TOTAL DE ACESSOS

sábado, 27 de abril de 2019

1º MANANCIAL DA POESIA - PREMIADOS

Romeu, Valdemar e Wilson: os três declamadores premiados
O 1º Manancial da Poesia Gaúcha foi realizado na noite de sexta-feira, 26 de abril, nas dependências do Centro de Eventos, Cultura e Lazer  da cidade de Portão.  
Onze declamadores se apresentaram com versos de livre escolha, no entanto, apenas os três melhores da noite foram premiados.   São eles:

Primeiro Lugar:  Wilson Araújo
Poema: Camboatã Farrapo
Autor: Aureliano de Figueiredo Pinto
Amadrinhador: Luidhi Moro



Segundo Lugar:  Romeu Weber
Poema: Ode às Mãos do Bem
Autor: Vaine Darde
Amadrinhador: Luidhi Moro

Terceiro Lugar:  Valdemar Camargo
Poema: O Romance do Pala Branco
Autor: Marco Polo Giordani
Amadrinhador:  Luidhi Moro

sexta-feira, 26 de abril de 2019

27ª SAPECADA - MÚSICAS CLASSIFICADAS


Já está a disposição dos interessados a relação das músicas classificadas para a 27ª Sapecada da Canção Nativa, festival que acontecerá nos dias 17 e 18 de junho, em Lages, a mais gaúcha das cidades catarinenses.

Estarão no palco, as seguintes obras:

1. A Zamba Que Fiz Pra Ti
Ritmo: Zamba
Letra: Rogério Villagran
Melodia: Kiko Goulart 
  
2. Oitava Rima
Ritmo: Chimarrita 
Letra:  Rogério Ávila
Melodia: Leonel Gomez

3. Noite Escura
Ritmo: Zamba 
Letra:  Rogério Ávila
Melodia: Leonel Gomez

4. Rastros do Tempo Sobre o Chão da Alma
Ritmo: Milonga
Letra: Eron Vaz Matos
Melodia: Cristian Camargo

5. Retrato Crioulo
Ritmo: Chamarrita
Letra:   Anomar Danúbio Vieira
Melodia:  Rogério Melo

6. Primeiro Canto - A Tocaia      
Ritmo: Milonga
Letra: Rafael Machado/Rafael Puerta
Melodia:  Arthur Boscato

7. Milonga de Cruzar o Ano   
Ritmo: Milonga 
Letra:  Francisco Brasil
Melodia:  Kiko Goulart

8. O Princípio e o Fim
Ritmo: Milonga
Letra:  Sérgio Carvalho Pereira
Melodia: Marcelo Oliveira

9. Tordilha Canha Branca 
Ritmo: Chamarra 
Letra:   Leandro Godinho/Rafael Ferreira
Melodia: Zé Renato Daudt

10. Se Foram Pra Outro Pago   
Ritmo: Milonga
Letra:  Evair Gomez/Paulo Henrique Souza
Melodia:  Juliano Gomes

11. La Vem Vindo o Zé Das Lavras
Ritmo: Chamarra  
Letra:   Rogério Villagran
Melodia: Cristian Camargo

12. Penacho
Ritmo: Chamarra 
Letra:   Felipe Bacchieri
Melodia: Fabiano Bacchieri

13. Guarany
Ritmo: Zamba 
Letra:   Xiru Antunes
Melodia: Fábio Peralta

14. Cinco e Meia da Manhã
Ritmo: Milonga 
Letra: Edilberto Teixeira
Melodia: André Teixeira

15. Cercadito
Ritmo: Milonga 
Letra:   Xiru Antunes/Sergio Carvalho Pereira
Melodia:  Fabiano Bacchieri

16. Caboclo de Fato
Ritmo: Querumana 
Letra:   Adair Palombo
Melodia: Francisco Fernandes Santos

MANANCIAL DA POESIA EM PORTÃO

Romeu Weber é um dos declamadores concorrentes
Na noite desta sexta-feira, 26, a cidade de Portão assume a condição de Capital da Declamação, com a realização do 1º Manancial da Poesia Gaúcha, um grande recital que contará com as participações dos principais Declamadores do Rio Grande do Sul. 
Cada declamador recita um poema de sua livre escolha. Uma comissão avaliadora definirá  as três melhores interpretações, as quais receberão troféu e uma significativa premiação em dinheiro.


A iniciativa de promover o Manancial é da declamadora Silvana Andrade, apoiada pela Associação Gaúcha de Tradição Portonense e, de forma mais efetiva, pela Prefeitura de Portão, através de sua  Diretoria de Cultura, liderada pelo poeta e trovador Celso Oliveira.  
Haverá de ser uma noite especial, que enaltecerá a cultura gaúcha e o universo poético rio-grandense, uma vez que subirão ao palco do festival, alguns mais competentes declamadores do RS, tais como: Antônio Barbosa, Érico Padilha, Francisco Azambuja, Kassiana Oliveira, Neiton Peruffo, Paula Stringhi, Pedro Júnior da Fontoura, Romeu Weber, Silvana Giovanini, Valdemar Camargo e Wilson Araújo. 
O 1º Manancial da Poesia Gaúcha inicia as 19 horas, tendo por cenário o Centro de Eventos, Cultura e Lazer  da cidade de Portão.   A entrada é franca. 




O "ARGUMENTO" DE ALEX HAR


O cantor e compositor Alex Harde Santana do Livramento, apresenta ao grande público, o seu primeiro disco solo, denominado Argumento. O trabalho, em formato de EP musical, possui cinco canções. Foi produzido em parceria com o poeta Anomar Danúbio Vieira e conta com a participação especial de Joca Martins.

Alex Har tem onze anos de carreira musical, período em que teve participações destacadas em conhecidos álbuns e projetos que falam do cancioneiro gaúcho, nos quais formou parcerias musicais com grandes intérpretes do nativismo. 
Alex acumula participações e premiações em inúmeros festivais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.
Recentemente, o artista foi agraciado com o Troféu Destaques dos Festivais, por ter sido o Intérprete Com Mais Vitórias nos festivais nativistas de 2018.

Mais informações sobre o lançamento:

Contatos:
(55) 3242-1127 / (55) 99985-2920

Fotos: Rafael Caggiani

17º JOÃOZINHO DA PONTE - CONCORRENTES

Foram definidos os concorrentes do festival Joãozinho da Ponte, cuja 17ª edição acontecerá nos dias 03, 04 e 05 de maio, na cidade de São Gabriel.


1º CANTO PRAIANO - MÚSICAS CLASSIFICADAS

Músicas classificadas para o 1° Canto Praiano da Canção Nativa, festival que acontecerá nos dias 29 e 30 de Abril, em São José/SC,  junto à programação Artística do 47° Rodeio Nacional e do 15 ° Rodeio Internacional do CTG Os Praianos.

segunda-feira, 22 de abril de 2019

FESTIVAL DA BARRANCA - RESULTADO

Mario Canelas entrega o troféu aos vencedores da 48ª Barranca.
O Festival da Barranca acontece desde 1971, sempre no período da Páscoa.
Às margens do rio Uruguai, no interior de São Borja, um grupo de aproximadamente 200 pessoas, a maioria delas ligadas ao universo poético musical rio-grandense, se reúne para, entre outras coisas, formar parcerias com o intuito de compor canções inéditas sobre um tema estabelecido pela comissão organizadora. O referido tema é divulgado na Sexta-feira Santa e as músicas são apresentadas na noite de sábado.  
Para esta 48ª Edição do Festival da Barranca, realizada de 25 a 27 de abril, o tema escolhido foi “Abraço”.
Para as premiações “pitorescas” estabelecidas na Barranca, os agraciados são os seguintes:
Canção Inédita (Troféu Aparício Silva Rillo):
Primeiro Lugar:  Num Abraço de Cordeona"
Gênero: Vaneira Missioneira
Letra: Diego Muller
Melodia:  Desidério Souza/João Malheiros
Interpretação:  Desidério Souza e João Malheiros
Músicos: 
Desidério Souza - Cordeona de Oito Baixos
João Malheiros - Violão Base
Nêgo Dorival - Violão Solo 
Farelo Lima - Percussão

Segundo Lugar:  Juntos
Gênero:  Milonga
Letra: Ciro Ferreira/Lucas Ferrera
Melodia: Ciro Ferreira/Lucas Ferrera
Interpretação:  Ciro Ferreira e Lucas Ferrera
Músicos:
Ciro Ferreira -  Violão Base
Lucas Ferrera - Violão Solo

Terceiro Lugar:    O Sorriso e o Abraço
Letra: Silvio Genro/Dilson Weber
Melodia: Flávio Sartori
Interpretação: Alencar Di Cáprio
Músicos: A Turma da Celva
Marcos Robalo - Gaita Piano
Flávio Saldanha - Violão Base
Guilherme Castilhos - Violão Solo
Marinho Pinto - Percussão
Silvio Genro - Vocal

Troféu Quá-Quá (Música Jocosa)
Primeiro Lugar:   Quem Cagô
Autor: Gustavo Brodinho
Interpretação: Gustavo Brodinho e Turma do Ônibus de Porto Alegre

Segundo Lugar:  Maçambará
Autor: Pirisca Grecco
Interpretação: Pirisca Grecco e Turma do Ônibus de Porto Alegre

Melhor Poema:   No Leito da Comunhão 
Autores: Alex Portela/Alexandre Bernardes/Francisco Walter/Angelo Franco

Cigarra do Acampamento (que canta durante mais tempo): Sérgio Rojas
Comendador da Borracheira:    Felipe Totti

Fontes:  Diego Muller  e Glei Soares

domingo, 14 de abril de 2019

34º CARIJO - CLASSIFICADAS

Em primeira mão, publicamos as músicas classificadas para o 34º Carijo da Canção Gaúcha,  que acontecerá de 23 a 26 de maio, em Palmeira das Missões. 


2ª ESQUILA E VINDIMA CONFIRMADA PARA NOVEMBRO


O CTG Rodeio de Encruzilhada tem a satisfação de informar a comunidade nativista do Rio Grande do Sul, que está confirmada a realização da 2ª Esquila e Vindima do Canto Gaúcho.
Haverá, como na edição anterior, uma fase regional, como forma de oferecer oportunidade e visibilidade aos artistas locais.
O regulamento será divulgado em breve, trazendo todos as informações sobre o festival.
A comissão avaliadora também já está definida e será constituída por por João Bosco Ayala, Vaine Darde e Vinícius Brum.
Serão 3 dias de muita música e cultura gaúcha na sede da entidade.
As 16 canções concorrentes serão apresentadas de acordo com o seguinte cronograma:
Sexta-feira: 8 músicas concorrentes
Sábado: 8 músicas concorrentes
Domingo: Ás 16 músicas retornam ao palco do festival na condição de finalistas.
Os vencedores serão conhecidos pela média das notas auferidas nas 2 apresentações.
Além das 16 músicas concorrentes, o público poderá apreciar dois espetáculos com artistas de Encruzilhada e mais três shows com nomes consagrados da música regional gaúcha.
A entrada será gratuita, gerando assim a possibilidade da presença de um número maior de apreciadores da boa música gaúcha.

terça-feira, 9 de abril de 2019

28ª TAFONA - INSCRIÇÕES ABERTAS



A prefeitura de Osório, através da Assessoria Municipal de Cultura, anunciou na tarde desta terça-feira, 09 de abril, que realizará a 28ª Tafona da Canção Nativa, nos dias 23 e 24 de maioa partir das 20 horas, no Anfiteatro do Parque de Rodeios e Eventos Jorge Doriva, localizado na RS 030 em Osório.
A seguir, veiculamos os principais pontos do Regulamento do Festival. Confiram. 

REGULAMENTO - 28ª TAFONA
  • A Administração Municipal de Osório, através da Secretaria de Desenvolvimento, Planejamento e Turismo e Assessoria Municipal de Cultura, promove a 28ª Tafona da Canção Nativa, festival de canções inéditas, com o objetivo de valorizar a música em todas as linhas com ênfase nos gêneros de Manifestação Rio-grandense e Litorânea Gaúcha. A promoção visa à integração entre compositores, intérpretes e músicos em âmbito nacional.
  • Na Linha Rio-grandense, as composições devem enfocar usos, costumes e as lides campeiras do Rio Grande do Sul, representando as origens culturais gaúchas, tanto na letra, como na melodia e nos instrumentos musicais utilizados.
  • Na Linha Litorânea, o autor deve abordar, obrigatoriamente, na letra e melodia, aspectos identificados à cultura do Litoral Norte do RS, seja por sua história, seu folclore, sua musicalidade ou aos usos e costumes.
  • Os autores deverão indicar na Ficha de Inscrição a linha na qual pretendem ver sua obra concorrendo. Caso não o façam, a Comissão Avaliadora tem total liberdade para enquadrá-la na mais apropriada dentre as duas Linhas previstas neste regulamento.
  • A Comissão Avaliadora selecionará doze (12) músicas para Fase Nacional, cujas apresentações acontecem no dia 23 de maio de 2019 (Quinta-feira). 
  • Na mesma ocasiãotambém concorrerão, em igualdade de condições com as demais, as duas (02) canções definidas na Tafoninha 2018 (fase regional do festival), realizada em setembro/2018.
  • Deste universo classificatório, serão destacadas dez (10) canções finalistas, para serem reapresentadas na noite de sexta-feira, 24 de maio de 2019.
  • As composições classificadas para a Fase nacional receberão como prêmio pela classificação na triagem do festival, o valor de RS 3.000,00 (três mil reais) com incidência dos respectivos impostos.
  • O prazo para inscrições encerra-se no dia 02 de maio de 2019.
  • As inscrições poderão ser enviadas para o endereço eletrônico tafona.festival@gmail.com.  Poderão ainda, ser entregues fisicamente ou via correios, para: Assessoria Municipal de Cultura, Centro Cultural José do Patrocínio - Rua Barão do Triunfo, 1278 - CEP: 95520.000 - Osório/RS
  • Cada concorrente poderá inscrever até três (03) músicas em seu nome ou parceria. Na triagem, somente duas composições por autor poderão ser classificadas.
  • A etapa classificatória, com 14 canções, acontecerá na noite de 23 de maio, quinta-feira, e as dez finalistas, retornam ao palco na noite de 24 de maio. 
  • O mesmo grupo, músico ou interprete não poderá defender mais de duas músicas durante o festival.
  • A comissão de triagem e julgamento apontará as vencedoras que receberão a seguinte premiação:
Primeiro Lugar:RS  5.000,00 e troféu Carlos Catuípe;
Segundo Lugar: RS  3.000,00 e troféu Carlos Catuípe;
Melhor Tema Litorâneo: R$ 800,00 e troféu Ivo Ladislau
Melhor Tema Campeiro: R$ 800,00 e troféu Estância da serra
Melhor Interprete: RS 800,00 e troféu Cantadores do Litoral
Melhor Instrumentista: RS 800,00 e  troféu Sebastião Teixeira
Música Mais Popular: RS 800,00 e troféu Mestre Gica.

Mais informações serão prestadas aos interessados no horário das 8h às 11h30m e da 13h30m às 17h, na Assessoria Municipal da Cultura - Centro Cultural José do Patrocínio – Rua Barão do Triunfo, 1278 - CEP 95520-000 – Centro - Osório/RS, telefone (51) 3601-2179, ou através do endereço eletrônico tafona.festival@gmail.com

FICHA DE INSCRIÇÃO
Nome da Composição:___________________________________
Gênero Musical: _____________________
( ) Litorânea Gaúcha          ( ) Manifestação Riograndense
Autor (es) da Letra: ____________________________________
Endereço: _____________________________________________
Fone: _____________Cidade/UF:___________ CEP:­­_________
RG: ____________ CPF: _________________PIS:___________
Autor (es) da Melodia: __________________________________
Endereço: _____________________________________________
Fone: __________ cidade/UF:______________CEP: _________
RG: ______________CPF: ______________ PIS: ____________
Em caso de classificação, a composição será defendida no palco da 28ª Tafona da Canção Nativa por:
_______________________________________________________

INFORMAR O NOME DA PESSOA AUTORIZADA A RECEBER OS PRÊMIOS DE PARTICIPAÇÃO. RESSALTAMOS QUE A MESMA DEVERÁ ESTAR PRESENTE 
NA 28ª TAFONA.
Nome: ________________________________________________
Endereço: _____________________________________________
Fone: ____________Cidade/UF: ___________CEP: ____________
RG: ______________CPF: ____________PIS: _______________
AUTORIZAÇÃO: Autorizamos a Comissão Organizadora da 28ª Tafona da Canção Nativa a promover a gravação em CD e/ou DVD com conteúdo exclusivo do festival, reservando-se, contudo, os direitos autorais, conforme prevê a lei.
DECLARAÇÃO: Declaro (amos) que as informações dadas nesta ficha são verdadeiras e que, ao assiná-la estou(amos) aceitando as condições de participação/concorrência proposta no regulamento de 28ª Tafona da Canção Nativa.
                                                                                                                             _____________________, _____ de _________________de 2019.

Autor da Letra                              Autor da Melodia


33ª MOENDA - INSCRIÇÕES ATÉ 02 DE JUNHO


Já está aberto o período para inscrições à 33ª Moenda da Canção e para a 9ª Moenda Instrumental.  
Os festivais acontecem nos dias 16, 17 e 18 de agosto 2019, no Ginásio Municipal de Santo Antônio da Patrulha.
A data limite para o envio de inscrições será 02 de junho de 2019, impreterivelmente.


A inscrição de cada composição deverá ser realizada diretamente no endereço eletrônico
moendadacancao33@gmail.com,acompanhada da letra (quando houver), do arquivo de áudio em formato “mp3” e  da ficha de inscrição que se encontra disponível no site www.moendadacancao.com.br

A triagem acontecerá de 28 a 30 de junho de 2019, quando serão selecionadas 16 (dezesseis) composições com letra e melodia e 4 (quatro) composições instrumentais para participarem do Festival.  Deste universo, os jurados destacarão 10 (dez) composições com letra e 02 (duas) instrumentais para a noite final e para comporem o CD e o DVD do Festival.
Serão jurados da 33ª Moenda da Canção e 9ª Moenda Instrumental:
André Salazar, Evair Gomez, Jean Kirchoff, Juliana Spavanello e Willian Varela.

Cada uma das composições concorrentes receberá uma Ajuda de Custo no valor R$ 2.000,00, menos os descontos relativos ao Imposto de Renda e ao INSS.

A 33ª Moenda oferece a seguinte premiação:
Primeiro Lugar: R$ 4.000,00 e Troféu Cantador
Segundo Lugar: R$ 1.000,00 e Troféu Cantador
Terceiro Lugar: Troféu Cantador
Melhor Arranjo: Troféu Paulino Mathias
Melhor Melodia: Troféu Demétrio Machado Ramos
Melhor Instrumentista: Troféu Eliseu de Venuto
Melhor Intérprete: Troféu Penduca
Melhor Letra: Troféu Jarcy Cândido dos Reis
Melhor Música do Festival (opinião do público): Troféu Francisco Carlos Gomes Salazar


Premiação da 9ª Moenda Instrumental:
Primeiro Lugar: R$ 2.000,00 e Troféu Geraldo Flach
Melhor Instrumentista: Troféu Neri Caveira
Melhor Arranjo: Troféu Djalmo Martins de Oliveira

17º JOÃOZINHO DA PONTE - INSCRIÇÕES ABERTAS


O 17º Canto a Dom João Luiz Pinto dos Santos – Joãozinho da Ponte, tem como um dos objetivos, incentivar a criatividade artística de compositores e intérpretes com letras e músicas ligadas a temática gauchesca, com destaque para a linha campeira. 
O festival acontecerá entre os dias 3 e 5 de maio, no PTG Novo Grito, em São Gabriel/RS.
As inscrições podem ser encaminhadas para e-mail festivaljoaozinhoponte@hotmail.com  até o dia 21 de abril de 2019. 

Na Ficha de Inscrição deverá constar o nome da composição, os nomes dos autores, o ritmo e 07 cópias digitadas de cada letra. A divulgação das classificadas acontecerá no dia 24. 
As composições deverão ser inéditas e cada compositor poderá inscrever quantas composições achar necessário (de sua autoria ou parceria), mas poderá classificar somente uma.

Serão selecionadas 20 composições que apresentar-se-ão na primeira noite, das quais, 12 retornarão ao palco na condição de finalistas. Estas músicas farão parte do DVD do Festival.
Paralelamente ao festival, acontecerá a 13ª edição do Joãozinho Mirim.
O festival Joãozinho Mirim será só de interpretação, com livre escolha da composição pelo concorrente, desde que esteja dentro do objetivo do festival.

Serão sete categorias no total: dente de leite, de até seis anos; pré-mirim, de seis a 10 anos; e mirim, de 10 a 14 anos.
O prazo para inscrições ao 13º Joãozinho Mirim, se encerra no dia 30 de abril, com divulgação dos concorrentes no dia 3 de maio.

quinta-feira, 4 de abril de 2019

REPONTE DA CANÇÃO SÓ EM 2020.

Recebemos e transcrevemos abaixo, a mensagem via e-mail, enviada pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura de São Lourenço do Sul, informando sobre a não realização do Reponte da canção em 2019.
Acompanhem.

Bom dia Jairo,
Solicitamos que seja corrigida a data do Reponte da Canção em seu blog, pois o festival não será realizado em 2019. O Reponte passou a ser bienal e, como foi realizado em 2018, volta a ocorrer em 2020, ainda sem data exata confirmada.

Desde já agradecemos.