sexta-feira, 14 de outubro de 2011

6ª MANOCA CANCELADA POR FALTA DE APOIO

Recebemos do coordenador da Manoca do Canto Gaúcho,  Rovani Morales, o comunicado oficial do cancelamento da 6ª edição do festival e o transcrevemos a seguir.
 
É com grande pesar que a diretoria da Associação Cultural Pró Rio Grande (ASCUPR), comunica a todos os apreciadores do nativismo e da música gaúcha que estamos cancelando a 6ª edição da Manoca do Canto Gaúcho de Santa Cruz do Sul.
Por respeitarmos músicos e poetas e por termos responsabilidade, não daremos continuidade a um projeto que depende de apoio, patrocínios e recursos municipais. Necessidades estas que não foram atingidas neste ano.
Pedimos desculpas a todos, em especial aos autores das composições classificadas, mas de forma alguma iremos assumir um compromisso sem que possamos cumpri-lo em sua totalidade. Nossas mais sinceras desculpas também ao público, que muito nos incentiva e aguardava ansioso por mais esta edição. 
Infelizmente muitos foram os problemas que culminaram com esta triste decisão e a principal delas foi sentir na pele o quanto nossos eventos culturais estão sendo esquecidos, dando lado somente para eventos comerciais, onde o retorno financeiro tem que acontecer.
Desde sua criação, a Manoca é realizada com um baixo orçamento, porque o que mais nos importa é proporcionar aos artistas novos e mais experientes, um espaço para mostrarem seu trabalho e auxiliá-los, se possível, na projeção de seu reconhecimento.
Em nenhuma das edições anteriores, a ASCUPR, teve algum benefício financeiro, assim como os voluntários que se propuseram a abraçar esta causa.
Esta decisão vem acompanhada de outra, que diz respeito ao futuro da Manoca. De forma alguma iremos nos propor a trazer novamente este festival aos palcos se não houver um comprometimento do Poder Público Municipal. Com isso, fazemos um apelo às próximas administrações de Santa Cruz do Sul, para que, em comum acordo e com projeto regulamentado possamos nos organizar e oficializar este evento, que vem de encontro ao anseio de muitas pessoas de nossa comunidade.
Não estamos dizendo que outros eventos sejam esquecidos ou que percam seu valor, mas que as promoções Gaúcho/Nativistas deste município sejam respeitadas e tenham o mesmo tratamento.
É só colocar na balança e analisar friamente quais eventos incentivam nossos jovens a buscarem melhores ambientes, a se desvirtuarem e se interessarem pela música, poesia, pela cultura e valorização pelas coisas do nosso Rio Grande.
Quais realmente são os que queremos investir, os que incentivam estes preceitos ou os que somente geram lucros financeiros? Onde estamos propagando a cultura popular, as artes, o folclore e a história de um povo?
 Agradecemos ao Grupo Gazeta de Comunicação e ao Dom Alberto pelo costado de sempre e também as empresas locais que já haviam se comprometido com o festival, mas infelizmente isso não foi suficiente. Como administradores, precisamos utilizar de toda nossa razão para cancelarmos o maior evento nativista de nossa região, mas como já dissemos, nossa responsabilidade e comprometimento com nossa comunidade vai além da emoção.

 Santa Cruz do Sul, 12 de outubro de 2011.


      Rovani Morales                                           Giovanni Ricardo Muller
Coordenador da Manoca                                     Presidente da ASCUPR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica. Grato e um baita abraço.