarão ao montante bruto de R$ 1.900,00.

O intérprete (ou intérpretes) que NÃO UTILIZAR O RECURSO DA LEITURA em suas apresentações concorrerá a premiação de “MELHOR INTÉRPRETE”, sendo este um critério de desempate a ser utilizado pelos jurados para tal escolha.

Os valores serão pagos*, em espécie, a partir das 19 horas do dia da apresentação no festival, diretamente na Tesouraria localizada nos bastidores do Festival, sendo que destes serão deduzidos descontos de Contribuição Previdenciária e do Imposto de Renda Retido na Fonte, conforme legislação vigente para pagamento à Pessoa Física.

NÃO SERÃO FORNECIDAS ALIMENTAÇÃO NEM HOSPEDAGEM AOS PARTICIPANTES.

O ajuste do som dos concorrentes da 41ª COXILHA NATIVISTA será realizado em data e horários, definidos pela Comissão, a serem informados aos participantes selecionados.

Em virtude da ampla programação a ser desenvolvida nesta edição, os horários serão rigidamente cobrados, sendo as penalidades aplicadas severamente caso ocorram negligencias de compromisso com a passagem de som e os horários estabelecidos pela Comissão Organizadora. O tempo de passagem de som será de no máximo 20 minutos, por composição.

Em caso de não cumprimento dos horários, seja para o ajuste do som, seja para a chegada dos artistas aos bastidores do Festival (que terá início às 19h30min), será descontado 1/3 dos valores pagos e estes se submeterão a defender sua obra musical sem os devidos ajustes, responsabilizando-se por eventual comprometimento da apresentação.

A gravação do DVD será realizada ao vivo, diretamente do palco da 41ª COXILHA NATIVISTA.

Aos destaques da 41ª COXILHA NATIVISTA serão atribuídos os seguintes prêmios, com valores brutos, abaixo especificados:

Fase Geral:
·   1º Lugar: R$ 4.000,00 e Troféu “ÉRICO VERÍSSIMO”
·   2º Lugar: R$ 3.000,00 e Troféu “CAPITÃO RODRIGO”
·   3º Lugar: R$ 2.000,00 e Troféu “ANA TERRA”
·   Música Mais Popular: R$ 1.500,00 e Troféu “O TROPEIRO”
·  Melhor Pesquisa - 200 anos de Cruz Alta: R$ 800,00 e Troféu: “COXILHA 200 ANOS”
·   Melhor Intérprete: R$ 300,00 e Troféu "JORGE FREITAS
    Melhor Instrumentista: R$ 300,00 e Troféu "ARTHUR BONILHA"
·   Melhor Letra: R$ 300,00 e Troféu "TELMO DE LIMA FREITAS"
·   Melhor Arranjo: R$ 300,00 e Troféu "RAFAEL TOLOKEN"
·   Melhor Melodia: R$ 300,00 e Troféu "RUBENS ALONSO"
·   Melhor Conjunto Vocal: R$ 300,00 e Troféu "OS MACHADINHOS"
·   Melhor Indumentária: R$ 300,00 e Troféu "RENY FUNCK"

OBS: Os valores da premiação serão pagos em CHEQUE, após a divulgação dos resultados, e destes serão deduzidos somente descontos de Imposto de Renda – Pessoa Física, conforme legislação vigente.

A escolha da Música Mais Popular será realizada por voto entre o público expectador das lives nas noites do Festival entre as composições apresentadas na 1ª e 2ª Eliminatória. 

Aos premiados com 1º, 2º, 3º lugares e Música Mais Popular serão oferecidos 02 (dois) troféus: um para o (s) autor (es) da Letra e outro para o(s) autor(es) da Melodia, quando assim se entender necessário.

Contato:
COORDENADORIA DE CULTURA, TURISMO, ARTES E EVENTOS
Avenida General Osório, nº. 1415 – CEP: 98.005-150 – Cruz Alta / RS,
Telefone: (55) 3322-6595 – 3303 6902
Endereço eletrônico para dúvidas: coordculturarteseventos@gmail.com 

4ª COXILHA INSTRUMENTAL

Na tarde de sexta-feira, 23 de abril, aconteceu um coletiva de imprensa sobre  a  4ª Coxilha Instrumental E 41ª Coxilha Nativista, festivais de grande importância para o nativismo gaúcho, que ocorrem na cidade de Cruz Alta/RS.    Na atividade, foram apresentadas  a identidade visual e as atrações da 4ª Coxilha Instrumental, bem como o regulamento da 41ª Coxilha Nativista. 

Realizada paralelamente a Coxilha Nativista, a Coxilha Instrumental, na sua 4ª edição, traz novamente grandes shows nos dias 28, 29, 30 e 31 de julho de 2021. O cenário desta feita será o Clube Arranca e a presença de público dependerá da situação da pandemia de covid-19, mas o festival terá transmissão on-line.  
Além do aspecto musical, a Coxilha desenvolve projetos sociais em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, como por exemplo a Coxilha Vai as Ruas, que oferece oficinas a comunidade, por intermédio de um caminhão, com palco, levando a cultura a ruas e bairros da cidade, descentralizando o acesso à cultura em período anterior ao festival.       
As atrações do projeto:
* Palestra sobre os principais ritmos gaúchos destinado aos professores da rede municipal com o percussionista Sandro Cartier.
* Workshop com o percussionista Marcelo Pimentel e construção de instrumentos com a utilização de material reciclável. 
* Workshop Caminha do Bem – O Violão Vai À Escola com o violonista Marcello Caminha. 
* Teatro musical a Fubica da Vovó com o músico e cantor Tuny Brum trazendo músicas de Humberto Gabbi Zanatta.

41ª Coxilha:
As inscrições para 41ª Coxilha Nativista  deverão ser encaminhadas até o dia 07/06/2021, através do e-mail

As músicas classificadas para o festival serão divulgadas no lançamento oficial, marcado para o dia 12 de junho, oportunidade em que serão anunciadas as novas prendas do evento.         

quarta-feira, 21 de abril de 2021

41ª COXILHA SERÁ LANÇADA NA PRÓXIMA SEXTA

Na próxima, sexta-feira, 23 de abril, a partir das 14 horas, acontecerá o Lançamento da 41ª Coxilha Nativista e da 4ª Coxilha Instrumental, festivais programados para o período entre 29 e 31 de julho, na cidade de Cruz Alta. 

Na coletiva de imprensa, a ser realizada na Casa de Cultura Justino Martins, a comissão organizadora apresentará o regulamento da 41ª Coxilha, revelará o prazo para inscrições e anunciará o formato do festival, se virtual, presencial ou híbrido.

A Coxilha Nativista é o mais longevo festival nativista em edições ininterruptas.  




RONDA DE SÃO PEDRO ACONTECERÁ EM JULHO


A 29ª Ronda de São Pedro, festival promovido pelo Centro Nativista Boitatá, da cidade de São Borja, está confirmada para acontecer nos dias 16 e 17 de julho de 2021.

O prazo para inscrições se esgotará no dia 20 de junho de 2021. 

O formato ainda não está definido, mas já é certo que os concorrentes, os integrantes da comissão avaliadora e o apresentador estarão presentes fisicamente.
A presença de público ainda depende das normas sanitárias que vigorarem no período do festival. 

O patrão do C.N. Boitatá, Flávio Ceolin, alimenta a expectativa de que seja liberado o acesso de pelo menos 30% do que prevê o PPCI, algo em torno de 300 pessoas.

A 29ª Ronda de São Pedro será transmitida ao vivo pelas plataformas digitais do festival e da entidade organizadora. 

sábado, 10 de abril de 2021

2ª TRINCHEIRA ADIADA PARA 27 DE JUNHO


A 2ª Trincheira do Canto Xucro - Edição Virtual teve sua data de realização transferida para o dia 27 de junho de 2021.  
A decião tomada pela WAP Produções, com a anuência do Sistema Pró-Cultura RS, financiador do projeto cultural, tem o objetivo de evitar possíveis riscos à saúde dos envolvidos na realização do projeto. 
Reproduzimos o comunicado oficial da WAP Prodções e Eventos, produtora responsável pela 2ª Trincheira do Canto Xucro - Edição Virtual:

Alimentávamos a expectativa de que, ao final do primeiro trimestre de 2021, a pandemia do coronavirus já teria abrandado e o Rio Grande do Sul já estaria num cenário muito melhor, com bem menos casos de infecção, número de óbitos reduzidos e a tão esperada proteção da vacina.  No entanto, passados esses noventa dias, o que se percebe é uma frustrante realidade de retrocesso.  
A Covid19 se alastra a cada dia, causando graves e dramáticas consequências, noticiadas reiteradamente através dos veículos de imprensa e ilustrados por tristes narrativas de pessoas que, de alguma forma, enfrentaram, ou ainda enfrentam, essa doença preocupante, seja como enfermo ou como familiar. 
Este trágico contexto, atestado em depoimentos e pareceres técnicos exarados por gabaritados profissionais de saúde e renomados cientistas, gera sensações como incerteza, insegurança, apreensão e até mesmo receio nas pessoas.
No que tange ao projeto 2ª Trincheira, não é diferente.  Nos últimos dias, temos procurado dialogar com alguns dos músicos e compositores classificados, ouvir as opiniões de técnicos e prestadores de serviço já contratados pelo projeto e percebemos uma certa resistência desses profissionais em participar do evento na data de 02 de maio de 2021. Eles alegam que a data já se aproxima e que até lá, provavelmente não haverá alterações positivas no quadro atual da pandemia.
Diante dessa inquietação coletiva, a WAP Produções, na condição de produtora cultural e de administradora do projeto 2ª Trincheira, concorda com a argumentação dos participantes, assim como reconhece que a melhor atitude agora é é evitar que eles corram qualquer risco a sua saúde e ao seu bem estar.  Aqui, cabe ressaltar que a 2ª Trincheira mobilizará cerca de 80 pessoas durante o festival, muitas delas com presença física simultânea no local dos acontecimentos.
Lastreada neste conjunto de razões, a WAP Produções julga como oportuno e coerente prorrogar  a data de realização da 2ª Trincheira do Canto Xucro – Edição Virtual, para o dia 27 de junho de 2021.  Acreditamos que na nova data, 56 dias depois, haverá um quadro pandêmico menos temerário, que oferecerá condições de executarmos o projeto com tranquilidade.
A WAP também reafirma que todas medidas sanitárias e de higiene serão adotadas, tais como utilização obrigatória de máscaras, uso continuado de álcool gel, higienização frequente dos equipamentos, limpeza sistemática do ambiente e a prática de distanciamento físico.

A programação será desenvolvida da seguinte forma:

Data:   27/06/2021                                                
Local:  DTG Luz e Tradição
Horário:       Atividades: 
10h:                  Ensaios, passagem de som         
19h:                  Abertura da 2ª Trincheira – Edição Virtual       
19h15:              Apresentação das 12 músicas concorrentes     
21h:                  Espetáculo – Grupo Guitarra, Alma e Garganta 
22h:                 Divulgação do Resultado e Premiação    

Agradecemos a atenção e desejamos boa sorte no palco da 2ª Trincheira do Canto Xucro - Edição Virtual. 

WAP Produções  e Eventos
Produtora Cultural

quarta-feira, 7 de abril de 2021

2ª TRINCHEIRA DEFINE MÚSICAS CONCORRENTES


Na noite desta quarta-feira, 07 de abril de 2021, encerraram-se os trabalhos de triagem das músicas inscritas na 2ª Trincheira do Canto Xucro - Edição Virtual, festival promovido pela WAP Produções e Eventos.

A comissão avaliadora, formada por Anomar Danubio Vieira, Clódis Rocha e Osmar Carvalho, analisaram letra e melodia de 491 músicas para a Etapa Geral e 21 para a Etapa Regional, totalzando 512 obras inscritas. 

A data do festival, inicialmente marcada para o dia 02 de maio, deverá ser postergada, em decorrência do agravamento da pandemia e da necessidade de se preservar a saúde de todos participantes e demais envolvidos com a realização do evento.  A data mais provável é 04 de julho de 2021, dependendo ainda da autorização do Sistema Pró-Cultura RS. Em breve divulgaremos a nova data.

Fiquem tranquilos que a 2ª Trincheira vai acontecer, com sucesso, se Deus quiser. 

As 12 canções concorrentes na 2ª Trincheira do Cato Xucro - Edição Virtual, são as seguintes: 

ETAPA GERAL:
1.      BRAGADO MARCA DE COPA                                         
Letra:         Henrique Fernandes
Melodia:    Gabriel Selvage                                                 
Ritmo:        Milonga
2.      UM CANTAR DE FRONTEIRA                                          
Letra:         Passarinho Teixeira Nunes                                
Melodia:    Cristiano Fantinel                                              
Ritmo:        Rasguido Doble
3.      A FRONTEIRA E O ANDANTE
Letra:         Rodrigo Bauer                                                   
Melodia:    Paulo Costa                                                        
Ritmo:        Milonga
4.      QUANDO ENTÃO FUI ASSOVIO
Letra:         Matheus Costa                                                  
Melodia:    Jan Bittencourt
Ritmo:        Chimarrita
5.      VERSOS PERDIDOS        
Letra:         Mario Amaral
Melodia:    César Gaudério/Matheus Alves
Ritmo:        Milonga
6.      RINCÃO DO COTOVELO
Letra:         Jailso Alves Saldanha
Melodia:    Desidério Souza                                                 
Ritmo:        Chamarra
7.      A ARTE QUE VEM DO CAMPO
Letra:         Marco Antônio Soares                                       
Melodia:    Evandro Pires                                                    
Ritmo:        Milonga
8.      LIÇÕES DE UM MUNDO A CAVALO                               
Letra:         Henrique Fernandes
Melodia:    Gabriel Selvage
Ritmo:        Polca
9.      NÓS     
Letra:         Matheus Costa
Melodia:    Ricardo Oliveira/Gabirel Maculan
Ritmo:        Milonga
10.    RIOGRANDINO ARTIGAS FOLCLOREANDO                    
Letra:         Juan Daniel Isernhagen
Melodia:    Rodrigo Morales
Ritmo:        Rasguido
 
ETAPA REGIONAL:
1.       CHAMARRÃO DO TOURO ALÇADO              
Letra:         Paulo Garcia
Melodia:    Paulo Garcia/Leonardo Quadros
Ritmo:        Chamarra
2.       PRA BENDIZER VIAMÃO   
Letra:           Nino Saldanha 
Melodia:      Nino Saldanha/Luizmar Machado           
Ritmo:         Milonga