35º CARIJO DA CANÇÃO GAÚCHA

domingo, 11 de outubro de 2020

OS DESTAQUES DA MOENDA

Grupo que defendeu a milonga "Do Amor", vencedora da 34ª Moenda.    

Já era madrugada de domingo, quando os apresentadores Analise Severo e Arli Correa anunciaram os destaques da 34ª Moenda da Canção e da 10ª Moenda Instrumental, festivais que aconteceram de 08 a 10 de outubro, na cidade de Santo Antônio da Patrulha.

A comissão avaliadora, formada por Clarissa Ferreira, Marcela Dávila, Marcelo Delacroix, Mathias Pinto e Odilon Ramos definiu a seguinte premiação: 

34ª MOENDA DA CANÇÃO:
Primeiro Lugar: DO AMOR
Letra: Edilberto Teixeira (in memorian)
Melodia: André Teixeira
Interpretação:  Fernanda Lopes e André Teixeira
Segundo Lugar: ACALANTO PRA NINAR GENTE GRANDE
Letra: Sérgio Rojas
Melodia: Diogo Barcelos
Interpretação: Sérgio Rojas
Terceiro Lugar: PASSAGEM
Letra: Carlos Medeiros/Paola Kirst/Pedro Borghetti
Melodia: Neuro Júnior
Interpretação:  Paola Kirst/Pedro Borghetti/Tamiris Duarte/Neuro Júnior
Melhor Intérprete: JULIANO BARRETO - Absurdo
Melhor Instrumentista: MATHEUS ALVES – Violão - A Estátua
Melhor Arranjo:  ABSURDO - Cristian Sperandir
Melhor Letra: MILONGA DIVERGENTE (De Ver Gente) - Guilherme Suman/Thiago Suman
Melhor Melodia: ACALANTO PRA NINAR GENTE GRANDE - Diogo Barcelos
Melhor Música do Festival – Opinião do Público: RESILIÊNCIA
Autor: Ronison Borba
Interpretação:  Fernando Graciola e Grupo

10ª MOENDA INSTRUMENTAL:
Primeiro Lugar: MAS AH, GAROTO!
Autor: Fernando Graciola
Interpretação: Fernando Graciola e Grupo
Melhor Instrumentista: PEDRO KALTBACH – Violino - Resiliência e Mas Ah, Garoto!
Melhor Arranjo: RESILIÊNCIA - Ronison Borba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica.
Grato e um baita abraço.