13 de julho de 2018

32ª MOENDA - ALTERAÇÃO NAS CONCORRENTES

Por solicitação dos próprios autores, Vinícius Brum e Luiz Carlos Borges, a música "Cartas", foi excluída da relação das concorrentes na 32ª Moenda da Canção, de Santo Antônio da Patrulha.
No lugar da obra excluída, foi convocada a primeira suplente "A  Lenda da Lagoa", de autoria de Paulo Ricardo Costa.

Diante dessa ocorrência, a relação das músicas classificadas para a 32ª Moenda ficou assim composta:

1. A Ciranda e o Mar
Autoras: Iara Germer/Natalia Livramento
2. A Lenda da Lagoa
Autor: Paulo Ricardo Costa
3. A Mais Bela Arte
Autores: Leo Jaime/Tuny Brum
4. A Vida Num Fim de Tarde
Autores: Túlio Souza/Tuny Brum
5. Abandonada
Autores: Paola Kirst/Neuro Júnior
6. Adeus Ciclano
Autores: Gujo Teixeira/Evair Gomez/Juliano Gomes
7. Alma Sachera
Autores: Jorge Webber/Miguel Dario Diaz
8. Brasil dos Invisíveis
Autores: Martin César/Zebeto Corrêa
9. Caiçara
Autores: Vaine Darde/Loreno Santos
10. Canto de Abayomi
Autores: Paulo Fleck/Andrigo Xavier
11. Mordaças
Autores: Vaine Darde/Adriano Sperandir
12. Pescadô
Autores: Marcelo Bravo/Paulo Cezar Oliveira/Kako Xavier
13. Pra Saber de Ti
Autor: Maurício Barcellos
14. Reza Rezadeira
Autores: Gonzaga Blantez/Eduardo Santhana
15. Transbordar
Autores: Vê Domingos/Bruno Kohl
16. Uai Faz, Wifi!
Autores: Zebeto Corrêa/Tavinho Limma 

12 de julho de 2018

16º SINUELO - INSCRIÇÕES ABERTAS



O Sinuelo da Canção Nativa - 16º Aparte, acontecerá nos dia 01 e 02 de setembro de 2018, no Ginásio Nery Bueno, na cidade de São Sepé .
As inscrições podem ser enviada até 27/07/2018, para o endereço eletrônico jesproarte@hotmail.com
Serão classificadas 12 músicas para a Fase Estadual e 06 músicas para a Fase Regional.
Os autores das obras classificadas para a Fase Estadual receberão um prêmio por classificação no valor de R$ 1.900,00 e os da Fase Regional, receberão um prêmio no valor de R$ 1.000,00.
Os destaques do 16º Sinuelo receberão a seguinte premiação:
Primeiro Lugar:  R$ 4.000,00 + Troféu
Segundo Lugar:  R$  3.000,00 + Troféu
Terceiro Lugar:  R$ 2.000,00 + Troféu
Mais Popular:  R$ 1.000,00 + Troféu
Melhor Letra: R$ 500,00 + Troféu
Melhor Melodia: R$ 500,00 + Troféu
Melhor Intérprete: R$ 300,00 + Troféu
Melhor Instrumentista:  R$ 300,00 + Troféu
Primeiro Lugar Fase Regional:   R$  1.000,00 + Troféu
Segundo Lugar Fase Regional:  R$ 500,00 + Troféu

Informações:  jesproarte@hotmail.com

10º CANTO FARROUPILHA - INSCRIÇÕES ABERTAS


O 10º Canto Farroupilha e o 4º Cantinho Farroupilha, acontecerão nos dias 07 e 08 de setembro de 2018, no CTG Farroupilha, em Alegrete

As inscrições devem ser encaminhadas até 01 de Agosto de 2018, através do endereço eletrônico:

Para o 10º Canto Farroupilha, serão selecionadas 12 canções, sendo 04 para a Fase Local e 08 para a Fase Estadual, as quais deverão se apresentar nas noites de 07 e 08 de setembro.  Todas as concorrentes farão parte do o CD oficial do festival.
As oito músicas selecionadas para a Fase Estadual receberão a título de Direitos Autorais e Artísticos, a importância de R$ 2.000,00 (dois mil reais) por música.
As quatro músicas selecionadas para a Fase Local receberão a título de Direitos Autorais e Artísticos, a importância de R$ 1.000,00 (mil reais) por música.

Os destaques do 10º Canto Farroupilha, receberão a seguinte premiação:
Primeiro Lugar:     Troféu + R$$ 2.000,00 (dois mil reais).
Segundo Lugar:    Troféu + R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais).
Terceiro Lugar:     Troféu + R$ 1.000,00 (mil reais).
Melhor instrumentista:  Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Melhor intérprete:         Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Música mais popular:   Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Melhor poesia:             Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Melhor melodia:           Troféu+ R$ 200,00 (duzentos reais).

A comissão avaliadora do 10º Canto Farroupilha estará formada por:
Ângelo Franco, Cristian Camargo, Ita Cunha, Miguel Bicca, Paulo Garcia.

Informações podem ser obtidas por meio dos seguintes telefones:
(55) 999.940.430   -  Roberto Silveira
(55) 999.920.919   -  Cristiano Fantinel
ou pelo email:  cantofarroupilhadealegrete@gmail.com

10 de julho de 2018

11º CANTO NATIVO - CONCORRENTES

A Comissão organizadora da 11ª edição do Canto Nativo, tem o prazer de divulgar as obras classificadas para o festival que acontecerá nos dias 17 e 18 de agosto, no Parque de Exposições do Sindicato Rural de Santo Augusto.
A triagem das obras inscritas ocorreu nos dias 05, 06, 07 e 08 de julho, nas dependências do Sindicato Rural de Santo Augusto. 
Subirão ao palco do 11º Canto Nativo, as seguintes canções:



9 de julho de 2018

8º CAMPO A FORA - INSCRIÇÕES ABERTAS

O 8º Festival Campo a Fora, está confirmado para acontecer no dia 08 de setembro de 2018, no galpão do CTG Coxilha de Ronda, em Santiago. As inscrições devem ser encaminhadas até 16/08/2018. 
Os interessados deverão enviar ficha de inscrição, cópia da letra e arquivo de áudio para o endereço eletrônico festivalcampoafora@gmail.com.

Mais informações podem ser obtidas através dos telefones: 
(55) 999.514.867 -  Felipe Machado
(55) 999.462.128 - Uiliam Machado
(55) 996.034.710 - Roger Antochieviez
(55) 999.154.110 - Fernando Lorenzini
ou acessando a página do festival no Facebook:  facebook.com/festivalcampoafora   




  

6 de julho de 2018

7ª TERTÚLIA MAÇÔNICA - CONCORRENTES

Foram definidos os poemas concorrentes na 7ª Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula, festival promovido pelo Piquete Fraternidade Gaúcha, da Maçonaria do Rio Grande do Sul.
O festival acontecerá no dia 11 de agosto, no Teatro do Sesc, em Porto Alegre, oportunidade em que subirão ao palco os seguintes versos:

CATEGORIA MAÇÔNICA 
1. Para Ser Maçom 
Autores: Rafael Paulo/Hermeto Silva  
2. A Banhadora de Sapos, Torturadora de Grilos.
Autor: Carlos Omar Villela Gomes
3. Peregrino dos Quatro Elementos
Autor: Moisés Silveira de Menezes
4. Quando o Verso Ganha Asas.
Autor: Carlinhos Lima
5. Irmandade
Autor: Mario Amaral  

CATEGORIA NÃO MAÇÔNICA
1. Os Versos Que Eu Extraviei
Autor: Marcelo D'ávila
2. Pingo de Corredor
Autor: Matheus Costa
3. Destas Heranças de Campo
Autor: João Antônio Marin
4. Romance de Estrada e Estância
Autores: Vítor Ribeiro/Rosa Linn
5. O Roubo de Santo Antônio
Autora: Joseti Gomes

Fonte: Blog do Léo Ribeiro

4 de julho de 2018

FESTIVAIS COM INSCRIÇÕES ABERTAS


EDILBERTO BÉRGAMO: PROVINCIANO


"Eu sou Provinciano".     Este é o nome da música de trabalho do novo disco do gaiteiro e cantor Edilberto Bérgamo.  A música tem letra de Gujo Teixeira e a melodia é uma parceria de Edilberto com André Teixeira!  

“Eu Sou Provinciano” faz parte do CD “Coração de Cordeona”, um trabalho que será lançado ainda este ano, para comemorar os 30 anos de carreira do gaiteiro.  O disco traz músicas inéditas - instrumentais e cantadas.  

Edilberto Bérgamo retorna a carreira solo, agora como gaiteiro e cantador, como gosta de ser chamado:

- “Canto as coisas do pago, com meu jeito simples, puro e verdadeiro”.  

A música “Eu Sou Provinciano” será lançada nesta quinta-feira, 5 de julho, nas principais plataformas digitais!  

Vale a pena conferir.

2 de julho de 2018

7º MANANCIAL - ARTIGO 19º FOI DESRESPEITADO ?

Kauanny Klein e Grupo Herança Missioneira: 7 integrantes no palco.
Recebemos manifestações de diversos participantes do 7º Manancial Missioneiro da Canção, nos alertando para a limitação imposta pelo artigo 19º do Regulamento do festival, que diz:   Art. 19º. Os grupos musicais deverão ter no máximo, 6 (seis) integrantes.  

No entanto, visualizando a imagem acima, do grupo vencedor se apresentando no festival, fica fácil perceber que haviam 7 (sete) integrantes no palco. Esta constatação está gerando protestos generalizados no meio festivaleiro.

É importante deixarmos claro que o blog Ronda dos Festivais e seu administrador Jairo Reis, não tem absolutamente nada contra a ACB, entidade organizadora do evento, muito menos em demérito ao grupo formado por estas jovens missioneiras. Na verdade, somos admiradores dos seus talentos desde as primeiras edições do Canto Piá Missioneiro, de Santo Ângelo.

É imperioso salientarmos que a cantora e compositora Kauanny Klein, autora da obra DE ROSAS, MARIAS E ANITAS, não tem culpa nenhuma neste episódio. Ele merece sim, os nosso cumprimentos, pela brilhante vitória e pelos prêmios de Melhor Letra, Melhor Instrumentista e Música Mais Popular do 7º Manancial. 

Por fim, resta-nos dizer que o papel do blog Ronda dos Festivais é informar a opinião pública sobre o que acontece nos festivais, portanto, não poderíamos nos omitir diante desta ocorrência, que certamente será bem explicada pela comissão Organizadora do Manancial.

1 de julho de 2018

32ª MOENDA - MÚSICAS CONCORRENTES


As comissões organizadora e julgadora da 32ª Moenda da Canção, realizaram, na sexta-feira, 30/06 e no sábado 1º/07, a triagem das obras inscritas para o festival, que acontecerá no mês de agosto, em Santo Antônio da Patrulha.
Confiram quais músicas subirão ao palco deste grande festival: 
32ª MOENDA DA CANÇÃO
1. A Mais Bela Arte 
Autores: Leo Jaime/Tuny Brum 
2. A Vida Num Fim De Tarde
Autores: Túlio Souza/Tuny Brum 
3. Abandonada 
Autores: Paola Kirst/Neuro Júnior 
4. Adeus Ciclano 
Autores: Gujo Teixeira/ Evair Gomez/Juliano Gomes
5. Alma Sachera 
Autores: Jorge Duarte Webber/Miguel Dario Diaz
6. Brasil dos Invisíveis
Autores; Martim César Gonçalves/Zebeto Corrêa 
7. Caiçara
Autores: Vaine Darde/Loreno Santos 
8. Canto de Abayomi 
Autores: Paulo Fleck/Andrigo Xavier
9. Cartas 
Autores: Vinícius Brum/Luiz Carlos Borges
10. Mordaças 
Autores: Vaine Darde/Adriano Sperandir 
11. Pescadô 
Autores: Marcelo Bravo/Paulo Cezar Oliveira/Kako Xavier 
12. Pra Saber De Ti
Autor: Maurício Barcellos 
13. Reza Rezadeira 
Autores: Gonzaga Blantez/Eduardo Santhana
14. Transbordar
Autores: Vê Domingos/Bruno Kohl 
15. Uai Faz, Wifi! 
Autores: Zebeto Corrêa/Tavinho Limma 

8ª MOENDA INSTRUMENTAL:
1. Doce no Formigueiro 
Autor: Elias Barboza 
2. Lançando a Isca 
Autor: Elias Barboza 
3. Pampeano 
Autor: Matheus Alves 
4. Pampiano 
Autor: Cristian Sperandir 

7º MANANCIAL MISSIONEIRO - RESULTADO


Kauanny Klein, ao centro, foi o grande destaque do 7º Manancial
Aconteceu nos dias 28, 29 e 30 de junho, o 7º Manancial Missioneiro da Canção na cidade de Bossoroca.   O resultado oficial ainda não foi divulgado pela comissão organizadora do festival, portanto, publicamos o resultado baseado nas nossas pesquisas nas redes sociais.


Primeiro Lugar: DE ROSAS, MARIAS E ANITAS
Gênero: Chacarera
Letra: Kauanny Klein
Melodia: Kauanny Klein
Interpretação: Kauanny Klein
Segundo Lugar:   QUANDO O FRIO DA ALMA RESFRIA A GENTE
Gênero: Canção
Letra: João Antunes
Melodia:  André Canterle
Interpretação: André Canterle

Terceiro Lugar: O INTERIOR QUE HÁ EM MIM
Gênero: Milonga
Letra: Luis Rosado
Melodia: Leonardo Charrua
Interpretação: Leonardo Charrua

Destaque Intérprete: André Canterle -  uando o Frio da Alma Resfria a Gente
Destaques Instrumentista: Letusa Moraes (Gaita Botoneira) – De Rosas, Marias e Anitas
Destaque Letrista/Poeta: Kauanny Klein - De Rosa Marias e Anitas 
Mais Popular: De Rosas, Marias e Anitas 
Letra: Kauanny Klein
Melodia: Kauanny Klein
Interpretação: Kauanny Klein

29 de junho de 2018

OR TROPEIROS - O COMEÇO DO NATIVISO


Interessante narrativa sobre os primórdios da música regional gaúcha, disponibilizada pelo compositor e radialista Jaime Ribeiro, cujo teor reproduzimos a partir de agora. 

Voltamos a história de “Os Tropeiros”
(Daniel Fanti)


Uma vez consolidado o conjunto musical, sem nome de batismo, semanalmente se apresentava na Rádio Charrua, com grande sucesso, dentro da programação do Sinuelo do Pago. A partir da inclusão das duas prendas, Rosa Maria e Diná, é que veio a denominação completa e definitiva: Conjunto Vocal e Tradicionalista “Os Tropeiros”.
As cinco vozes se entrosavam: o repertório foi crescendo;
João Batista Machado transmitia a alma campeira com sua cordeona em cada execução; Mozar Dornelles e Adão Knelmo Alves emprestavam o som das guitarras, num profundo sentimento da música da querência, complementados pelas vozes femininas de Rosa Maria e Diná Machado, num arranjo ritmado do som de esporas.
No jornal “A Platéia” de Livramento e com circulação nesta cidade, comentava a professora Cely Lisboa, em sua coluna “Na Passarela dos Pampas”: “O CTG Sinuelo do Pago, sob a orientação do patrão Luiz Stabile e João Rodrigues, num gesto simpático de cordialidade, prestou significativa homenagem, apresentando “Os Tropeiros”, o quinteto formidável que já vem tendo repercussão mesmo fora dos pagos. Entre os números constam “Roda Carreta”, harmonização perfeita pela interpretação desses jovens”. “Os Tropeiros” passam a ser reconhecidos como o primeiro grupo musical de canções nativas de Uruguaiana.
Certo dia, um funcionário da Gravadora Continental, que andou por esses pagos, impressionou-se com a harmonia e segurança do grupo. Gravou numa fita, algumas músicas e viajou para São Paulo para mostrar ao chefe da gravadora, o que ele descobrira em Uruguaiana. Noutra coluna do jornal da cidade, “Disco..Mentando” dizia: “O Conjunto “Os Tropeiros”, que orgulha os uruguaianenses, estava um pouco parado. Motivo: luto e doença.  Agora, é com satisfação que recebi a alegre notícia de que os “Tropeiros” voltam a ensaiar e com grande afinco. Motivo: chegou a proposta de duas gravadoras, são elas: a CONTINENTAL e TODA AMÉRICA.  Por outro lado informo que o diretor do conjunto, o amigo João Machado, estará avionando para Porto Alegre, para acertar o contrato com uma das companhias gravadoras. Desejamos, êxito e grande sucesso”.
Começa o grupo a sonhar mais alto, na eminência e perspectiva de gravar um disco. Nunca antes alguém, nesta cidade, teria gravado um disco, era um pioneirismo sem tamanho, uma pretensão difícil, mas não impossível, precisariam ir a São Paulo.
Começa a mobilização em busca de recursos e de apoio.
Em 1º de janeiro de 1960, Mário Pinto envia ofício ao dr. Adhemar de Barros, prefeito de São Paulo, correligionário de partido político do PSP, que desse o necessário apoio ao conjunto Regionalista “Os Tropeiros”, grupo artístico de sua rádio, que iriam gravar um disco. Em 1º de novembro de 1960, o grupo recebe uma missiva do sr. Mário Duarte, do Departamento de Repertório das “Gravações Elétricas S. A., de São Paulo, dizendo: “De acordo com o combinado com o nosso representante em Porto Alegre, ficou estabelecido de gravarmos um disco de 45 rpm. Para cuja gravação, pedimos nos comunicar as datas em que estão disponíveis”.

16 de junho de 2018

38ª COXILHA NATIVISTA DEFINE CONCORRENTES


Após três dias de triagem dos trabalhos inscritos  na 38ª Coxilha Nativista, a comissão avaliadora formada por Edilberto BérgamoFabiano Fogaça, Márcio Rosado, Rogério Villagran e Shana Müller, definiu as composições das Fases Local e Geral do festival.  Em paralelo, os jurados Andrea Rosa, Maninho Pinheiro, Pirisca Grecco e Sandro Cartier, realizaram a triagem das categorias Piá e Piá Taludo.
Ao total, 974 composições passaram pelas oitivas. 
Confiram os concorrentes na Coxilha 38:

FASE LOCAL
Quarta-Feira 25.07.2018
1. Dando Rédea ao Coração
Gênero: Chamarra
Letra: Marçal Furian
Melodia: Edu Novakoski
2. Postais
Gênero: Milonga
Letra: Shaka Guerreiro
Melodia: Shaka Guerreiro
3. Pra Endurar a Rapadura
Gênero: Xote
Letra: Diogenes Lopes
Melodia: Guaikika/Rafael Teloken
4. Açude, Essência e Saudade
Gênero: Milonga
Letra: Volmar Camargo
Melodia: Sinval Araújo
5. Vanera Rural
Gênero: Vaneira
Letra: Luciano Ferrera
Melodia: Rodrigo Martins/Luciano Ferrera
6. Guardiões da História
Gênero: Milonga
Letra: Rômulo Cordova
Melodia: Cesar Gomes
7. Meu Coração em Teu Peito
Gênero: Chamarra
Letra: Marçal Furian
Melodia: Diego Guterres
8. O Legado dos Galpões
Gênero: Milonga
Letra: Luiz Onério Pereira
Melodia: Fernando Soares
9. Rancheira de Domador
Gênero: Rancheira
Letra: Felipe Correa
Melodia: Felipe Correa
10. Das Crioulas Formaturas
Gênero: Chamarra
Letra: Fernando Ferreira/Leandro Ribeiro
Melodia: Edu Novakoski

FASE GERAL
Quinta-Feira 26.07.2018
1. Sobre O Junco das Basteiras
Gênero: Milonga
Letra: André Oliveira
Melodia: Diego Vivian
2. Mais Uma Lida
Gênero: Chamamé
Letra: Fernando da Silva
Melodia: Volmir Coelho
3. Boinita
Gênero: Chamarra
Letra: Eduardo Munhoz/Helvio Casalinho
Melodia: Joca Martins
4. Daquele Morim Chitado
Gênero: Milonga
Letra: Diego Müller/Leonardo Borges
Melodia: Felipe Barreto
5. Por Trás Destas Portas
Gênero: Valsa
Letra: Martim César
Melodia: Chico Saratt
6. Rincão
Gênero: Milonga
Letra: Lisandro Amaral
Melodia: Alex Har
7. Cuidador de Campo
Gênero: Milonga
Letra: Osmar Proença
Melodia: André Teixeira
8. Rosa de Pedra
Gênero: Chamamé
Letra: Adriano Alves
Melodia: Cristian Camargo
9. Meu Sonho Nos Teus Caminhos
Gênero: Milonga
Letra: Francisco Brasil
Melodia: Vitor Amorim
10. Que Pegada
Gênero: Chamarra
Letra: Anomar Danubio Vieira
Melodia: Carlos Madruga

Sexta-Feira 27.07.2018
​1. Cordas
Gênero: Milonga
Letra: Evair Gomes
Melodia: Mauro Moraes
2. Continuidade
Gênero: Milonga
Letra: Rafael Machado
Melodia: Kiko Goulart
3. Nobre Cavaleiro Andante
Gênero: Milonga
Letra:  Carlos Eduardo Nunes
Melodia: Carlos Eduardo Nunes
4. Colorado de Mi Flor
Gênero: Chamarra
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Jairo Lambari Fernandes
5. Eu, Índio
Gênero: Canção
Letra: Xirú Antunes
Melodia: Fábio Peralta/Igor Mastroiano
6. Inventário de Campo
Gênero: Milonga
Letra: Juliano Santos/Michel Plautz
Melodia: Marcelinho Nunes
7. De Vuelta al Pueblo
Gênero: Chamamé
Letra: Nino Zannoni
Melodia: Miguel Tayara
8. Sombra Larga
Gênero: Milonga
Letra: Zeca Alves
Melodia: Adriano Gomes
9. Alma De Pedra
Gênero: Milonga
Letra: Loresoni Barbosa
Melodia: Gabriel Selvagem
10. A Décima
Gênero: Milonga
Letra: Sergio Carvalho Pereira
Melodia: Juliano Gomes

COXILHA PIÁ
1. Murilo Vargas -  Não Podemos Se Entrega Pros Home
​2. Amanda Lauxen - Pelo Amor De Uma Milonga
​3. Vitoria Heck - Clave de Lua
​4. Leonardo Schneider - Estancia Velha Sou Eu
​5. Anna Oderich - Estrela de Papel
​6. Julia Antonini - Lira da Vida
​7. Valentina Staggemeier - Retrato dos Meus Pelegos
8. Emanuelle Macuglia - Folha em Branco

COXILHA PIÁ TALUDO
1. Giovanna Cavalheiro - Cicatriz
​2. Marino Junior - Uma Milonga e Mais Nada
​3. Julia Almeida - O Perfume do Teu Poncho
​4. Laura Schu - Milonga de Dolores Pena
​5. Kassia Costa - Campo Negro
​6. Isabelle Mottini - Sangue
​7. Luiza Casanova - Trinca De Reis
​8. Letícia Roennau - Além De Todos Os Extremos


Coxilha Nativista ao vivo:
O blog Ronda dos Festivais, em parceria com a Planalto Transportes e o programa Do Litoral à Fronteira, vai oferecer àquelas pessoas que quiserem vivenciar as emoções da 38ª Coxilha Nativista, a possibilidade de assistirem a Grande Final, no dia 28 de julho, lá mesmo no Ginásio Municipal de Cruz Alta. 
Custo bem acessível. Ônibus semi-leito, confortável e com algumas mordomias
Em breve, mais informações, aqui no blog e nas redes sociais. 
Os interessados já podem fazer contato através do whats app (51) 996.062.839, ou deixando um comentário aqui na postagem.