TOTAL DE ACESSOS

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

COOPERATIVISMO É DESTAQUE EM VENÂNCIO AIRES

Tchê Garotos promete grande espetáculo na noite de sábado, em Venâncio Aires
Na tarde deste 22 de novembro, Dia do Músico, começa a 12ª edição do Festival O Rio Grande Canta o Cooperativismo, reconhecido como um dos mais bem organizados festivais de música do Rio Grande do Sul, cujos respeito e atenção com os participantes tem sido uma de suas características mais efusivas.   
Outra peculiaridade do "Festival do Cooperativismo", como é carinhosamente chamado, é a sua itinerância.  A cada ano o evento é realizado numa cidade gaúcha. Em 2019 a estrutura do festival foi montada no Ginásio Poliesportivo do Parque do Chimarrão, situado no município de Venâncio Aires.
A exemplo das edições anteriores, a comissão organizadora estabeleceu um tema a ser explorado pelos autores concorrentes. Na 12ª edição, o conceito a ser abordado foi “Cooperativas por um trabalho digno", cujo teor reforça que as cooperativas são voltadas às pessoas, e que o seu controle democrático visa ao desenvolvimento humano e à justiça social no local de trabalho.

A programação do 12º Festival O rio Grande Canta o Cooperativismo incia as 14 horas desta sexta-feira, com a apresentação das 20 músicas classificadas.  Deste elenco de canções, a comissão avaliadora destacará 10 obras para retornarem ao palco do festival, na noite de sábado, na condição de finalistas.  Enquanto os jurados definem o resultado, o público poderá apreciar o espetáculo do grupo Tchê Garotos.
Todas as dez finalistas serão premiadas com troféu e uma importância em dinheiro.

A ordem de apresentação das 20 músicas concorrentes é a seguinte:

1.   DA TERRA E DA NOSSA GENTE
Ritmo: milonga
Letra: Valério Teixeira de Souza
Melodia: Nilton Junior da Silveira
Interpretação:
2.A DIGNIDADE DAS MÃOS QUE PLANTAM
Ritmo: canção
Letra: Vaine Darde
Melodia: João Bosco Ayala Rodrigues
Interpretação:
3. COLONO
Ritmo: toada milonga
Letra e música: Adão Quintana Vieira
Melodia: Adão Quintana Vieira
Interpretação:
4. DIGNIDADE É UM FRUTO DA COOPERAÇÃO
Ritmo: canção
Letra: Caine Garcia
Melodia: Adriano Sperandir
Interpretação:
5. A PARTILHA
Ritmo: baião
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Piero Ereno
Interpretação: 
6. O CONCEITO E A MISSÃO
Ritmo: chacarera
Letra: Carlos Omar Villela Gomes
Melodia: Maninho Pinheiro
Interpretação:
7. REGA A SEMENTE NESSA TERRA
Ritmo: hip hop
Letra: Eduardo Natan Vaz
Melodia:  Eduardo Natan Vaz
Interpretação:
8. TRABALHO, SOL E MÃOS DADAS
Ritmo: canção
Letra: Davi Teixeira
Melodia: Matheus Alves
Interpretação:
9. DIGNIDADE
Ritmo: canção seresta
Letra: Alex Moreira
Melodia: Adriano Sperandir
Interpretação:
10. DAS COISAS SIMPLES
Ritmo: moda chamarra
Letra: Alex Moreira
Melodia: Alexandre Souza
Interpretação: 
11. UNINDO O BRASIL
Ritmo: canção
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Marcelinho Carvalho/Zulmar Benitez
Interpretação:
12. DIGNO SAMBA
Ritmo: samba
Letra: Juca Moraes
Melodia: Tuny Brum
Interpretação: 
13. DE QUEM VIVE A COOPERAR
Ritmo: aire de chacarera
Letra: José Maria Medeiros
Melodia: Felipe Barreto     
Interpretação:
14. A GENTE CRESCE
Ritmo: canção
Letra: Jean Kirchoff
Melodia: Jean Kirchoff
Interpretação:  
15. DOCE VERDADE
Ritmo: toada
Letra: Chico Saga
Melodia: Mário Tressoldi
Interpretação:
16. COOPERA TCHÊ!
Ritmo: xote
Letra: Fernando Saldanha/Ariel Oyhenard
Melodia: Raphael Madruga
Interpretação:
17. DIGNIFICADO
Ritmo: canção
Letra: Piero Ereno
Melodia: Diogo Matos
Interpretação:
18. ALINHAVOS
Ritmo: canção
Letra: Bianca Bergman/Igor Silveira
Melodia: Tuny Brum
Interpretação:
19. MATE DA COOPERAÇÃO
Ritmo: milonga
Letra: Bruno Seligman de Menezes/Adão Quevedo
Melodia: Adão Quevedo
Interpretação:
20. SOU COOPERATIVA
Ritmo: samba
Letra: Carlos Machado/Marcelinho Carvalho
Melodia: Marcelinho Carvalho/Henrique Dill
Interpretação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica.
Grato e um baita abraço.