TOTAL DE ACESSOS

1º Balseiros da Canção Nativa

1º Balseiros da Canção Nativa
1º BALSEIROS DA CANÇÃO NATIVA - De 17 a 19 de maio - Parque da EFAPI - Chapecó/SC - Clica na imagem e acessa a página da Confraria Musiqueira.

terça-feira, 30 de janeiro de 2024

35º REPONTE - COMPOSIÇÕES CLASSIFICADAS

Comissão de Triagem do 35º Reponte da Canção

Recebemos e divulgamos com satisfação o chasque emitido pela prefeitura de São Lourenço do Sul, informando a relação das músicas classificadas para o 35º Reponte da Canção e para o 27º Pérola em Canto, festivais que acontecem nos dias 14, 15 e 16 de março, no Galpão Crioulo do Camping  da Lagoa, situado no referido município. 
Junto ao Reponte da Canção, reconhecido como um dos maiores e principais festivais de músicas nativistas do Rio Grande do Sul, ocorrerá o Pérola em Canto, que funciona como uma etapa classificatória 
de âmbito municipal. Considerando-se os dois certames, foram registradas 850 inscrições, dentre as quais a comissão avaliadora apontou as 20 que concorrerão ao Troféu Seival na Linha de Manifestação Regional e na Linha Campeira.
São jurados do 35º Reponte: 
Linha Campeira: Analise Severo, César Oliveira e Cristiano Vieira. 
Linha de Manifestação Regional: Adriana Sperandir, Alex Har e Martim César.

Subirão ao palco do 35º Reponte, as seguintes canções: 

Linha Campeira:
1. A Vez do Campo
Milonga
Letra: Eduardo Muñoz
Melodia: Ricardo Rosa/Cristian Camargo 
2. Cordeona Sem dono
Vaneira
Letra: Francisco Brasil 
Melodia: Edilberto Bergamo  
3. Meu Tordilho Tranco Manso
Chamarra
Letra: Gujo Teixeira 
Melodia: Jari Terres 
4. Minha Voz de Duas Pátrias
Milonga
Letra: Diego Müller 
Melodia: Érlon Péricles 
5. Taltíbio Vendeu Seu Cavalo
Rasqueado
Letra: 
Volmir Coelho
Melodia: Volmir Coelho 
 
Linha de Manifestação Regional
1. Apocalipse
Milonga
Letra: Rodrigo Bauer 
Melodia: Robledo Martins 
2. Copo Vazio
Milonga
Letra: Rômulo Chaves 
Melodia: Tuny Brum 
3. Oxalá
Ares de Chacarera
Letra: Maurício Barcellos
Melodia: Mauricio Barcellos  
4. Pede, Moleque
Milonga
Letra: Carlos Hahn 
Melodia:  Zé Alexandre
5. Saudação, Minha Irmã
Candombe
Letra: Su Paz/Bárbara Bittencourt
Melodia: Charlise Bandeira/Su Paz 

27º PÉROLA EM CANTO
Linha Campeira
1. Amigo João
Chamarrita
Letra/Melodia: Sátyro Gonça
2. Pra cumprir a criação
Milonga
Letra: Lauri Lopes/Diego Ortiz Lopes
Melodia: Sátyro Gonçalves
3. Rancho Enluarado
Chamarra
Letra/Melodia: Adão Quevedo
4. Retratos em Molduras
Milonga
Letra: Daniel Kaiser
Melodia: Frederico Seu
5. Sou Galpão de Sombra Larga
Milonga
Letra/Melodia: Tiago Rosa
 
Linha Manifestação Regional
1. Cardeal da Barrinha
Canção
Letra/Melodia: Mário Freitas
2. Castelo de Areia
Canção
Letra: José de Freitas
Melodia: Vilson de Freitas
3. Órfãos da Pátria
Canção Latinoamericana
Letra: Luis Weber
Melodia: Guerda Kuhn 
4. Pérola Negra
Candombe
Letra/Melodia: Danilo Kuhn
5. Sou Eu, o Vento
Milonga
Letra/Melodia: Jean Barbosa

segunda-feira, 29 de janeiro de 2024

14º CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA: DIAS 03 E 04 DE FEVEREIRO.

O 14º Festival Cante uma Canção em Vacaria, importante mostra competitiva de canções inéditas, acontecerá nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2024, na Concha Acústica do Parque Nicanor Kramer da Luz, durante o 35º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria.
Importante destacar que a comissão organizadora disponibilizará para o público, algumas medidas de acessibilidade, tais como como: intérprete de libras, áudio-descrição, reserva de lugares para cadeirantes, óculos especiais, abafadores de ouvido e criptogramas para deficientes intelectuais.

A comissão avaliadora que apontará os destaques do 14º Cante Uma Canção em Vacaria estará composta pelos seguintes nomes: 
André Teixeira: Intérprete, músico e compositor;
Anomar Danúbio Vieira: Poeta;
Karaí Guedes: Instrumentista e cantor;
Rodrigo Bauer: Poeta;
Rogério Melo: Cantor e compositor.

As 15 (quinze) músicas concorrentes, já na Ordem de Apresentação, são as seguintes: 
1. Chinoca do Olhar Matreiro
Ritmo: Chamarra
Letra: Jari Terres/Hélvio Casalinho
Melodia: Jari Terres
Interpretação: Jari Terres
Violão: Luciano Fagundes
Violão 7 Cordas: Jean Carlos Godoy
Gaita Botoneira: Tiago Camargo
Percussão: Rafa Martins
Contrabaixo: Marcello Caminha Filho
 2. Seu Mané Tem Uma Prima
Ritmo: Xote
Letra: Diego Müller/Leonardo Borges
Melodia: Ricardo Oliveira
Interpretação: Trinnca
Violão e Voz: Ricardo Oliveira
Violão e Voz: Daniel Silva
Violão: Maykell Paiva
Acordeon: Gabriel Maculan
Acordeon: Leonardo Schneider
Violino: Pedro Kaltbach
Contrabaixo: Carlos de Césaro
3. Viejo Pago Sin Olvido
Ritmo: Chacarera
Letra: Jorge Frederico Weber
Melodia: Miguel Dario Diaz
Interpretação: Grupo El Andén
Violão: Miguel Dario Diaz
Violão: Néstor Guillermo Gutiérrez
Contrabaixo: Osvaldo Rodrigues
Bateria: Alejandro Marchesotti
Vocal: Alejandro Polero
4. O Que Lhe Restou do Campo
Ritmo: Rasguido
Letra: Marco Antônio Soares/Elisandro Costa
Melodia: Cícero Fontoura
Interpretação: Cristiano Fantinel
Violão Solo: Marcelinho Carvalho
Violão Base: Cícero Fontoura
Acordeon: Evandro Pires
Contrabaixo: Pedro Terra
Percussão: Cris Medeiros
5. Milongas, Tantas Milongas
Ritmo: Milonga
Letra: José Atanásio Borges Pinto (In Memórian)
Melodia: Uiliam Michelon
Interpretação: Cassiano Paim e Thiago Carlotto
Violão: Thiago Carlotto
Violão: Ítalo Rossi
Violão:  Gustavo Pereira.
Contrabaixo e Vocal: Edinho Gerlach
Acordeon: Uiliam Michelon
Recitado: Denisson Monks
6. Eu Sou Daqui
Ritmo: Vaneira
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Marcelo Oliveira
Interpretação: Marcelo Oliveira
Violão: Quinto Oliveira
Guitarron: Cristian Camargo
Contrabaixo: Leonardo Pinho
Acordeon: Tiago Camargo
Percussão: André Oliveira
7. Tropa de Touros
Ritmo: Milonga
Letra: Jaime Brum Carlos
Melodia: Ênio Medeiros
Interpretação: Ênio Medeiros
Bandoneon: Ênio Medeiros
Gaita Ponto: Edilberto Bergamo
Violão Solo: Rafael Alves
Violão Base: Felipe Cornell
Contrabaixo: Sabani F. Souza
8. Serenatas no Teu Rancho
Ritmo: Xote
Letra: Lisandro Amaral
Melodia: Lisandro Amaral
Interpretação: Lisandro Amaral
Violão e Vocal: Odair Teixeira
Violão e Vocal: Gabriel Jardim
Guitarrón e Vocal: Danner Marinho
Cordeona e Vocal: Mauro Silva
Contrabaixo e Vocal: Lucas Gross
9. Bendita
Ritmo: Milonga
Letra: Adriano Alves
Melodia: Maicon Granja
Interpretação: Quarteto Coração de Potro
Violão e Voz: Vitor Amorim
Violão e Voz: Kiko Goulart
Violão e Voz: Patrick Antunes
Guitarrón e Voz: Maicon Granja
Recitado: Adriano Alves
Violoncelo: Riccieri Paludo
Bandoneon: Gabriel Maculan
Contrabaixo: Carlos de Césaro
10. O Rastro
Ritmo: Rasguido
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Jean Carlo Godoy
Interpretação: Jari Terres
Violão 7 Cordas: Jean Carlo Godoy
Violão 7 Cordas: Matheus Krummennauer
Contrabaixo e Vocal: Rodrigo Maia
Percussão: Marcello Caminha Filho
11. Brasino
Ritmo: Milonga
Letra: José Maurício Rigon/Eduardo Verdi
Melodia: Pedro Terra/Eduardo Verdi
Interpretação:  Grupo Compasso Crioulo
Guitarrón: Pedro Terra
Acordeon e Voz: Eduardo Verdi
Percussão e Voz: Jose Mauricio Rigon
Sax Soprano: Douglas Vallejo
Contrabaixo: Aparício Maidana
Percuteria: Cris Medeiros
12. Bailão
Ritmo: Vaneira
Letra: Rogério Villagran
Melodia: Fabrício Ocaña
Interpretação: Marcelo Oliveira e Ricardo Bergha
Contrabaixo: Juliano Gomes
Violão: Ricardo Berga
Violão: Maicon Granja
Acordeon: Ricardo Comassetto
Pandeiro: André Oliveira
Cubana: Leonardo Borges
Agê: Marcelo Oliveira
13. Pra Quem Souber Encilhar
Ritmo: Chamarra
Letra: Zeca Alves
Melodia: Adriano Gomes (In Memorian)
Interpretação: Fabiano Bacchieri
Acordeon: Ricardo Comassetto
Guitarrón e Vocal: Quinto Oliveira
Violão: Luciano Fagundes
Contrabaixo e Vocal: Juliano Gomes
14. Contrafiador
Ritmo: Milonga
Letra: Marcelo Mendes
Melodia: Mauro Silva/Lucas Gross
Interpretação: Mauro Silva, Danner Marinho e Gabriel Jardim
Violão Solo: Lucas Gross
Violão Solo: Odair Teixeira
Acordeon: Mauro Silva
Guitarron: Danner Marinho
Violão: Gabriel Jardim
Contrabaixo: Aparício Maidana
Recitado: Adriano Alves
15. De Quando a Flor é Gaúcha
Ritmo: Aire de Chacarera
Letra: Clodinho Pinto
Melodia: Dafne Magnus
Interpretação: Dafne Magnus
Violão e Vocal: Ariel Magnus
Violão 7 Cordas e Vocal: João Arthur Donadelo
Acordeon: Luiz Augusto Nóra
Bombo Leguero e Vocal: Thales Marques
Contrabaixo: Alexandre Luz
Percussão: Tiago Magrin
Recitado: Clodinho Pinto

Fonte: Rafael Ferreira

ENQUANTO HOUVER PAYADOR

Além do álbum Tributo ao PayadorConfraria do Tropeiro (produtora cultural sediada em Fraiburgo/SC), prossegue integrando-se às comemorações do centenário de nascimento do poeta Jayme Caetano Braun, trazendo mais um lançamento musical, como forma de prestar uma justa e merecida homenagem ao saudoso mestre da pajada.  O nome da música é Enquanto Houver Payador.  Com letra do poeta Osmar Ransolin, melodia do talentoso compositor missioneiro Ângelo Franco e a interpretação única do cantor Joca Martins, a canção estará disponível em todas as plataformas digitais no dia 30 de janeiro, data de aniversário de Jayme Caetano Braun e oficialmente homologada como o Dia do Pajador Gaúcho

DOIS LIVROS DE FUNDAMENTO

Recebemos e divulgamos com satisfação mais dois livros recentemente lançados, ambos de grande relevância para a literatura rio-grandense.  Obrigado aos autores pela gentileza do envio das obras e pelo reconhecimento à nossa missão de divulgar a arte e a cultura do garrão do Brasil.     

NEM TE CONTO:
A primeira obra que destacamos tem o título de Nem te Conto, de autoria do poeta e escritor Carlos Roberto Hahn, natural de Taquara, mas residindo há vários anos na praia de Nova Tramandaí, município de Tramandaí.
Em 140 páginas, o livro apresenta 21 contos, através dos quais, Carlos Hahn, valendo-se de sua notória habilidade na arte de escrever,  narra passagens de sua própria vivência, sem deixar de abordar temas atuais e registros históricos, sobre os quais não esquece de emitir sua opinião, contundente e fundamentada. 
Por vezes nota-se nos textos, uma mescla de ficção e realidade que geram no leitor, sentimentos antagônicos, como angústia e equilíbrio, expectativa e desesperança, tristeza e alegria...  "Das grandes tramas que moveram a roda da história aos pequenos dramas cotidianos, Nem te Conto nos faz viajar por novos e velhos mundos...", sintetiza a escritora Ana Baldo no texto da orelha do livro. 
Por fim, tenham certeza de que Nem Te Conto proporcionará uma leitura agradável e descomplicada, que prenderá a atenção do leitor, da primeira à última página. 
Para adquirir o livro Nem Te Conto é bem fácil. é só fazer contato com o próprio autor, Carlos Hahn, por intermédio do whatsapp nº (51) 992.177.641 ou pelo e-mail carlosrobertohahn@gmail.com .
Lançamento: Editor Pragmatha


TELÚRICO: 
O outro lançamento que anunciamos é o livro intitulado Telúrico, escrito pelo poeta e ativista cultural porto-alegrense Cândido Brasil, atual presidente da Estância da Poesia Crioula, entidade que reúne os principais vates do cenário regional gaúcho. 
Esta é o quarto produto  literário de Cândido que já tem editados os livros: Tropilha de Sonhos, Nativo e Da Cepa Crioula
Com a chancela da Martins Livreiro EditoraTelúrico tem o total de 150 páginas, pelas quais estão distribuídos 50 poemas, alguns premiados em festivais e já conhecidos do público e outros inéditos, cujos versos, muito bem concebidos, exploram notadamente a temática regional gaúcha, sem deixar de abordar alguns aspectos universais, épicos e existenciais.   
Para os admiradores da poesia Telúrico é um obra imprescindível, cuja leitura recomendamos. 
Para adquirir o livro Telúrico, basta fazer contato com o próprio autor, através do whatsapp nº (51) 992.019.127 ou pelo e-mail candido.brasil29@gmail.com

sábado, 27 de janeiro de 2024

OS DESTAQUES DA 28º COMPARSA DA CANÇÃO

Premiação ao grupo que defendeu a música vencedora
Já passava da uma hora da madrugada de domingo, 28/01, quando Pedro Junior da Fontoura, o apresentador oficial da 28ª Comparsa da Canção Nativa, anunciou o resultado do festival realizado nos dias 26 e 27 de janeiro, no CCTG Lila Alves, na cidade de Pinheiro Machado/RS. 
A comissão avaliadora, formada por Cristiano Quevedo, Geordan Gomes e Xiru Antunes apontou os seguintes destaques:
 
Primeiro Lugar: O CHEIRO DO GUABIJU
Letra: José Maurício Rigon
Melodia: Lucas Gross
Interpretação: Lucas Gross
Recitado: José Maurício Rigon
Cordeona e Vocal: Mauro Silva
Violão e Vocal: Odair Teixeira
Violão e Vocal: Gabriel Jardim
Contrabaixo: Cris Medeiros          

Segundo Lugar: TEMPO MADURO
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Cristian Camargo
Interpretação: Juliana Spanevello
Violão e vocal: Roberto Borges
Guitarron: Cristian Camargo
Acordeon: Aluísio Rockembach
Contrabaixo: Higor Estremera
Saxofone: Peterson Vincent            

Terceiro Lugar: MEU PAGO É O RANCHO NOS CONFINS DA ALMA
Letra: Vitor Lopes Ribeiro
Melodia: Kayke Mello
Interpretação: Kayke Mello
Violão: Felipe Leal
Piano: Miguel Zanotelli
Flauta: Marina Montero
Acordeon: Jackson Fabricio
Contrabaixo: Matheus Alves 

Melhor Letra: A PEDRA DO CAMPO
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Robledo Martins
Interpretação: Rui Carlos Ávila e Éverson Maré          

Melhor Melodia: O CHEIRO DO GUABIJU
Letra: José Maurício Rigon
Melodia: Lucas Gross
Interpretação: Lucas Gross  


Juliana Spanevello: Melhor Intérprete
Melhor Intérprete:  JULIANA SPANEVELLO
Música: Tempo Maduro     








Mauro Silva: Melhor Instrumentista
Melhor Instrumentista: MAURO SILVA
Música: "Pronde" Foi o Esquilador
Instrumento: Gaita    
         
Música Mais Popular: VANEIRA PRA MINHA TROPILHA
Letra: Otávio Bem-Hur Ortiz
Melodia: Terri Vergara Costa
Interpretação: Terri Costa
Violão e Vocal: Alexandre Barreto
Violão e Vocal: Humberto Gotuzzo
Acordeon: Maurício Geist
Contrabaixo: Claudiomar Fagundes
Percussão: Tiago Alves

Melhor Poesia / História / Tradição / Tema Ovelha: “PRONDE" FOI O ESQUILADOR
Letra: Passarinho Teixeira Nunes
Melodia: Mauro Silva
Interpretação: Mauro Silva
Guitarron: Lucas Gross
Violão: Odair Teixeira
Cordeona: Mauro Silva


Fontes: Pedro Junior da Fontoura / Transmissão Officina da Música

CONFRARIA DO TROPEIRO APRESENTA: "TRIBUTO AO PAYADOR"

No próximo dia 30 de janeiro, o Brasil celebra o centenário do poeta Jayme Caetano Braun
E para prestar uma merecida homenagem ao maior dos Payadores, a Confraria do Tropeiro (produtora cultural sediada em Fraiburgo/SC), lançará o álbum Tributo ao Payador.
A obra contém 12 poemas inéditos, de autoria de grandes nomes do verso regional, totalmente voltada ao resgate e ao enaltecimento da memória do Payador Missioneiro.

O álbum conta com versos de Bianca Bergmam, Cândido Brasil, Carlos Omar Villela Gomes, Chico Fontella, Igor Silveira, João Sampaio, Matheus Bauer, Osmar Ransolin, Paulo de Freitas Mendonça, Pedro Júnior da Fontoura, Rômulo Chaves, Rodrigo Bauer, Sérgio Carvalho Pereira e Vaine Darde.

Pedro Junior da Fontoura
A interpretação dos poemas ficou a cargo do multipremiado declamador
Pedro Júnior da Fontoura, com as participações dos poetas Osmar Ransolin e Chico Fontella.
Os violões de Kayke Mello e Jean Carlo Godoy amadrinham os textos, promovendo uma verdadeira imersão poético-musical, neste trabalho que já garante seu lugar na história da poesia gaúcha.
Detalhe para a gaita missioneira de Leandro Rodrigues, que abrilhanta duas faixas do álbum.
O lançamento oficial ocorrerá em cerimônia pública, na noite de 29 de janeiro, no Complexo Turístico Jayme Caetano Braun, em São Luiz Gonzaga, terra natal do Payador.
A obra estará disponível em todas as plataformas digitais, a partir do dia 30 de janeiro, rendendo assim um verdadeiro tributo ao maior dos payadores.




Mais informações podem ser obtidas no site da Confraria do Tropeiro: www.tropeiro.com.br.


20ª ESCARAMUÇA TRANSFERIDA PARA OUTUBRO

Recebemos e reproduzimos o comunicado emitido pela Prefeitura de Triunfo, informando sobre o adiamento da 20ª Escaramuça da Canção, provavelmente para o mês de outubro de 2024. 
Confiram na nota á direita, os motivos para a transferência do evento para o segundo semestre.


sexta-feira, 26 de janeiro de 2024

1º BALSEIROS DA CANÇÃO NATIVA: INSCRIÇÕES ATÉ 23 DE MARÇO


Está surgindo mais um grande festival no sul do Brasil. É o 
Balseiros da Canção Nativa de Chapecó, cuja 1ª edição será realizado nos dias 17, 18, e 19 de maio 2024, no Parque de Exposições Dr. Valmor Ernesto Lunardi, Pavilhão 4,  Efapi de Chapecó/SC.  O evento é uma realização da Associação Cultural de Artes Nativista de Chapecó ”Confraria Musiqueira”.  

As inscrições para o 1º Balseiros da Canção Nativa devem ser encaminhadas até as 23h59min do dia 23 de março de 2024, exclusivamente por meio do site www.confrariamusiqueira.org
Após acessar o site:
a) clicar na aba inscrições
b) preencher a ficha de inscrição online com dados fidedignos ao autor;
c) anexar o áudio no formato mp3 (não será aceito outro formato); 
d) anexar cópia da letra.

A linha musical deste Festival é a música Nativista Gaúcha e Latino Americana, em seus diversos ritmos, cantando a vida, história e o cotidiano dos povos.

Poderão participar, concorrentes de todo o Brasil e de países do Mercosul.

Serão selecionadas 20 (vinte) composições na triagem, das quais no mínimo 16 (dezesseis) irão à finalíssima do dia 19/05/2024, concorrendo às premiações.

Serão apresentadas 10 músicas na noite de 17/05/2024 e 10 músicas na noite de 18/05/2024, na ordem de apresentação a ser definida pela Comissão Organizadora. 

O anúncio das 16 (dezesseis) músicas finalistas será feito na noite de sábado, 18/05, após o show de intervalo

A finalíssima acontecerá na tarde/noite de domingo, dia 19/05/2024, com início às 16h, sendo que a premiação dos vencedores ocorrerá após o show de intervalo.

As obras inscritas no Festival deverão ser inéditas.

Fica estabelecido que serão classificadas no mínimo 02(duas) e no máximo 06 (seis) músicas de poetas e músicos nascidos ou residentes nos municípios catarinenses ribeiros ao Rio Uruguai. 

O intérprete poderá defender apenas uma música no Festival, não podendo participar de uma segunda como instrumentista. 

Os instrumentistas poderão participar de uma música no festival não podendo atuar como intérprete de uma segunda música;

Não poderão participar do festival músicos que participarem de shows/bailes durante o evento;

Os autores de cada música classificada, receberão, a título de premiação de participação, a importância de R$ 6.000,00 (seis mil reais), sendo R$ 2.000,00 (dois mil) até 16/05 e R$ 4.000,00 (quatro mil) após apresentação de palco.
Cada composição finalista receberá o valor complementar de R$ 1.000,00 (um mil reais).

Aos destaques do festival, serão conferidos os seguintes prêmios, com pagamento impreterível a um dia após a realização do Festival.
1° LUGAR:  R$ 15.000,00 (quinze mil reais) Troféu Balseiros e uma Faca Peleador;
2° LUGAR: R$ 10.000,00 (dez mil reais) Troféu Prático;
3° LUGAR: R$ 5.000,00 (cinco mil reais) Remadores;
MÚSICA MAIS POPULAR: R$ 5.000,00 (cinco mil reais) Troféu Nédio Vani;
MELHOR INTÉRPRETE:  R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR INSTRUMENTISTA: R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR ARRANJO INSTRUMENTAL:  R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR ARRANJO VOCAL: R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR LETRA:  R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR MELODIA:  R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR TRABALHO SOBRE CHAPECÓ/BALSEIROS: R$ 5.000,00 (cinco mil reais) Troféu Desbravador

Para ter acesso ao Regulamento completo do 1º Balseiros da Canção Nativa, clica no link abaixo:

A Comissão Organizadora do Balseiros da Canção Nativa de Chapecó está disponível para informações pelos seguintes canais de comunicação:
Fone: (49) 98835-5517
Facebook: Confraria Musiqueira
Instagram: @confraria_musiqueira
Youtube: Balseiros da Canção Nativa



CENTENÁRIO DE JAYME: ESTÁTUA REVITALIZADA E RECITAL POÉTICO

No próximo dia 30 de janeiro, o poeta e pajador missioneiro Jayme Caetano Braun, se vivo estivesse, completaria 100 anos de idade.  Para marcar esta significativa efeméride, algumas ações estão programadas para a importante data, que aqui no RS é oficialmente o Dia do Pajador Gaúcho.
Uma destas atividades é a entrega da estátua de Jayme Caetano Braun, totalmente revitalizada, e que agora será fixada no Pórtico Missões, um espaço nobre no interior do Parque Maurício Sirotski Sobrinho, conhecido como Parque da Harmonia. 
Na programação, que inicia as 11h30 da manhã, estão previstas também algumas apresentações artísticas e culturais estreladas pelos pajadores Paulo de Freitas Mendonça, Pedro Junior da Fontoura, Jadir Oliveira e José Estivalet, pelas declamadoras Liliana Cardoso e Adriana Braun, esta última sobrinha de Jayme Caetano Braun. 
O CTG Tiarayu participa com sua invernada de danças e o cantor Alexandre Brunetto é a atração musical do evento.

RECITAL:
As movimentações em homenagem ao pajador missioneiro Jayme Caetano Braun continuam no final da tarde, com um Ato de Louvor a Jayme Caetano Braun, as 18h, no Salão Mourisco da Biblioteca Pública do Estado, na rua Riachuelo, 1190, Centro Histórico de Porto Alegre.
Na ocasião haverá um Recital Poético, organizado pela EPC, com as participações dos mesmos artistas que atuaram na atividade da manhã.
Estes dois importantes acontecimento, tem a curadoria da Estância da Poesia Crioula, que atualmente é presidida pelo poeta Cândido Brasil. 

JAYME CAETANO - UM SÉCULO DE ARTE

O dia 30 de janeiro marca o centenário de nascimento do poeta e pajador missioneiro Jayme Caetano Braun
No intuito de registrar significativamente a  efeméride, alguns eventos foram programados para a importante data. 
Um desse acontecimentos é o show intitulado Jayme Caetano - Um Século de Arte, com início marcado para as 20 horas, tendo por cenário o Theatro São Pedro, em Porto Alegre.  
O espetáculo músico/poetico/audiovisual é produzido e estrelado pela cantora Izabel Laryan e pelo músico e cantor Renato Fagundes, e contará com participações confirmadas de Pedro Júnior da Fontoura, Daniel Torres, Gilberto Monteiro, Valdomiro Maicá, Atahualpa Maicá, Patrício Maicá, entre outros.

Ingresso solidário: um quilo de alimento não perecível e/ou produto de limpeza, para doação à Casa do Artista do RS. 
Os produtos já podem ser trocados por ingresso no Theatro São Pedro, no horário entre  14h e 18horas.

O show será transmitido pela TV Assembléia e pelo Canal da Assembleia Legislativa no Youtube. 

Promoção: SICOMRS -Sindicato dos Compositores Musicais do RS
Produção: Fortuna Eventos Culturais Ltda.
Apoio: Assembleia Legislativa, SEDAC, Theatro São Pedro, Farmácias São João, AEGEA/Corsan, MTG, Fundação MTG, Eco da Tradição, TVE e FM Cultura.

28ª COMPARSA - SEXTA E SÁBADO EM PINHEIRO MACHADO


28ª Comparsa da Canção Nativafestival da cidade de Pinheiro Machado, acontece nos dias 26 e 27 de janeiro, no CTG Lila Alves.  Além das 14 (quatorze) canções inéditas concorrentes, haverá os espetáculos de Pirisca Grecco, Cristiano Quevedo, Nilton Ferreira e Joca Martins.  A entrada é Franca. 
A comissão avaliadora será formada por Cristiano Quevedo, Geordan Gomes e Xiru Antunes, jurados que terão a tarefa de definir os merecedores da seguinte premiação:
Primeiro Lugar:             Troféu e R$    3.100,00
Segundo Lugar:             Troféu e R$     1.500,00
Terceiro Lugar:             Troféu e R$     1.000,00
Melhor Intérprete:         Troféu e R$       600,00
Melhor Instrumentista: Troféu e R$       600,00
Melhor Melodia:             Troféu e R$      600,00
Melhor Letra:                 Troféu e R$       600,00
Música Mais Popular:     Troféu e R$     600,00
Melhor Poesia/História/Tradição/Tema Ovelha: Troféu Nadir Ávila Ferreira oferecido pela Câmara Municipal de Vereadores 

As 14 canções concorrentes, já na Ordem de Apresentação, são as seguintes: 
1. CARREIRA DAS TESOURAS
Letra: Jeferson De Almeida/Mauricio Oliveira
Melodia: Jeferson De Almeida
Interpretação: pandeiro: Jeferson de Almeida
Contrabaixo e Vocal:  Fábio Cardoso
Gaita e Vocal: Alci Vieira Jr
Violão e Vocal: Humberto Gotuzzo
Violão e Vocal: Mauricio Oliveira
Pandeiro: Jeferson de Almeida
2. A PEDRA DO CAMPO
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Robledo Martins
Interpretação: Rui Carlos Ávila e Éverson Maré
Violão: Éverson Maré
Violão: João Bosco Ayala
Gaita: Joaquim Velho
Contrabaixo: Higor Estremera
Cajón: Robledo Martins
Percussão: Matt Tohfern
3. TEMPO MADURO
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Cristian Camargo
Interpretação: Juliana Spanevello
Violão e vocal: Roberto Borges
Guitarron: Cristian Camargo
Acordeon: Aluísio Rockembach
Contrabaixo: Higor Estremera
Saxofone: Peterson Vincent
4. DA TERRA
Letra: Carlos Eduardo Nunes
Melodia: Pedro Terra
Interpretação: Pedro Terra e Gabriel Jardim
Violão e Vocal: André Teixeira
Acordeon: Evandro Pires
Contrabaixo: Negrinho Martins
Violão: Pedro Terra
Violão: Gabriel Jardim
5. NO BALANÇO DOS ARREIOS
Letra: Érlon Péricles
Melodia: Érlon Péricles
Interpretação: Márcio Costa
Acordeon: Guilherme Goulart
Violão:  Márcio Costa
Pandeiro: Kayke Mello
Contrabaixo: Matheus Alves
6. VANEIRA PRA MINHA TROPILHA
Letra: Otávio Bem-Hur Ortiz
Melodia: Terri Vergara Costa
Interpretação: Terri Costa
Violão e Vocal: Alexandre Barreto
Violão e Vocal: Humberto Gotuzzo
Acordeon: Maurício Geist
Contrabaixo: Claudiomar Fagundes
Percussão: Tiago Alves
7. SONHO DE PAI PRA FILHO
Letra: Lauri Lopes
Melodia: Jairo Lambari Fernandes
Interpretação: Jairo Lambari Fernandes
Percuteria: Boca Ferrera
Cordeona Botoneira: Joaquim Velho
Contrabaixo: Kauanny Klein
Violão: Jairo Lambari Fernandes
8. MEU PAGO É O RANCHO NOS CONFINS DA ALMA
Letra: Vitor Lopes Ribeiro
Melodia: Kayke Mello
Interpretação: Kayke Mello
Violão: Felipe Leal
Piano: Miguel Zanotelli
Flauta: Marina Montero
Acordeon: Jackson Fabricio
Contrabaixo: Matheus Alves
9. “PRONDE" FOI O ESQUILADOR
Letra: Passarinho Teixeira Nunes
Melodia: Mauro Silva
Interpretação: Mauro Silva
Guitarron: Lucas Gross
Violão: Odair Teixeira
Cordeona: Mauro Silva
10. O OUTRO LADO DO FIO
Letra: Marco Antônio Soares/Elisandro Costa
Melodia: Evandro Pires
Interpretação: Tiago Cesarino
Acordeon: Evandro Pires
Violão Base: André Teixeira
Violão Solo: Pedro Terra
Violão Solo: Gabriel Jardim
Contrabaixo: Negrinho Martins
11. O CHEIRO DO GUABIJU
Letra: José Maurício Rigon
Melodia: Lucas Gross
Interpretação: Lucas Gross
Recitado: José Maurício Rigon
Cordeona e Vocal: Mauro Silva
Violão e Vocal: Odair Teixeira
Violão e Vocal: Gabriel Jardim
Contrabaixo: Cris Medeiros
12. JARDIM DE INVERNO
Letra: Delci Oliveira
Melodia: Tuny Brum
Interpretação: Alex Moreira
Violão: Matheus Alves
Acordeom: Guilherme Goulart
Contrabaixo: Negrinho Martins
13. Ô DE CASA MEU GALPÃO
Letra: Tadeu Martins
Melodia: João Bosco Ayala
Interpretação: Robledo Martins
Guitarron: João Bosco Ayala
Violão e Vocal: Everson Maré
Contrabaixo e Vocal: Higor Estremera
Acordeon e Vocal: Joaquim Velho
Percussão: Matt Thofern
14. PELEGO ESTENDIDO
Letra: Edilberto Teixeira
Melodia: André Teixeira
Interpretação:  André Teixeira
Violão André Teixeira
Piano: Cris Medeiros
Acordeom: Evandro Pires
Clarinete: Peterson Vicent
Contrabaixo: Pedro Terra

PRESTIGIEM O PROGRAMA GENTE GAÚCHA DESTE FINAL DE SEMANA


Buenas gauchada.
Já está sendo veiculada nas dezenas de emissoras parceiras, a edição mais recente do Programa Gente Gaúcha, sempre com música, poesia, chimarrão e prosa buena.   
Durante 120 minutos o ouvinte fica sabendo as mais recentes informações sobre o nativismo gaúcho e seus personagens no Quadro Ronda dos Festivais, que noticia também a Agenda dos certames previstos para o primeiro trimestre de 2024.  
Mais uma vez destacamos o Troféu Ronda dos Festivais 2023, que agora já tem confirmadas a data e o local de realização do encontro festivo para entrega dos troféus aos agraciados nas 21 modalidades previstas no regulamento da promoção. Uma destas modalidades é a Música do Ano, que será eleita por uma comissão avaliadora especialmente constituída para este fim. Inclusive rodamos em primeira mão, mais 06 (seis) das 45 (quarenta e cinco) canções concorrentes nesta categoria.  Só os ouvintes do Programa Gente Gaúcha tem este privilégio.

A trilha sonora desta edição é repleta de músicas de fundamento, interpretadas pelos seguintes cantores e cantoras: 
Pepeu Gonçalves
Ângelo Franco
Fátima Gimenez
Marinês Siqueira
Juliano Moreno
Daniel Hack
Eliseu Marques
Alex Moreira
Luiz Marenco 
Matheus Leal
Miguel Marques
Nenito Sarturi
Guitarra, Alma e Garganta
Cristiano Fantinel
Jayme Caetano Braun
Antônio Tarragó Ross
Paulo de Freitas Mendonça
Marcelinho Nunes
 
O PGG conta com o fundamental incentivo dos seus apoiadores culturais, aos quais registramos nosso muito obrigado.  São eles:  


PGG é editado e finalizado tecnicamente pelo músico e operador de áudio Germano Reis, a quem agradecemos pela parceria. 

A seguir, a relação das diversas emissoras de rádio que retransmitem o Programa Gente Gaúcha, com seus respectivos  links de acesso. É só clicar a "se palanquear na escutância".

Rádios Parceiras: 
Amizade FM 87.9 - Foz do Iguaçu/PR - Domingo: 8h
Ampére AM 1460 - Ampére/PR - Domingo:14h15m
Araucária FM 104.9 - São José Ouro - Sábado:6h      
Bagual.com - Blumenau/SC - Sábado:14h
Cadeira Cativa - Santo Ângelo - Domingo:6h
Campeiro FM - Cruzeiro do Sul - Sexta:19h
Campereada do Sul - Rodeio Bonito - Domingo:20h
Campo Afora – Santo Antônio da Patrulha - Quinta:22h
Campos Neutrais - Santa Vitória Palmar - Terça:20h - Quinta:10h - Sábado:6h
Chimarrão - Caxias do Sul - Domingo:8h
Cidade Web - Tangará da Serra/MT - Domingo:8h e 14h
De Pátria Querência - Parobé - Sábado - 17h - Terça-feira - 19h30
Dumassa FM 98,5 - São Borja - Segunda:11h
Embalo Jovem - Goioxim/PR - Terça:17h
Fidelidade FM 104,9 - Cambará do Sul - Domingo:10h - Segunda:14h
Fronteira Sonora - Passo Fundo - Terça: 20h - Quinta: 20h
Fronteira.Web - Jaguarão - Sábado 18h - Terça: 18h
Fundo da Grota - Camboriú/SC - Sábado:8h
Gaudéria – Palhoça/SC - Terça:12h e 22h
Genuína - Cruz Alta - Domingo - 8h30m e 17h - Quarta:20h
Itapuã FM 87.9 – Viamão - Domingo:12h
M'Ysa – Ijuí - Sábado:12h
Maria Rosa FM 104.9 - Curitibanos/SC - Segunda: 20h
Nossa Web Radio - Santo Augusto - Domingo:11h
Pampa Nativo - São Miguel do Oeste/SC - Domingo:8h
Pampeana - Chapecó/SC - Segunda:15h - Sexta:11h
Papareia – Balneário Cassino – Rio Grande/RS - Sábado:8h30
Pátria Gaúcha - Itajubá/MG - Segunda:22h
Periquitos Web - Caxias do Sul - Domingo:18h - Quarta-feira - 17h
Portal da Tradição - Passo Fundo - Domingo:18h
Rio Grande Digital - Sapiranga -  Sábado:7h30 - Terça:19h30min
Terra Gaúcha - Santa Cruz do Sul - Sexta: 10h
Terra Nova Digital - São Francisco de Assis - Sábado:8h
Tio Prenda - Florianópolis/SC - Sábado:10h
Tropeiros - Curitibanos - Domingo:15h
Upacaraí AM 1330 - Dom Pedrito - Sábado:13h
Voz da Querência - Canoas - Domingo:15h
Vozes do Sul - Canoas - Sábado - 10h - Domingo:10h
WWG - Jaraguá do Sul/SC - Sábado: 20h - Domingo:20h