TOTAL DE ACESSOS

1º Balseiros da Canção Nativa

1º Balseiros da Canção Nativa
1º BALSEIROS DA CANÇÃO NATIVA - De 17 a 19 de maio - Parque da EFAPI - Chapecó/SC - Clica na imagem e acessa a página da Confraria Musiqueira.

terça-feira, 31 de outubro de 2023

FÁBRICA DE GAITEIROS E BORGHETTINHO EM SAP

 No próximo domingo (05), os alunos da Fábrica de Gaiteiros Santo Antônio da Patrulha se apresentarão ao lado de Renato Borghetti na Praça Nossa Senhora da Boa Viagem, em Santo Antônio da Patrulha, às 15h. 

Além de Borghetti e do professor da unidade, o patrulhense Evandro Cardoso (Manchinha), o show que marca o encerramento do segundo ano do projeto na cidade contará com a participação dos alunos da Fábrica de Gaiteiros Morrinhos do Sul. A apresentação faz parte da programação do evento Domingo Cultural.
Idealizado pelo músico Renato Borghetti em 2012, a Fábrica de Gaiteiros tem atualmente 21 unidades em cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Em Santo Antônio da Patrulha, as aulas iniciaram em abril  de 2022 e acontecem na Praça CEU, espaço cedido pela Prefeitura Municipal através da Secretaria da Cultura, Turismo e Esportes. A turma conta com 13 alunos, todos estudantes de escolas públicas.
Os jovens gaiteiros já participaram de eventos como Semana Farroupilha do CTG Patrulha do Rio Grande, Moenda da Canção e do Encontro Anual de Gaiteiros, na cidade de Barra do Ribeiro. 
“É emocionante ver a evolução de cada aluno. Cada um tem o seu tempo e isso é muito respeitado durante as aulas”, comenta Raffaela Reis, produtora responsável pelo projeto em Santo Antônio da Patrulha".
Financiado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o projeto Fábrica de Gaiteiros - Unidade Santo Antônio da Patrulha tem o patrocínio do BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, apoio da Prefeitura Municipal de Santo Antônio da Patrulha e parceria do Instituto Renato Borghetti de Cultura e Música. 
A realização é da empresa patrulhense Tambor Produções, Ministério da Cultura, Governo Federal - Brasil, União e Reconstrução.

Raffaela Reis
Relações-públicas e produtora cultural
Tambor Produções
 

segunda-feira, 30 de outubro de 2023

AS JOVENS VOZES TAMBÉM ENCANTARAM NA SEARINHA

O palco da Seara da Canção Gaúcha também recebeu na tarde de domingo, 29/10, os representantes da 
nova geração da música gaúcha. Vindos de diversas localidades do estado, eles não mediram esforços para cativar o público e a comissão avaliadora. Ao todo, 10 intérpretes infantojuvenis, participaram da 9ª Searinha da Canção, espaço para jovens talentos do Rio Grande do Sul, interpretaram canções de edições anteriores da Seara. Antes da premiação da Searainha, no final da tarde, teve show com o grupo Guris do Pampa.
Confere os destaques da 9ª Searinha da Canção: 



Categoria PIAZITO:
Valentina Correia

Primeiro Lugar:  VALENTINA CORREIA
           
Música: Nem Que Seja Por Um Dia - 20ª Seara
Autores: Carlos Omar/Cristiano Quevedo/Nilton Junior

Segundo Lugar: MURIEL GUADAGNIN KIRST  
Música: O Tempo e o Vento - 21ª Seara
Autores: Rodrigo Bauer/Xuxu Nunes/Dionathan Farias/Miguel Marques

Terceiro Lugar: JÚLIA SCHU                              
Música: As Mães da Praça de Maio  - 7ª Seara
Autores: Jaime Vaz Brasil/








Categoria PIÁ:
Primeiro Lugar: EMANUELLE CORRÊA         
Emanuelle Corrêa
Música: O Poeta e a Folha Vazia - 16ª Seara
Autores:  Martim César/Música: Paulo Timm

Segundo Lugar:  HENRY RAMOS                     
Música: Bem Querença - 5ª Seara
Autores: João Batista Machado

Terceiro Lugar: ANITA RODRIGUES               
Música: Nem Que Seja Por Um Dia - 20ª Seara
Autores: Carlos Omar/Cristiano Quevedo/Nilton Junior

MÚSICAS CARNAVALESCAS E MPB - ULTIMO DIA PARA INSCRIÇÕES

O 39º Festival de Músicas Carnavalescas e o 3º Festival de MPB, tradicionais eventos da cidade de Santa Maria, estão com inscrições abertas até esta segunda-feira, 30 de outubro.

Realizado pela produtora cultural Iara Druzian e financiado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC-SM), o evento está marcado para o dia 30 de novembro, no Floratta Espaço de Eventos. O show de intervalo ficará por conta da Banda Tudo Di Bom. A ficha de inscrição está disponível na página do evento no Facebook.

Este ano, as premiações do tradicional evento para os vencedores das categorias Marcha, MPB, Melhor Intérprete e Melhor Instrumentista somam mais de R$ 2.600,00. As 16 músicas classificadas (três Sambas-enredo, três Marchas e 10 músicas MPB) receberão, à título de premiação, o valor de R$ 500,00.

PREMIAÇÃO AOS DESTAQUES DO FESTIVAL:
SAMBA-ENREDO E MARCHA
Primeiro Lugar:  R$ 2.500,00
Segundo Lugar: R$ 2.000,00
Terceiro Lugar: R$ 1.000,00

MPB
Primeiro Lugar:  R$ 2.500,00
Segundo Lugar: R$ 2.000,00
Terceiro Lugar: R$ 1.000,00
Melhor Intérprete: R$ 1.000,00
Melhor Instrumentista: R$ 1.000,00

domingo, 29 de outubro de 2023

A PREMIAÇÃO DA 22ª SEARA DA CANÇÃO

Premiação sendo entregue aos defensores da música vencedora da 22ª Seara

Por volta de 2 horas da madrugada de segunda-feira, os apresentadores  Juliana Spanevello e Rodolfo Silva anunciaram os destaques da 22ª Seara da Canção Gaúcha, festival realizado de 27 a 29 de outubro, na cidade de Carazinho. 
A definição dos premiados coube à comissão avaliadora, formada por Alex Har, Gujo Teixeira, Jeferson Oliveira, Joca Martins e Nilton Junior.
A premiação: 
Melhor Canção da 22ª Seara:  O VERSO E A MELODIA             
Gênero: Milonga         
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Rodrigo Bauer/Felipe Goulart
Interpretação: Pirisca Grecco e Lu Schiavo
Melhor Canção Linha Nativista:   COLHEITA               
Gênero: Chamamé      
Linha: Nativista             
Autores: Eduardo Muñoz/Otávio Severo/Cícero Camargo
Interpretação: Cícero Camargo
Melhor Canção Linha Galponeira:  ACOLHERADOS     
Gênero: Milonga          
Linha: Galponeira        
Autores:  José Mauricio Rigon/Lucas Gross
Interpretação: Lucas Gross, Danner Marinho e Mauro Silva 
Melhor Canção Linha Contemporânea:  O VERSO E A MELODIA             
Gênero: Milonga         
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Rodrigo Bauer/Felipe Goulart
Interpretação: Pirisca Grecco e Lu Schiavo
Melhor Canção Categoria Local:  EU TAMBÉM SOU BOMBEADOR                    
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autores: Darci Vieira/Alison Machado
Interpretação: Adriano Posai, Daniel Cavalheiro e Jonas Pereira
Melhor Tema Sobre Carazinho:  EU TAMBÉM SOU BOMBEADOR                      
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autores: Darci Vieira/Alison Machado
Interpretação: Adriano Posai, Daniel Cavalheiro e Jonas Pereira
Mais Popular: CABANHA DO OURIÇO                
Gênero: Milonga               
Linha:  Galponeira            
Autores: Jonas Pereira/Diego Oliveira
Interpretação: Jonas Pereira
Melhor Letra:  O VERSO E A MELODIA
Autor: Rodrigo Bauer
Melhor Melodia: COLHEITA
Autor: Cícero Camargo
Melhor Intérprete:  PIETRA HERMES
Música: Guria
Melhor Instrumentista:   RICARDO COMASSETTO 
Instrumento: Gaita Botoneira
Música: Colheita
Melhor Arranjo Vocal: COLHEITA               
Gênero: Chamamé      
Linha: Nativista             
Autores: Eduardo Muñoz/Otávio Severo/Cícero Camargo
Interpretação: Cícero Camargo
Melhor Arranjo Instrumental:  ESSÊNCIA DO GAUCHISMO     
Gênero: Milonga          
Linha: Nativista             
Autores: Ângelo Franco/Guilherme Castilhos
Interpretação: Ângelo Franco

Colaboração:
Matheus Barato/ Portal da Tradição
Ibaldo Pedra/Rádio Planalto

22ª SEARA - A GRANDE FINAL É NESTE DOMINGO

Realizadas duas etapas classificatórias, a 22ª Seara da Canção Gaúcha já tem definidas as 15 músicas finalistas, que retornarão ao palco do festival na noite deste domingo, 29 de outubro, a partir das 20 horas, nas dependências da Acapesu, em Carazinho/RS.

A comissão avaliadora, formada por Alex Har, Gujo Teixeira, Jeferson Oliveira, Joca Martins e Nilton Junior terá a missão de apontar os seguinte seguintes destaques: 

Melhor Canção da 22ª Seara;
Melhor Canção Nativista; 
Melhor Canção Galponeira; 
Melhor Canção Contemporânea; 
Melhor Canção Categoria Local;
Melhor Tema sobre Carazinho;
Música Mais Popular;
Melhor Letra;
Melhor Melodia;
Melhor Intérprete;
Melhor Instrumentista;
Melhor Arranjo Vocal;
Melhor Arranjo Instrumental.

Antes, as 16 horas, caberá à mesma comissão julgadora, ouvir, analisar os concorrentes e definir os premiados na 9ª Searinha da Canção, certame para intérpretes infantojuvenis,, nas categorias Piá e Piazito.

Os intérpretes são os seguintes:

CATEGORIA PIAZITO               

1. CATHARINA MÜLLER          
Música: Coração de Alecrim  - 20ª Seara
2. VALENTINA CORRÊA           
Música: Nem Que Seja Por Um Dia - 20ª Seara
3. MURIEL GUADAGNIN KIRST  Música: O Tempo e o Vento - 21ª Seara
4. VALE MAZUÍ                            
Música: Folha em Branco - 21ª Seara
5. JÚLIA SCHU                              
Música: As Mães da Praça de Maio  - 7ª Seara

CATEGORIA PIÁ                         
1. HENRY GUILHERME RAMOS                                              
Música: Bem Querença - 5ª Seara
2. NATIELLY GONÇALVES      
Música: Um Mate Por Ti - 7ª Seara 
3. EMANUELLE CORRÊA         
Música: O Poeta e a Folha Vazia - 16ª Seara
4. ANITA RODRIGUES               
Música: Nem Que Seja Por Um Dia - 20ª Seara
5. MARCELO HOLLANDA         
Música: Cavalgada - 21ª Seara

As canções finalistas da 22ª Seara são as seguintes: 
FASE LOCAL: 
1. CABANHA DO OURIÇO                
Gênero: Milonga               
Linha:  Galponeira            
Autores: Jonas Pereira/Diego Oliveira
Interpretação: Jonas Pereira
2. EU TAMBÉM SOU BOMBEADOR                           
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autores: Darci Vieira/Alison Machado
Interpretação: Adriano Posai, Daniel Cavalheiro e Jonas Pereira
3.QUEIMANDO AOS POUCOS        
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autor: Décio Neuls
Interpretação: Gabriel Selvage
4. TROPILHA DE CORDAS               
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autores: Alexandre Marek/Anderson Marek/André Marek
Interpretação: Rodrigo Cavalheiro
5. SOU CARAÍ MIRIM 
Gênero: Ares de chacareira                      
Linha: Nativista                
Autores: Suelen Schneider/Zéu Ferretti
Interpretação: Zéu Ferreri
Recitado: Suelen Schneider

Guria (Juca Moraes/Diogo Barcelos) está entre as canções finalistas da 22ª Seara

FASE GERAL: 
1. DOIS AMIGOS         
Gênero: Milonga          
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Evair Gomez/Juliano Gomes
Interpretação:  Fabiano Bacchieri
Recitado: Evair Gomez
2. GURIA                    
Gênero: Canção          
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Juca Moraes/Diogo Barcelos
Interpretação: Pyetra Hermes
3. ESSÊNCIA DO GAUCHISMO     
Gênero: Milonga          
Linha: Nativista             
Autores: Ângelo Franco/Guilherme Castilhos
Interpretação: Ângelo Franco
4. GAITITA                 
Gênero: Chamamé      
Linha: Galponeira        
Autores: Henrique Fernandes/João Paulo Deckert
Interpretação: João Paulo Deckert 
5. O QUE ME CONTA DO VELHO 
Gênero: Milonga          
Linha: Nativista             
Autores: Carlos Omar Villela Gomes/João Bosco Ayala Rodriguez
Interpretação: Robledo Martins 
6. COLHEITA               
Gênero: Chamamé      
Linha: Nativista             
Autores: Eduardo Muñoz/Otávio Severo/Cícero Camargo
Interpretação: Cícero Camargo
7. O VERSO E A MELODIA             
Gênero: Milonga         
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Rodrigo Bauer/Felipe Goulart
Interpretação: Pirisca Grecco e Lu Schiavo
8. ACOLHERADOS     
Gênero: Milonga          
Linha: Galponeira        
Autores:  José Mauricio Rigon/Lucas Gross
Interpretação: Lucas Gross, Danner Marinho e Mauro Silva
9. MEU BRAGADO LUA CHEIA     
Gênero: Canção          
Linha: Galponeira        
Autores: Adriano Silva Alves/Edilberto Bérgamo
Interpretação: Ricardo Bergha
10. DESENLACE           
Gênero:  Milonga         
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Zé Renato Daudt/Mateus Neves da Fontoura
Interpretação: Jairo Lambari Fernandes

sábado, 28 de outubro de 2023

22ª SEARA PROSSEGUE NESTE SÁBADO

Programação deste Sábado - 28 de outubro
A 22a Seara da Canção Gaúcha, prossegue na noite deste sábado, 28/10, no palco da Acapesu, em Carazinho, com a apresentação de mais 15 canções, sendo 10 da Fase Geral e 05 da Fase Local. 
São músicas inéditas do cancioneiro gaúcho, concorrendo nas Linhas Nativista, Galponeira e Contemporânea Gaúcha. 
Ao final das atividades, logo após o espetáculo de Gaúcho da Fronteira, serão conhecidas as canções que retornarão ao palco do festival, na noite de domingo, 29, na condição de finalistas da 22ª Seara. 

As músicas deste sábado serão apresentadas de acordo com a seguinte ordem: 

FASE LOCAL: 
1.QUEIMANDO AOS POUCOS        
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autor: Décio Neuls
Interpretação: Gabriel Selvage
2. TROPILHA DE CORDAS               
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autores: Alexandre Marek/Anderson Marek/André Marek
Interpretação: Rodrigo Cavalheiro
3. CUTUCANDO A BOTONEIRA     
Gênero: Vaneira                
Linha: Galponeira             
Autores: Gabriel Rocha/Maurício Silveira
Interpretação:  Adriano Posai e Daniel Cavalheiro
4. SOU CARAÍ MIRIM 
Gênero: Ares de chacareira                      
Linha: Nativista                
Autores: Suelen Schneider/Zéu Ferretti
Interpretação: Zéu Ferreri
Recitado: Suelen Schneider
5. QUANDO AS TORMENTAS SE ENTONAM          
Gênero: Chamamé            
Linha: Galponeira             
Autor: Jeferson Monteiro
Interpretação:  Jeferson Monteiro, Lorenzo Lavoratti e Marco Vieira

FASE GERAL: 
1. COMO TUDO ERA PRA MIM        
Gênero: Toada            
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Henrique Corso/Cristian Camargo
Interpretação: Jairo Lambari Fernandes
2. DOIS AMIGOS         
Gênero: Milonga          
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Evair Gomez/Juliano Gomes
Interpretação:  Fabiano Bacchieri
Recitado: Evair Gomez
3. TEUS OLHOS        
Gênero: Chamamé      
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Leonardo Quadros/Guilherme Castilhos 
Interpretação:  Leonardo Quadros
4. CAMINHO                 
Gênero:  Milonga         
Linha:   Nativista           
Autores: Helvio Casalinho/Mateus Neves da Fontoura/Índio Ribeiro
Interpretação: Indio Ribeiro
5. GAITITA                 
Gênero: Chamamé      
Linha: Galponeira        
Autores: Henrique Fernandes/João Paulo Deckert
Interpretação: João Paulo Deckert 
6. O QUE ME CONTA DO VELHO 
Gênero: Milonga          
Linha: Nativista             
Autores: Carlos Omar Villela Gomes/João Bosco Ayala Rodriguez
Interpretação: Robledo Martins 
7. COLHEITA               
Gênero: Chamamé      
Linha: Nativista             
Autores: Eduardo Muñoz/Otávio Severo/Cícero Camargo
Interpretação: Cícero Camargo
8. O VERSO E A MELODIA             
Gênero: Milonga         
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Rodrigo Bauer/Felipe Goulart
Interpretação: Pirisca Grecco e Lu Schiavo
9. TEU JEITO
Gênero: Milonga          
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Fabio Maciel/ Juliano Moreno
Interpretação: Juliano Moreno
10. ACOLHERADOS     
Gênero: Milonga          
Linha: Galponeira        
Autores:  José Mauricio Rigon/Lucas Gross
Interpretação: Lucas Gross, Danner Marinho e Mauro Silva

sexta-feira, 27 de outubro de 2023

CARAZINHO SE TORNA A "CAPITAL DO NATIVISMO" DURANTE A SEARA

Com a realização da 22a Seara da Canção Gaúcha, o município de Carazinho, que é a "Capital da Hospitalidade", se transforma também na “Capital do Nativismo” durante os dias 27, 28 e 29 de outubro.
Mais de 200 artistas da cultura regional e um público superior a mil pessoas por noite são esperados para o festival.
Além disso, quem não estiver presencialmente em Carazinho, mas aprecia a cultura regional, poderá acompanhar o festival à distância, tendo em vista que os três dias de Seara serão transmitidos ao vivo,  em áudio e vídeo, pelos canais oficiais do festival.
Todas as atrações da Seara podem ser conferidas sem pagar ingresso. Isso porque na Seara tem o ingresso solidário, onde o valor da entrada é a doação de 1kg de alimento não-perecível para cada noite do evento. As doações serão entregues para a Secretaria de Desenvolvimento Social de Carazinho, que fará o encaminhamento a quem necessita.
A Seara acontece na Acapesu, local que sediou as primeiras edições do festival e que guarda um forte vínculo histórico e afetivo com o evento.  
O palco da 22a Seara receberá 30 (trinta) músicas classificadas, todas inéditas, sendo 10 (dez) da categoria Local e 20 (vinte) da categoria Geral).  Serão apresentadas 15 (quinze) músicas na sexta-feira,  27/10 e 15 (quinze) no sábado, 28/10.  Após as apresentações do dia 28, serão anunciadas nas redes sociais da Seara as 15 canções classificadas para a final.
Quanto a Searinha, tradicional certame da Seara que proporciona espaço para o surgimento e o desenvolvimento de jovens talentos, a 9ª edição está programada para as 16 horas de domingo, 29 de outubro. Na oportunidade, concorrerão 10 (dez) intérpretes, sendo 5 (cinco) da modalidade Piá e 5 (cinco) da modalidade Piazito.  Eles deverão apresentar músicas de edições anteriores da Seara.
Já na noite do domingo, ocorrerá a Grande Final da 22ª Seara, com a apresentação das 15 canções finalistas, oriundas das Fases Local e Geral, concorrendo em igualdade de condições aos prêmios previstos no Regulamento do festival, quais sejam:
Melhor Canção da 22ª Seara;
Melhor Canção Nativista; 
Melhor Canção Galponeira; 
Melhor Canção Contemporânea Gaúcha. 

Além dos diversos prêmios tradicionais dos festivais nativistas:
Melhor Canção Categoria Local;
Melhor Tema sobre Carazinho;
Música Mais Popular;
Melhor Letra;
Melhor Melodia;
Melhor Intérprete;
Melhor Instrumentista;
Melhor Arranjo Vocal;
Melhor Arranjo Instrumental.

A Seara da Canção Gaúcha, valoriza muito as origens do festival e procura sempre enaltecer suas raízes. Neste ano, os troféus da 22ª Seara são inspirados nos modelos das primeiras edições do evento.
Os troféus "O Tropeiro", "Raízes do Sul", "Cancioneiro Gaúcho", "Bombeador" e "Associação Seara", serão entregues aos vencedores desta edição e fazem uma homenagem aos históricos troféus.

A comissão organizadora da 22ª Seara preocupou-se também em oferecer ao público, alguns espetáculos musicais de reconhecida qualidade.
Na sexta-feira, 27 de outubro, tem Mano Lima.  No sábado, 28/10,  a animação fica por conta de Gaúcho da Fronteira. E no domingo, 29/10, quem sobe ao palco da Seara é o cantor Luiz Marenco. 

Haverá praça de alimentação e venda de bebidas durante o evento.

22a Seara terá 30 músicas inéditas e 10 concorrentes na 9ª Searinha. 
Programação:
Confere a programação completa da 22a Seara da Canção Gaúcha e da 9a Searinha:

Sexta-feira (27/10)
20h: Seara da Canção Gaúcha
Abertura
Classificatória com cinco músicas da categoria local e dez músicas da categoria geral
23h: Apresentação de Mano Lima
00h: Tertúlia da Seara

Sábado (28/10)
20h:  Seara da Canção Gaúcha
Homenagem a Luiz Carlos Borges
Classificatória com 05 músicas da categoria Local e 10 músicas da categoria Geral
23h: Apresentação de Gaúcho da Fronteira
00h: Tertúlia da Seara

Domingo (29/10)
14h: Mateada Cultural
Apresentações artísticas
Lançamento do “Livro de Alumbramentos” e sessão de autógrafos com Gujo Teixeira
16h: Searinha
Final com cinco músicas da categoria Piazito e cinco músicas da categoria Piá
Apresentação do grupo Guris do Pampa
Premiação da Searinha
20h: Seara da Canção Gaúcha
Reapresentação dos campeões da 9a Searinha
Final com cinco músicas da categoria local e dez músicas da categoria geral
22h30min:    Apresentação de Luiz Marenco
23h30min:     Divulgação do Resultado e entrega da Premiação da Seara

Músicas que sobem ao palco na sexta-feira, 27 de outubro:

FASE LOCAL: 
1. CABANHA DO OURIÇO                
Gênero: Milonga               
Linha:  Galponeira            
Autores: Jonas Pereira/Diego Oliveira
Interpretação: Jonas Pereira
2. E SE FAZ CANÇÃO 
Gênero: Chamarra             
Linha: Nativista                
Autores: Alexandre Marek/Anderson Marek/André Marek
Interpretação: Alexandre Marek e Anderson Marek
3. TUA ALMA, MEU CANTAR       
Gênero: Milonga Canção  
Linha: Contemporânea Gaúcha               
Autor: Jeferson Monteiro
Interpretação: Jeferson Monteiro 
4. CARRETAS E CAMINHOS           
Gênero: Chamame            
Linha: Nativista                
Autor: César Ferretti
Interpretação: César Ferreti
 5. EU TAMBÉM SOU BOMBEADOR                           
Gênero: Milonga               
Linha: Nativista                
Autores: Darci Vieira/Alison Machado
Interpretação: Adriano Posai, Daniel Cavalheiro e Jonas Pereira

FASE GERAL: 
1. QUANDO O VENTO SECA O BARRO
Gênero: Milonga          
Linha: Nativista             
Autores: Evair Gomez/Juliano Gomes
Interpretação: Ricardo Bergha
2. DESENLACE           
Gênero:  Milonga         
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Zé Renato Daudt/Mateus Neves da Fontoura
Interpretação: Jairo Lambari Fernandes
3. GURIA                    
Gênero: Canção          
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Juca Moraes/Diogo Barcelos
Interpretação: Pyetra Hermes
4. PELA ENCILHA DO CAVALO JÁ SE CONHECE O SUJEITO  
Gênero:  Chamamé     
Linha: Galponeira        
Autores: Cesar Gomes/Ângelo Franco
Interpretação: Ângelo Franco e César Gomes
5. CAMPO NOVO        
Gênero: Chamamé      
Linha:  Nativista            
Autores: Leonardo Borges/Juliano Moreno
Interpretação:  Juliano Moreno e André Teixeira
6. ROSEIRAS
Gênero: Milonga          
Linha: Contemporânea Gaúcha       
Autores: Rafael Xavier/Cristian Camargo
Interpretação: Daniel Silva
7. MEU BRAGADO LUA CHEIA     
Gênero: Canção          
Linha: Galponeira        
Autores: Adriano Silva Alves/Edilberto Bérgamo
Interpretação: Ricardo Bergha
8. A PEDRA DO CAMPO                   
Gênero:  Milonga
Linha: Nativista
Autores:  Rodrigo Bauer/Robledo Martins
Interpretação:  Robledo Martins e Rui Carlos Àvila
9. CANTADOR PEREGRINO             
Gênero: Milonga          
Linha:  Galponeira       
Autor: Cristiano Quevedo
Interpretação:  Cristiano Quevedo e Pirisca Grecco
10. ESSÊNCIA DO GAUCHISMO     
Gênero: Milonga          
Linha: Nativista             
Autores: Ângelo Franco/Guilherme Castilhos
Interpretação: Ângelo Franco

 Crédito da foto: Britto Fotografia

terça-feira, 24 de outubro de 2023

14º CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA - INSCRIÇÕES ABERTAS

Com o objetivo de valorizar a música gaúcha na sua essência campeira e de raiz, foi divulgado nesta terça-feira (24), o regulamento do 14º Festival Cante uma Canção em Vacaria, importante mostra competitiva que acontece nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2024, durante o 35º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria. As inscrições para o Festival devem ser encaminhadas até o dia 25 de novembro de 2023, exclusivamente através do e-mail festival.vacaria@gmail.com.
O regulamento completo e a ficha de inscrição estão disponíveis no site https://rodeiodevacaria.com.

Alguns Artigos importantes do Regulamento do Festival:

ART 1º: O Festival “14º CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA” é uma promoção do Centro de Tradições Gaúchas Porteira do Rio Grande, paralelo ao 35º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria, e será realizado nos dias 03 e 04 de fevereiro de 2024.

ART 4º: A comissão executiva do 14º CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA, terá a seguinte competência:
a) Escolher e convidar os componentes do júri, composto por 5 (cinco) pessoas de reconhecido conhecimento no meio cultural e artístico do nativismo gaúcho;
b) Receber as inscrições para o Festival, pelo e-mail festival.vacaria@gmail.com entre os dias 24 de outubro de 2023 e 25 de novembro de 2023;
c) Promover a triagem das composições, classificando 13 músicas e 4 suplentes, juntando-se a elas a composição vencedora e a música mais popular da fase regional – CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA – 1º POUSO REGIONAL, ocorrido no mês de setembro de 2023, totalizando 15 composições classificadas.
d) Lançar, através da gravação de som e imagem, as músicas concorrentes desta edição.

ART 6º: As composições deverão ser inéditas, sem registro gráfico, fonográfico ou audiovisual e não divulgadas em meios de comunicação de massa, nem podendo ter participado em eventos do gênero.

ART 7º: Cada compositor (autor), em seu nome ou parceria, poderá inscrever até no máximo 5 (cinco) composições, porém poderá classificar apenas 1 (uma) composição.

ART 8º: O áudio da música concorrente deverá ser enviada em arquivo de formato MP3. A letra em arquivo Word, fonte 14. Ficha de Inscrição devidamente preenchida.

ART 10º: A composição campeã e a música mais popular da fase regional CANTE UMA CANÇÃO EM VACARIA – 1º POUSO REGIONAL estarão automaticamente classificadas para concorrer em igualdade de condições com as demais classificadas.

ART 12º: O mesmo grupo ou intérprete, solista ou instrumentista não poderá defender mais que 2 (duas) composições.

ART 13º: O Festival terá uma eliminatória e uma final. As apresentações ocorrerão no Parque Nicanor Kramer da Luz – Vacaria-RS. A etapa eliminatória será no dia 03 de fevereiro de 2024, às 21 horas, quando serão submetidas ao Júri as 15 composições selecionadas. A passagem de som será a partir das 14 horas do dia 03 de fevereiro de 2024.

ART 14º: Todas as composições classificadas na seleção geral receberão, logo após a primeira apresentação, um cachê artístico no valor de R$6.000,00 (seis mil reais) cada, mais hospedagem com café da manhã para todos os concorrentes, em local determinado pela Comissão Organizadora do evento, durante a participação no Festival, enquanto permanecerem classificadas. O pagamento será efetuado mediante apresentação de nota fiscal.
Observação: O cachê artístico das composições classificadas no 1º Pouso Regional – AMUCSER será de R$:3.000,00 (três mil reais) para cada composição, mediante apresentação de nota fiscal. Observação: As empresas que emitirem nota fiscal para receberem o cachê de apresentação das composições classificadas deverão conter em no seu cartão CNPJ a atividade 90.01-9-02-Produção Musical.

ART 17º: Os prêmios instituídos pelo CTG Porteira do Rio Grande são os seguintes:
PRIMEIRO LUGAR: Troféu + R$ 6.000,00 (seis mil reais);
SEGUNDO LUGAR: Troféu + R$ 4.000,00 (quatro mil reais);
TERCEIRO LUGAR: Troféu + R$ 3.000,00 (três mil reais);
MÚSICA MAIS POPULAR: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR INTÉRPRETE: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR INSTRUMENTISTA: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR LETRA: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR MELODIA: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR TEMA CAMPEIRO: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR ARRANJO: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR CONJUNTO VOCAL: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais);
MELHOR INDUMENTÁRIA: Troféu + R$ 700,00 (setecentos reais)
Observação: Será observado a incidência de Imposto de Renda sob as premiações, conforme tabela do IR vigente à época do festival.

ART 18º: Todos os autores de letra e melodia deverão enviar para o e-mail festival.vacaria@gmail.com a autorização assinada e registrada em cartório, em modelo fornecido pela organização do evento.

JURADOS:
André Teixeira – Intérprete, músico e compositor.
Anomar Danúbio Vieira – Poeta.
Karaí Guedes - Instrumentista, cantor e compositor.
Rodrigo Bauer – Poeta.
Rogério Melo - Cantor e compositor.