TOTAL DE ACESSOS

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

OS DESTAQUES DO 2º FESTIVAL UNIDOS PELA TRADIÇÃO

Julia Azambuja e Francisco Teixeira atuaram no poema vencedor

No entardecer de domingo, 28/11, a poesia regional foi destaque com a realização do 2º Festival Unidos Pela Tradição, promovido de forma virtual, a partir da cidade de Tapejara. 
Os 10 poemas concorrentes foram apresentados através de vídeos previamente produzidos, com transmissão ao vivo pelo Facebook.
A comissão avaliadora, formada por Érico Padilha, Henrique Scholz e Vítor Lopes Ribeiro apontou os seguintes destaques:    

Modalidade Poesia:
Primeiro Lugar: Do Sereno no Alambrado até os Olhos dos Campeiros
Autor: Matheus Costa
Declamador: Júlia Azambuja
Amadrinhador: Francisco Teixeira (violão)

Segundo Lugar: O Poço Que eu Fiz Pra Mim
Autor: Carlos Omar Vilella Gomes
Declamador: Rodrigo Cavalheiro
Amadrinhador: Natalício Cavalheiro (violão)

Terceiro Lugar:  Um Retrato do Meu Pago
Autor: Kayke Mello
Delcamador: Jadir Oliveira
Amadrinhador: Kayke Mello (violão)
 
Modalidade Declamador: 
Jadir Oliveira - Melhor Declamador do Festival
Primeiro Lugar:  Jadir Oliveira 
Poema: 
Um Retrato do Meu Pago

Segundo Lugar:  Júlia Azambuja
Poema: 
Do Sereno no Alambrado até os Olhos dos Campeiros 

Terceiro Lugar: Fábio Malcorra
Poema:  Na Presilha de um Cabresto (Maximiliano Alves de Moraes)

Modalidade AMADRINHADOR: 
Primeiro Lugar:  Francisco Teixeira
Poema: Do Sereno no Alambrado até os Olhos dos Campeiros

Segundo Lugar: Kayke Mello
Poema: Um Retrato do Meu Pago

Terceiro Lugar: Natalício Cavalheiro
Poema: O Poço Que eu Fiz Pra Mim

Melhor Conjunto da Obra: Do Sereno no Alambrado até os Olhos dos Campeiros
Autor: Matheus Costa
Declamador: Júlia Azambuja
Amadrinhador: Francisco Teixeira (violão)

Colaboração: Tatiane Crestani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica.
Grato e um baita abraço.