30 de outubro de 2018

15º CANTO DA LAGOA - MÚSICAS CLASSIFICADAS


Conhecidas as músicas que subirão ao palco do 15º Canto da Lagoa, festival que acontecerá de 23 a 25 de novembro, na cidade de Encantado. 
Confiram
Fase Nacional: Fase Nacional
1) O Homem Que Não Tinha Sonhos
Autores: Vaine Darde/Tuny Brum
2) Borracho
Autores: Ângelo Franco/Miguel Tejera
3) Prosa De Comadre
Autores:Binho PIres/Diego Muller/Érlon Péricles
4) Civilização
Autor: Fernando Cavallieri/Léo Nogueira
5) Pra Bailar Num Cafundó
Autor: Bianca Bergmann/Tuny Brum
6) Palavras
Autores: Marcelo Dávila/Zebeto Correa
7) Bem Antes De Brasil, Índio!
Autor: Fábio Peralta/Douglas Borges
8) Ranchinho
Autor: Gilberto Lamaison/Gabriel Selvage
9) Rancho De Caboclo
Autor: Adair Palombo/Francisco Santos
10) Luzia
Autores: Paulo Ricardo Costa/Ronison Borba/Igor Tadielo

Fase Regional:
1) Canto De Reencontro
Autores: Fábio Tiecher/Eduardo Sfóglia
2) Eixo
Autores: Fernando Capitanio/Maurício Malaggi
3) Em Ti Lavei Meu Coração
Autores: Fábio Tiecher/Thiago Casaril Vian
4) Encantado Gato
Autores:  Atahualpa Maicá/Grupo Tibiquari
5) Entre a História e a Lenda
Autor: Eduardo Jacques
6) Guarda De Fronteira
Autor: Daniel Orlandini/Alemão Velliaria
7) Lembrança De Minha Vida
Autores: Guilherme Gianezini/Dagoberto Gianezini
8) Navegante Da Ilusão
Autor: Fabrício Werner/Marcelo Polido
9) Pra Ficar
Autora: Clary Costa
10) Recuerdos Do Taquari
Autor: Luciano Lucca
11) Sou Poeta e Cantador
Autor: Everton Giacomelli/Davi Dal Pizzol
12) Terra De Encantos
Autor: Gustavo Mattje 

VAMOS ELEGER A MÚSICA E POESIA DO ANO DE 2018

A exemplo da edição do ano passado, o Troféu Destaques dos Festivais vai apontar a Música do Ano e a Poesia do Ano, dentre as canções e os poemas que venceram os festivais realizados ao longo do ano de 2018.  
Para esta importante missão, constituímos uma Comissão Avaliadora, formada por 07 (sete) pessoas ligadas à arte, à cultura e à comunicação do Rio Grande do Sul, todas também muito respeitadas nos ambientes nativista e regional gaúcho, que terá a tarefa de ouvir e analisar atentamente cada uma das obras premiadas, cujo montante estimamos em 44 canções, 7 músicas instrumentais e 7 poesias. 
Diante destes parâmetros, torna-se imperioso, para obtermos avaliações abrangentes e justas, que os compositores, músicos, intérpretes e produtores de festivais, colaborarem com a nossa iniciativa, enviando-nos, com a maior brevidade possível, o áudio da música/poesia vitoriosa, acompanhada de uma cópia digitada da letra, para o endereço eletrônico destaques.festivais@gmail.com.   Se a gravação do palco ainda não estiver disponível, pode ser a da triagem mesmo.   
O sucesso desta ação depende da gentileza e da atenção de todos os envolvidos, aos quais desde já agradecemos pela colaboração.

A Comissão Avaliadora, cujos integrantes serão revelados em breve, terá até o dia 31 de janeiro de 2019 para definir a melhor canção e o melhor poema do ano de 2018.

A Música do Ano e a Poesia do Ano, serão conhecidas no dia 03/02/2019, durante o programa Do Litoral à Fronteira, que eu apresento, ao amanhecer de cada domingo,  na Rádio Bandeirantes AM 640, FM 94,9.

O Troféu DESTAQUES DOS FESTIVAIS vem sendo produzido, realizado e divulgado há 20 anos por este comunicador e produtor que vos escreve, Jairo Reis.  Desde a edição dos Destaques de 2015, a entrega dos Troféus é associada a um evento de confraternização, do qual participam os agraciados, patrocinadores, apoiadores, imprensa e amigos em geral.  

29 de outubro de 2018

27ª VIGÍLIA DEFINE CONCORRENTES



Foram definidas as 12 músicas concorrentes na 27ª Vigília do Canto Gaúcho, festival que acontecerá no dia 17 de novembro, em Cachoeira do Sul.
Confiram: 






DESTAQUES DOS FESTIVAIS 2018 - PROJEÇÃO

Troféu Destaques dos Festivais apontará os melhores do Festivais de 2018.
Faltando dois meses para o final do ano de 2018, alguns nomes já despontam na acirrada, mas fraterna, disputa pelo Troféu Destaques dos Festivais, iniciativa do comunicador Jairo Reis que distingue e divulga os melhores de cada ano no universo dos festivais de música e de poesia. É quase certo que haverá modificações neste cenário até agora retratado, tendo em vista que, até os derradeiros dias do mês de dezembro, aproximadamente 13 festivais ainda estão programados. São eles:
10º Expocanto -  02 a 04 de novembro - Arroio Grande
5ª Tertúlia da Poesia - 03 de novembro – Santa Maria                         
26ª Tertúlia Nativista -  09 a 11 de novembro - Santa Maria
7ª Vertente da Canção Nativa - 15 a 17 de novembro - Piratini
9º Cantador de Campanha - 16 e 17 de novembro - Santana do Livramento
27ª Vigília do Canto Gaúcho - 17 de novembro - Cachoeira do Sul
7º Canto de Luz - 21 a 24 de novembro - Ijuí
15º Canto da Lagoa - 23 a 25 de novembro- Encantado
33º Ponche Verde da Canção Gaúcha - 23 a 25 de novembro - Dom Pedrito
11º O RG Canta Cooperativismo - 24 de novembro - Pedro Osório
5ª Aldeia da Canção Gaúcha - 28 e 29 de novembro - Gravataí
12º Canto Sem Fronteira - 06 a 08 de dezembro - Bagé
41ª Califórnia da Canção Nativa - 07 a 09 de dezembro - Uruguaiana
    

Considerando as premiações dos eventos realizados de janeiro a outubro/2018, é possível projetar, de forma ainda parcial, os seguintes resultados:

FESTIVAIS DE CANÇÕES:
Compositor Com Mais Primeiros Lugares:   Cinco compositores estão ponteando esta modalidade com 2 vitórias cada um:   Francisco Luzardo, Juliano Gomes, Juliano Santos, Rodrigo Bauer e Thiago Souza.

Melhor Intérprete Feminino:   Estão no páreo duas intérpretes, com 1 troféu cada uma:  Adrieli Sperandir e Paola Kist    

Melhor Intérprete Masculino: O cantor Nilton Ferreira está liderando a modalidade com 3 troféus conquistados. É seguido de perto pelos intérpretes Alex Har, Igor Tadielo e Pirisca Grecco, todos com 2 conquistas cada um.                  

Melhor Instrumentista:  Com 02 troféus conquistados cada um, os violonistas Guilherme Castilhos e Matheus Alves e os gaiteiros Marcelo Bassaldua e Mauro Silva, disputam a liderança da modalidade.

Melhor Letrista:  O poeta Rodrigo Bauer lidera com 3 troféus, seguido de perto por Francisco Brasil, Francisco Luzardo e Juliano Santos, com 2 troféus cada um.      

Melhor Melodista:  Os músicos Jan Bittancourt e Juliano Gomes lideram a modalidade com 2 troféus cada um.

Intérprete Com Mais Vitórias:  Alex Har vem liderando a modalidade, com 3 premiações obtidas.   Ele é seguido de perto por André Teixeira, Fabiano Bacchieri, Jean Kirchoff, Nilton Ferreira e Robledo Martins, com 2 conquistas cada um.       

Compositor Com Mais Premiações:   O melodista Juliano Gomes lidera a modalidade com 5 troféus conquistados. Muito próximos dele, aparecem os letristas Evair Gomes e Rodrigo Bauer, ambos com 4 troféus. 

FESTIVAIS DE POESIA: 
Poeta Com Mais Primeiros Lugares:   Joseti Gomes e Moisés Menezes, dividem a liderança da modalidade com 2 primeiros lugares conquistados.  

Melhor Declamadora:  Liliana Cardoso lidera a modalidade com 1 troféu.

Melhor Declamador:    Neiton Peruffo lidera a modalidade com 3 troféus.

Melhor Amadrinhador:  Seis amadrinhadores estão no páreo, com 1 troféu cada um:   Cesar Sosa, Danilo Kuhn, Fernando Graciola, Kayke Melo, Luciano Salerno e Willian Andrade

Poeta Com Mais Premiações:  Moisés Silveira de Menezes lidera até o momento com 4 destaques, seguido de perto por Joseti Gomes e Mateus Neves da Fontoura, com 2 troféus cada um.                                                     

Declamador Com Mais Premiações:  Dividem a liderança da modalidade, os declamadores Neiton Peruffo e Pedro Junior da Fontoura, com 5 conquistas cada um.                      

Amadrinhador Com Mais Premiações:  O violonista Clênio Bibiano da Rosa ponteia momentaneamente a modalidade, com 3 premiações.

FESTIVAIS DE MÚSICA INSTRUMENTAL:
Autor com Mais Primeiros Lugares:   O músico Edilberto Bérgamo surge na liderança com 2 primeiro lugares.  

Melhor Instrumentista:  Quatro instrumentistas parecem na liderança com 1 troféu cada um:   Diego Machado, Matheus Kleber, Ricardo Borges, Ricardo Comasseto.       

Melhor Melodista:   João Paulo Deckert e Ricardo Martins dividem a liderança da modalidade com 1 troféu cada um.

Autor Com Mais Premiações: O gaiteiro Edilberto Bérgamo lidera a modalidade com 2 premiações.

JURADO MAIS REQUISITADO: 
Levando em conta os 32 festivais de música e os 06 de poesia realizados até agora, despontam entre os mais atuantes, com 03 participações cada um, os seguintes avaliadores: Ita Cunha, Jaime Brum Carlos, Romeu Weber e Zulmar Benitez.

MÚSICA DO ANO: 
A MUSICA DO ANO, será definida por uma comissão avaliadora, formada por 07 (sete) pessoas, dotadas de conhecimento, capacidade técnica e responsabilidade para a importância da missão.   A referida comissão ouvirá e apreciará todas as músicas (canções e instrumentais) vencedoras dos festivais realizados em 2018, incluídas até aquelas obras que ganharam eventuais “Linhas”.  

POESIA DO ANO: 
A POESIA DO ANO, será definida pela mesma comissão avaliadora das músicas. A referida comissão analisará todas as poesias vencedoras dos festivais realizados em 2018.

28 de outubro de 2018

OS DESTAQUES DO 16º BIVAQUE DA POESIA


Neiton Peruffo foi o Melhor Declamador do 16º Bivaque
O 16º Bivaque da Poesia Gaúcha foi realizado na noite de sábado, 27/10, no CTG M’Bororé, da cidade de Campo Bom.
Os destaques são os seguintes:


Modalidade POESIA:
Primeiro Lugar: A MOÇA EM QUARTO DE LUA
Autor: Moisés Menezes
Declamador: Rodrigo Cavalheiro
Amadrinhador: Henrique Arboitte Torrel de Bail

Segundo Lugar: LINHA MARIANO PINTO
Autor: Maximiliano Alves de Morais
Declamador: Neiton Peruffo
Amadrinhador: Valdir Verona

Terceiro Lugar: SAUDADE NÃO CICATRIZA
Autor: Mateus Neves da Fontoura
Declamadora: Liliana Cardoso
Amadrinhadores: João Bosco Ayala Rodrigues /Nilton Junior

Modalidade DECLAMADOR:
Primeiro Lugar: NEITON PERUFFO

Poema:  Linha Mariano Pinto 
Autor: Maximiliano Alves De Morais
Amadrinhador: Valdir Verona

Segundo Lugar: LILIANA CARDOSO
Poema: Saudade Não Cicatriza
Autor: Mateus Neves da Fontoura
Amadrinhadores: João Bosco Ayala Rodrigues/Nilton Junior

Terceiro Lugar: PEDRO JUNIOR DA FONTOURA
Poema: O Outro Eu
Autor: Rodrigo Bauer
Amadrinhadores: Duca Duarte/Texo Cabral/Lucas Ferrera

Modalidade AMADRINHADOR:
Primeiro Lugar: FERNANDO GRACIOLA
Poema: Herdeiros
Autor: Athos Miralha da Cunha
Declamador: Érico Padilha

Segundo Lugar: DUCA DUARTE/TEXO CABRAL/LUCAS FERRERA
Poema: O Outro Eu 
Autor: Rodrigo Bauer
Declamador: Pedro Junior da Fontoura

Terceiro Lugar:  CLÊNIO BIBIANO
Poema:  Rincão Por Meu Olhar De Querência
Autor: Henrique Fernandes
Declamador: Francisco Azambuja

26 de outubro de 2018

BIVAQUE DA POESIA INICIA HOJE EM CAMPO BOM



A poesia e a arte declamatória tem encontro marcado com o público rio-grandense, a partir desta sexta-feira, 26/10, na cidade de Campo Bom.
No município calçadista, acontecem o 16º Bivaque da Poesia Gaúcha e o 17º Bivaque da Poesia Gaúcha Piá, tendo como cenário o galpão do CTG M’Bororé.
A programação inicia as 19h30 desta sexta-feira, 26, com a realização do Bivaque Piá, quando se apresentarão 21 declamadores, com idades entre 8 e 17 anos, agrupados em três categorias: Piazito (8 a 11); Piá (12 a 14) e Guri (15 a 17).

No sábado, 27, é a vez do 16º Bivaque da Poesia Gaúcha, a partir das 21 horas, oportunidade em que subirão ao palco 10 poemas de autoria dos mais prestigiados poetas gaúchos, interpretados por não menos talentosos declamadores e declamadoras, acompanhados por seis competentes amadrinhadores.
Um dos principais festivais de poemas inéditos do Rio Grande do Sul, o Bivaque tem se notabilizado como um palco fértil para o surgimentos de obras significativas para o cenário poético do estado.  


Tanto o 16º Bivaque, quanto o 17º Bivaque Piá, contarão com uma comissão avaliadora formada pelo poeta, declamador e músico João Fontoura (Cabo João); pelo poeta e comunicador Juarez Machado de Farias; e pelo declamador e produtor cultural Romeu Weber.
Além dos poemas e declamadores concorrentes, o público poderá apreciar o espetáculo do cantor Jari Terres.


Ambos os eventos, são promovidos pela Prefeitura de Campo Bom, através da Secretaria e Educação e Cultura e Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo em parceria com o CTG M'Bororé.


Poemas concorrentes no 16º Bivaque, já na Ordem de Apresentação:
1º) A CASA PRIMEIRA
Autor: Kayke Mello
Declamador: Kayke Mello
Amadrinhador: Sabani Felipe de Souza

2º) A MOÇA EM QUARTO DE LUA
Autor: Moisés Silveira de Menezes
Declamador: Rodrigo Cavalheiro
Amadrinhador: Henrique Arboitte Torrel de Bail

3º) DEPOIS DA TERRA E DOS GALPÕES
Autor: Xirú Antunes
Declamador: Xirú Antunes
Amadrinhador: Silvério Barcellos

4º) HERDEIROS
Autor: Athos Miralha da Cunha
Declamador: Érico Padilha
Amadrinhador: Fernando Graciola

5º) LINHA MARIANO PINTO
Autor: Maximiliano Alves de Morais
Declamador: Neiton Peruffo
Amadrinhador: Valdir Verona

6º) O QUE SE PODE DIZER DE UM PONCHO PÁTRIA
Autor: Guilherme Collares
Declamador: Luciano Salerno
Amadrinhador: Guilherme Collares

7º) O OUTRO E EU
Autor: Rodrigo Bauer
Declamador: Pedro Junior da Fontoura
Amadrinhadores: Duca Duarte, Texo Cabral e Lucas Ferrera

8º) VELHAS CRIANÇAS
Autor: Adão Quevedo
Declamadora: Silvana Andrade
Amadrinhador: Adão Quevedo

9º) RINCÃO POR MEU OLHAR DE QUERENCIA
Autor: Henrique Fernandes
Declamador: Francisco Azambuja
Amadrinhador: Clênio Bibiano

10º) SAUDADE NÃO CICATRIZA
Autor: Mateus Neves da Fontoura
Declamadora: Liliana Cardoso
Amadrinhadores: João Bosco Ayala Rodrigues e Nilton Junior

22 de outubro de 2018

2º FLOREIO DOS CAMPOS NEUTRAIS - RESULTADO



Todos os participantes do 2º Floreio dos Campos Neutrais
Nos dias 20 e 21 de outubro, foi realizado o 2º Floreio dos Campos Neutrais, festival de músicas inéditas promovido pelo Sindicato Rural de Santa Vitória do Palmar, junto a 87ª Expofeira daquele município.
O resultado é o seguinte:
Primeiro Lugar: Poema ao Sereno
Letra: Henrique Corso/Pedro Almeida
Melodia: Filipe Calvete Corso
Interpretação: André Teixeira

Segundo Lugar: No Es Tan Grande Mi Amor

Letra: Martín César Gonçalves
Melodia: Aluísio Rockembach
Interpretação: Aluísio Rochemback

Terceiro Lugar: Zamba de Tu Recuerdo

Letra: Lisandro Simões
Melodia: Querin Zanette
Interpretação: Fabiano Bacchieri

Melhor Intérprete: Tiago Oliveira - Fulano de Tal


Melhor Instrumentista: Wagner Viana - Percussão - Rojo Tambor


Melhor Letra: Pra Não Dizer Que Não Voltei – Otávio Lisboa



Melhor Melodia: Poema ao Sereno – Filipe Calvete Corso

Mais Popular: Fulano de Tal

Autores: Brasa Lima/Heleodoro Oliveira/Fabio Selayaran/Otavio Terra
Interpretação: Tiago Oliveira e Quarteto Moldura

Tema Sindicato Rural: A Fábula dos Gravetos
Letra: Kininho Dorneles:
Melodia: Kininho Dornelles
Interpretação: Kininho Dorneles

21 de outubro de 2018

3º CANTO GALPONEIRO - RESULTADO


Igor Tadielo - Melhor Intérprete
O 3º Canto Galponeiro foi realizado com sucesso, nos dias 18, 19 e 20 de outubro, no Gran Palazzo, em Passo Fundo.  Os destaques do festival são os seguintes:
Primeiro Lugar:  Duas Cordeonas, Duas Almas e Um Chamamé
Letra: Joel Freitas Paulo
Melodia: Halber Lopes
Interpretação:Jorge Freitas e Cristiano Fantinel
Segundo Lugar: De Vereda
Letra:  Saulo de Souza:
Melodia: Saulo de Souza
Interpretação:  Igor Tadielo
Terceiro Lugar:  Ausência
Letra: José Carlos Batista de Deus
Melodia: Raul Bitencourt
Interpretação: Jamesson Abreu

Melhor Intérprete: Igor Tadielo – De Vereda
Melhor Instrumentista: Régis Reis - Violão - De Vereda
Melhor Gaiteiro:  Cássio Figueiró - Ausência
Melhor Letra: Basto, Regeira e Caminhos - Clóvis Mendes
Melhor Tema Sobre Passo Fundo:  Assim Nasceu Passo Fundo
Autores: João Sasso/Nicolas Silva
Interpretação: Antônio Carlos Ribeiro e Nicolas Silva
Mais Popular: Basto, Regeira e Caminhos 
Autor: Clóvis Mendes
Interpretação: Clóvis Mendes

1º TOQUE SERRANO - RESULTADO


Participantes do 1º Toque Serrano da Música Instrumental
O 1º Toque Serrano da Música Instrumental foi realizado nos dias 19 e 20 de outubro na cidade de Boa Vista do Sul e o resultado é o seguinte:  

Primeiro Lugar: Campo e Flor
Autor: Edilberto Bérgamo
Intepretação: Edilberto Bérgamo

Segundo Lugar: De Outras Vindas
Autor: Aparício Maidana
Interpretação: Aparício Maidana e Grupo

Terceiro Lugar: Yvytu
Autor: Ricardo Comasseto/Gustavo Oliveira
Interpretação: Ricardo Comasseto

Mais Popular: Tô Com a Gaita
Autor: Samuca do Acordeon

Melhor Instrumentista: Ricardo Borges - Varanda

Melhor Arranjo: Milonga à Clara - Rodrigo Ziliotto

Melhor Melodia: Serena - João Paulo Deckert

Instrumentista Revelação: Matheus Krumenauer - Yvytu

15 de outubro de 2018

3ª MONTA DA CANÇÃO - RESULTADO

Nos dias 12 e 13 de outubro, foi realizada em Santa Vitória do Palmar, a 3ª Monta da Canção Nativa. O resultado, ainda incompleto, é o seguinte: 
Primeiro Lugar: Cabuloso
Letra: Igor Silveira
Melodia:  Igor Silveira
Interpretação:  Miguel Oliveira
Segundo Lugar: O Poeta e o Ferreiro
Letra: Guerda Khun/Luiz Antonio Webber
Melodia: Cristiano Vieira
Interpretação: Paulo Fernando, Filipe Dorneles e Léo Ribeiro
Terceiro Lugar: A Origem do Meu Canto
Letra: Wagner Holbig
Melodia: Wagner Holbig
Interpretação: Keiviner Martins

Melhor Intérprete:  Léo Ribeiro - Do Alegrete Para o Mundo
Melhor Instrumentista:  Aurélio Miguel - Gaita
Melhor Letra: Cabuloso - Igor silveira
Melhor Música Sobre Gineteada:  Do Alegrete Para o Mundo
Autores:  Maicon Mesquita/Léo Ribeiro 
Interpretação: Léo Ribeiro

Melhor Arranjo: Do Alegrete Para o Mundo

14 de outubro de 2018

26ª TERTÚLIA DEFINE CONCORRENTES



Comissão de Triagem:  Juliano, Nenito, Carlinhos, Malu, Caine e Diogo(fora da foto).

Foi concluída, na noite deste domingo (14), a seleção das 16 composições que concorrerão na 26ª Tertúlia Musical Nativista, a ser realizada de 08 a 11 de novembro, na Associação Tradicionalista Estância do Minuano, em Santa Maria.
Durante três dias, a Comissão Julgadora, formada por Juliano Javoski, Caine Teixeira Garcia, Maria Luiza Benitez, Diogo Barcelos e Nenito Sarturi, avaliou os mais de 800 trabalhos inscritos. A relação das obras classificadas é a seguinte: 

FASE GERAL 

1. A Casa a Estrada e o Tempo (Canção)
Letra: Alex Palma
Melodia: Alex Palma/Alexandre Hoehr

2. A Luz do Meu Canto (Milonga)
Letra: Carlos Eduardo Nunes
Melodia: Carlos Eduardo Nunes

3. A Riqueza do Pobre Indio (Chamamé) 
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Halber Lopes

4. Cantador (Milonga) 
Letra: Adair de Freitas
Melodia: Adair de Freitas

5. De Um Tempo Saudade (Valsa) 
Letra: Paulo Ricardo Costa
Melodia: Régis Reis/Dartagnan Portella

6. Do Louco Poeta Só (Milonga) 
Letra: Anderson Mireski
Melodia: Tuny Brum

7. É Bem Assim (Xote) 
Letra: Máximo Fortes
Melodia: Pedro Flores/Wolmar Penna Flores

8. Faças de Conta (Toada) 
Letra: Olgi Zauza Krejci
Melodia: Mario Tressoldi

9. Identidade (Candombe) 
Letra: Marco Antônio Soares
Melodia: Cícero da Fontoura

10. Lentas e Lerdas Lembranças (Milonga) 
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Robledo Martins

11. Milonga do Sul e Minas (Milonga)
Letra: Marcelo D’Ávila/Mateus Neves da Fontoura
Melodia: Zebeto Correa

12. Pano a Pano (Milonga) 
Letra: José Moacir Pereira
Melodia: Marco Aurélio Vasconcelos

13. Precisão (Chamarra) 
Letra: Eduardo Muñoz
Melodia: Carlos Madruga

14. Quando as Lembranças Afloram (Rasguido-Double)
Letra: José Amilcar Ferreira
Melodia: Wilson Paim

15. Um Dia Eu Vou Voltar Pra o Meu Lugar (Canção) 
Letra: Carlos Omar Villela Gomes
Melodia: Diogo Matos

16. Vaneira Rio-grandense (Vaneira) 
Letra: Valter Fiorenza
Melodia: Sérgio Rosa



FASE LOCAL 

1. Anjo de Madeira
Letra: Luiz Eduardo Silva Lima
Melodia: Volmir Coelho

2. Benedito
Letra: Humberto Gabbi Zanatta
Melodia: Evandro Zamberlan

3. Canção Para Ouvir o Rio
Letra: Moisés Silveira de Menezes
Melodia: Henrique Arboite Torrel de Bail/João Bayer

4. Companheira Madrugada
Letra: Ramires Monteiro
Melodia: Francisco Alves

5. Das Verdades Que Trago 
Letra: Fabricio Vargas
Melodia: Cassio Figueiró

6. Depois do Apito do Trem
Letra: Salvador Lamberty
Melodia: Pedro Mauro/Rodrigo Raskopf

7. O Espelho do Tempo
Letra: José Luiz dos Santos/Arabi Rodrigues
Melodia: Sabani Felipe de Souza

8. Outra Milonga
Letra: Saulo Francisco de Souza
Melodia: Saulo Francisco de Souza

9. Recorrendo Sonhos
Letra: Hilo Paim
Melodia: Luiz Carlos Ranoff

10. Uma Outra Mão
Letra: Juliano dos Santos
Melodia: Kayke Mello


5ª TERTULINHA

MIRIM:

Giovanna Jacobsen Barbieri - Labirintos
Julia do Amaral Antonini - Dos Abraços Que Guardei
Luisa de Quadros Lima - Pão de fogo
Luiz Filipe dos Santos Pavani - Aos Meus
Marina Duarte - Renascimento

JUVENIL

Anita Coruja Rodrigues Dutra - Um Rosto na Multidao
Luiza Barbosa Dias - Eu Tenho Inveja dos Mansos
Maria Fernanda Costa - Pra Nunca Esqueceres de Lembrar de Mim
Matheus Pimentel Nunes - Assim no Osso do Peito
Murilo Vargas - Sal e Sangue



Foto: João Alves (Mtb 17.922)