35º CARIJO DA CANÇÃO GAÚCHA

quinta-feira, 26 de julho de 2018

27º RONCO DO BUGIO - INSCRIÇÕES ABERTAS


Estão abertas as inscrições para o 27º Ronco do Bugio, festival que privilegia o único ritmo musical surgido no Rio Grande do Sul, o Bugio. 
Além do expressivo enfoque cultural, que envolve toda a comunidade musical do Estado, o Festival tem seu apelo ecológico pois chama a atenção para a preservação da espécie (Alouatta guariba clamitans), hoje em extinção. 
Promovido pela prefeitura municipal de São Francisco de Paula, o tradicional certame acontecerá nos dias 14 e 15 de setembro, a partir da 19h, no CTG Rodeio Serrano. 
O prazo para inscrições se esgota no dia 25/08/2018.
Para concorrer, basta acessar o  regulamento através do link bit.ly/roncodobugio, preencher os dados e enviar a música fazendo o upload do arquivo direto no formulário.
Este ano, o evento terá como homenageados, o poeta Léo Ribeiro e o acordeonista e gaiteiro Porca Véia.
O homenageado Léo Francisco Ribeiro de Souza faz parte da história do Ronco do Bugio, tendo organizado e coordenado quatro edições do Festival, emprestando sua arte como artista plástico, poeta e conhecedor da música tradicionalista. Nascido em 23 de janeiro de 1956, em Contendas, São Francisco de Paula, reside em Porto Alegre, mas não perde suas raízes serranas. Advogado, tem 8 livros editados e é autor de mais de 300 letras gravadas, com destaque para as canções "Brasil de Bombachas" e "Gaúchos do Litoral". Lançou dois CDs e um livro de cartuns gauchescos.
O acordeonista e gaiteiro Élio da Rosa Xavier, o Porca Véia começou sua carreira artística com seis anos de idade, por influência da família repleta de músicos. Fez curso técnico agrícola, quando ganhou o apelido que o acompanha até hoje. Participou de muitos festivais e apresentou-se com Kleiton e Kledir nas melhores casas de espetáculo do Brasil, como o Canecão do Rio de Janeiro e no Palace em São Paulo. Foi aluno dos Irmãos Bertussi, que até hoje ele reverencia, tocando a música Bertussi nos bailes.


O 27º Ronco do Bugio selecionará 20 músicas inéditas para concorrerem a premiação prevista no regulamento, sendo 10 para a Fase Local e 10 para a Fase Geral.
Os autores das obras classificadas para a Fase Local receberão R$ 1.000,00 e os da Fase Geral, R$ 1.500,00, à título de Ajuda de Custo.
Primeiro Lugar:   R$ 5.000
Segundo Lugar:   R$ 2.500
Terceiro Lugar:   R$ 1.000
Melhor Intérprete:   R$ 500
Melhor Instrumentista:  R$ 500
Mais Popular:   R$ 500

Uma novidade do 27º Ronco do Bugio é a realização do 1º Encontro dos Cozinheiros de São Chico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica.
Grato e um baita abraço.