30 de julho de 2018

AGENDA DOS FESTIVAIS - AGOSTO

Seguindo com nossa missão de informar poetas, compositores, músicos, intérpretes e o público em geral, sobre os festivais de música e de poesia que acontecem no Rio Grande do Sul, divulgamos a seguir os prazos para inscrições e as datas de realização destes eventos, nos próximos trinta dias. 

DATAS LIMITES PARA INSCRIÇÕES: 


18ª Casilha da Canção Farrapa - Itaqui/RS

Inscrições até 31/07/2018, através do email:   18casilhadacancaofarrapa@gmail.com

1ª Candelária da Canção Gaúcha – São Francisco de Assis/RS
Inscrições até 03/08/2018, através do email: candelariadacancaogaucha@gmail.com  

8º Campo a Fora - Santiago/RS

Inscrições até 16/08/2018, através do email: festivalcampoafora@gmail.com 

28ª Tafona da Canção Nativa - Etapa Regional - Osório/RS

Inscrições até 17/08/2018

3º Unimed da Canção - Santa Maria/RS
Inscrições até 23/08/2018, através do site www.unimedsm.com.br/festival

1º Festigaita - Tapejara/RS
Inscrições até 24/08/2018  través do email  1festigaita@gmail.com


27º Ronco do Bugio - São Francisco de Paula/RS
Inscrições até 25/08/2018, através do link  Bit.ly/roncodobugio

11º O Rio Grande Canta  Cooperativismo - Pedro Osório/R

Inscrições até 31/08/2018, direto no Sescoop - Rua Felix da Cunha, 12 - Porto Alegre

3º Canto Galponeiro - Passo Fundo/RS
Inscrições até 20/09/2018, através do site www.cantogalponeiro.com.br

FESTIVAIS AGENDADOS PARA O MÊS DE AGOSTO:
03 a 05:    17º Canto da Terra – São Gabriel
10 a 12:    32ª Moenda da Canção – Sto. Antônio Patrulha
11:              7ª Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula – Porto Alegre
16 a 18:    11º Canto Nativo - Santo Augusto

17 e 18:      2º Quatro Tentos da Canção – São Gabriel

17 e 18:    18ª Casilha da Canção Farrapa – Itaqui/RS
25:              2ª Colheita de Versos – Abdon Batista/SC
31 a 02/09: 1ª Candelária da Canção – São Francisco de Assis

O PRIMEIRO CD DO "GUITARRA, ALMA E GARGANTA"

O excelente grupo Guitarra, Alma e Garganta vai lançar o seu primeiro CD intitulado “Sem Tirar o Pé do Estribo”.   A festa acontecerá no dia 11 de agosto de 2018, a partir das oito e meia da noite, no CTG Setembrina dos Farrapos, em Viamão, cidade onde nasceu o grupo.
Na ocasião, será oferecido um jantar, seguido do espetáculo do Guitarra e, logo após, baile animado pelo grupo Barbicacho.  
Presenças confirmadas do produtor do CD, Marcio Rosado, dos compositores Paulo Dias Garcia, Leonardo Quadros, Vinícius Peixoto e Maximiliano Alves de Moraes, que cederam canções para o disco, do acordeonista Fabiano Torres e dos cantores Cristiano Fantinel e Marcelo Oliveira, artistas renomados no cenário da música regional gaúcha, com participações especiais no CD. 
A formação atual do Guitarra Alma e Garganta tem os instrumentistas, cantores e compositores Júnior Saldanha, Leandro Martins, Maurício Sena, Nino Saldanha e Vinícius Lima. 

Trajetória:
Originário de Viamão, o Guitarra teve origem em 2011, com Nino Saldanha, Maurício Sena e Leonardo Quadros. Também já atuaram no grupo outros músicos como Paulo Jacques, Djonatan dos Reis e Cassiano Santos. Num primeiro momento o grupo visava o resgate das músicas mais antigas dos festivais nativistas do RS. As inovações de arranjos vocais também foram e continuam sendo marcas do grupo. Do mesmo modo, a preocupação de mostrar ao público um trabalho de cordas, com violões e contrabaixo, tendo sempre a sensibilidade de transmitir com “alma” a música nativa e o intuito de registrar obras que procedam do encontro musical do grupo.  Destes encontros resultaram inúmeras canções inéditas que circularam e forma premiadas, em diversos festivais do nosso estado, tais como: O Rio Grande Canta o Cooperativismo, Aldeia da Canção Gaúcha, Acampamento da Arte Gaúcha, Gauderiada da Canção, Canto Campeiro, Femuvi, Eta em Canto, Salina da Canção, Cambona da Canção, Reculutando a Potrada, Canto Farroupilha, Vigília do Canto Gaúcho, Canto do Charão, Poncho Verde da Canção Gaúcha, Joãozinho da Ponte, Coxilha Nativista entre outros.
Além de atuar nos festivais nativistas o grupo Guitarra Alma e Garganta também faz shows e apresentações a exemplo do Outubro Rosa em Balneário Pinhal, show de recepção da Seleção do Equador na Copa do Mundo de 2014 juntamente com o cantor Paulo Garcia, Festa Arroz com Leite em Viamão, show do Festival Ibiamom  da Canção, Boteco Tchê e outros.

No mês de Setembro, em meio às comemorações Farroupilhas, quando as apresentações são mais frequentes, o grupo divide-se e vai às escolas contribuir com palestras e atividades culturais. Assim agindo, compromete-se e colabora para que a chama gaúcha que vem no DNA de nossas crianças, mantenha-se acesa.
Em 2014 o grupo amadurece a ideia de produzir um CD para registrar as músicas que surgiam e consolidariam parcerias já identificadas com o trabalho do grupo. 
Os trabalhos de produção e arranjo do CD, ficaram a cargo do talentoso músico, produtor, compositor e arranjador Marcio Rosado. Além dele, somaram-se ao Guitarra, confiando suas obras e emprestando seus talentos, os compositores Paulo Dias Garcia, Maximiliano Alves de Moraes e Vinícius Peixoto, os cantores Cristiano Fantinel e Marcelo Oliveira e o gaiteiro Fabiano Torres.

29 de julho de 2018

38ª COXILHA NATIVISTA - RESULTADO



Já era madrugada de domingo, quando os jurados Edilberto,  Bérgamo, Fabiano Fogaça, Márcio Rosado, Rogério Villagran e Shana Müller definiram os destaques da 38ª Coxilha Nativista de Cruz Alta, festival que aconteceu de 25 a 28 de julho, na terra de Érico Veríssimo.
Confere os premiados: 

FASE GERAL
Primeiro Lugar: Inventário de Campo
Gênero: Milonga
Letra: Juliano Santos/Michel Plautz.
Melodia: Marcelinho Nunes
Interpretação: Robson Garcia
Segundo Lugar: Continuidade
Gênero: Milonga
Letra: Rafael Machado
Melodia: Kiko Goulart
Interpretação Quarteto Coração de Potro
Terceiro Lugar: Nobre Cavaleiro Andante
Gênero: Milonga
Letra: Carlos Eduardo Nunes
Melodia: Carlos Eduardo Nunes
Interpretação: Pirisca Grecco
Melhor Instrumentista: João Paulo Deckert – Rosa de Pedra
Melhor Intérprete: Marcelo Oliveira – Rosa de Pedra
Melhor Melodia: Inventário de Campo – Marcelinho Nunes
Melhor Letra: Inventário de Campo – Juliano Santos/Michel Plautz
Melhor Arranjo: Rosa de Pedra
Melhor Indumentária: Pirisca Greco – Nobre Cavaleiro Andante
Melhor Conjunto Vocal: Continuidade - Quarteto Coração de Potro
Mais Popular:  Rancheira de Domador
Letra: Felipe Correa
Melodia: Felipe Correa
Interpretação: Raineri Spohr
Melhor Tema Alusivo a Cruz Alta: Não houve

FASE LOCAL
Primeiro Lugar: Meu Coração em Teu Peito
Gênero: Chamarra
Letra: Marçal Furian
Melodia: Diego Guterres
Interpretação: Juliano Moreno
Recitado: Marçal Furian
Segundo Lugar: Rancheira de Domador
Gênero: Rancheira
Letra: Felipe Correa
Melodia: Felipe Correa
Interpretação: Raineri Spohr
Terceiro Lugar: O Legado dos Galpões
Gênero: Milonga 
Letra: Luiz Onério Pereira
Melodia: Fernando Soares
Interpretação: Cristiano Fantinel e Daniel Cavalheiro

26 de julho de 2018

27º RONCO DO BUGIO - INSCRIÇÕES ABERTAS


Estão abertas as inscrições para o 27º Ronco do Bugio, festival que privilegia o único ritmo musical surgido no Rio Grande do Sul, o Bugio. 
Além do expressivo enfoque cultural, que envolve toda a comunidade musical do Estado, o Festival tem seu apelo ecológico pois chama a atenção para a preservação da espécie (Alouatta guariba clamitans), hoje em extinção. 
Promovido pela prefeitura municipal de São Francisco de Paula, o tradicional certame acontecerá nos dias 14 e 15 de setembro, a partir da 19h, no CTG Rodeio Serrano. 
O prazo para inscrições se esgota no dia 25/08/2018.
Para concorrer, basta acessar o  regulamento através do link bit.ly/roncodobugio, preencher os dados e enviar a música fazendo o upload do arquivo direto no formulário.
Este ano, o evento terá como homenageados, o poeta Léo Ribeiro e o acordeonista e gaiteiro Porca Véia.
O homenageado Léo Francisco Ribeiro de Souza faz parte da história do Ronco do Bugio, tendo organizado e coordenado quatro edições do Festival, emprestando sua arte como artista plástico, poeta e conhecedor da música tradicionalista. Nascido em 23 de janeiro de 1956, em Contendas, São Francisco de Paula, reside em Porto Alegre, mas não perde suas raízes serranas. Advogado, tem 8 livros editados e é autor de mais de 300 letras gravadas, com destaque para as canções "Brasil de Bombachas" e "Gaúchos do Litoral". Lançou dois CDs e um livro de cartuns gauchescos.
O acordeonista e gaiteiro Élio da Rosa Xavier, o Porca Véia começou sua carreira artística com seis anos de idade, por influência da família repleta de músicos. Fez curso técnico agrícola, quando ganhou o apelido que o acompanha até hoje. Participou de muitos festivais e apresentou-se com Kleiton e Kledir nas melhores casas de espetáculo do Brasil, como o Canecão do Rio de Janeiro e no Palace em São Paulo. Foi aluno dos Irmãos Bertussi, que até hoje ele reverencia, tocando a música Bertussi nos bailes.


O 27º Ronco do Bugio selecionará 20 músicas inéditas para concorrerem a premiação prevista no regulamento, sendo 10 para a Fase Local e 10 para a Fase Geral.
Os autores das obras classificadas para a Fase Local receberão R$ 1.000,00 e os da Fase Geral, R$ 1.500,00, à título de Ajuda de Custo.
Primeiro Lugar:   R$ 5.000
Segundo Lugar:   R$ 2.500
Terceiro Lugar:   R$ 1.000
Melhor Intérprete:   R$ 500
Melhor Instrumentista:  R$ 500
Mais Popular:   R$ 500

Uma novidade do 27º Ronco do Bugio é a realização do 1º Encontro dos Cozinheiros de São Chico.

25 de julho de 2018

38ª COXILHA NATIVISTA INICIA NESTA QUARTA

Inicia nesta quarta-feira, 25 de julho, a 38ª edição da Coxilha Nativista de Cruz Alta, festival que carrega a responsabilidade de ser o mais longevo, em número ininterrupto de edições. Além de muito bem organizada pela prefeitura de Cruz Alta, através da Secretaria Municipal de Cultura, a Coxilha é reconhecida pela opinião pública como um dos mais importantes eventos do gênero no Rio Grande do Sul.  Foi no seu palco que surgiram obras musicais daquelas que podemos alcunhar de sucessos do nativismo, tais como: "Segredos do Meu Cambicho", "Uma Tarde no Corredor (Entrando no Borororé)", "Morocha", "Bailanta do Tio Flor", "De Já Hoje", "Vento Norte", "Açude", "Batendo Água", "Filosofia de Andejo" entre tantos outros.
Mas o sucesso da Coxilha não se restringe ao festival propriamente dito. Outras atividades foram agregadas a programação do evento, tais como a Coxilha Piá, o Rodeio da Coxilha, a Cavalgada Nativista, Torneio e Truco, Festival de Trova. A partir da edição de 2017, foram inseridos a Coxilha Instrumental e um Concurso de Culinária entre os participantes, ambas ações plenamente exitosas.
A programação da 38ª Coxilha inicia as 20 horas desta quarta-feira e prossegue até a noite de sábado, 28/07.  Boa sorte aos participantes.


24 de julho de 2018

SESMARIA DEFINE POEMAS CONCORRENTES


Foram definidos os poemas classificados para a Sesmaria da Poesia Gaúcha – 23ª Quadra, festival de poemas que acontecerá no dia 29 de setembro, na Câmara de Vereadores da cidade de Osório.
Confiram:
1. Eu, Também Rio Grande
Autor: Djalma Corrêa Pacheco
2. Batalha
Autor: Mateus Neves da Fontoura
3. Os Bens
Autor: Rodrigo Bauer
4. Dona Branca
Autora:  Suelen Mombaque Schneider
5. O Sorro e a Lua
Autor: Leandro Araújo
6. Pingo de Corredor
Autor: Matheus Costa
7. Bento Gonçalves Carneiro, O Vampiro Sul Brasileiro
Autor: Carlos Omar Villela Gomes
8. Epígrafos de Vida e Tempo
Autor:  Paulo Ricardo Costa
9. Pra Quem tem Alma de Campo
Autor: Sebastião Teixeira Correa
10. A Casa do Poeta
Autor: Vaine Darde

20 de julho de 2018

JULIANO GOMES APRESENTA "PROSCRITO"


Na última quarta-feira, 18 de julho, foi apresentado ao grande público o CD Proscrito, segundo álbum do cantor e compositor gaúcho Juliano Gomes.
O disco foi lançado “on line”, e já está disponível em todas as principais plataformas digitais.  A comercialização do CD físico será realizada em breve pela Minuano Discos
Com direção musical do músico Quinto Oliveira e do próprio Juliano Gomes, Proscrito traz 12 faixas, todas de autoria de Juliano em parceria com poetas consagrados como Evair Suarez Gomez, Sergio Carvalho Pereira, Adriano Alves, Guilherme Collares e Zeca Alves.

O disco conta ainda com as participações especiais de músicos como Marcelo Oliveira,  Daniel Zanotelli, Fernando Leitzke, entre outros.

Proscrito é o primeiro trabalho em que Juliano Gomes interpreta suas próprias canções.

O repertório do Disco:
1. Proscrito (Guilherme Collares/Juliano Gomes);
2. Primitivo  (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
3. Picador   (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
4. Banhado (Adriano Silva Alves/Juliano Gomes);
5. Tu Nem Sabe, Chinoquita... (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
6. Menina, Escuta O Teu Cantor (Sérgio Carvalho Pereira/Juliano Gomes);
7. Vestidito Amarillo  (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
8. Mirada Bruja    (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
9. Poema De Adeus   (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
10. Quem Diria...  (Evair Suarez Gomez/Juliano Gomes);
11. Benzido    (Adriano Silva Alves/Juliano Gomes);
12. Morri...?    (Zeca Alves/Juliano Gomes).


Nota do blog:
Através de Proscrito, Juliano Gomes revela seu talento como cantor. Mas é importante ressaltar sua enorme capacidade de criar melodias inimagináveis. Tanto é verdade que ele tem se destacado neste quesito em quase todos os festivais de música que integram o calendário nativistas da região sul.  Não é à toa que foi o “Melhor Melodista” dos últimos três anos, na promoção Destaques dos Festivais, realizada pelo blog Ronda dos Festivais em parceria com o programa Do Litoral à Fronteira.
Juliano Gomes é um baita melodista e agora também se mostra como um cantor de fundamento.  Escutem e comprovem.


13 de julho de 2018

32ª MOENDA - ALTERAÇÃO NAS CONCORRENTES

Por solicitação dos próprios autores, Vinícius Brum e Luiz Carlos Borges, a música "Cartas", foi excluída da relação das concorrentes na 32ª Moenda da Canção, de Santo Antônio da Patrulha.
No lugar da obra excluída, foi convocada a primeira suplente "A  Lenda da Lagoa", de autoria de Paulo Ricardo Costa.

Diante dessa ocorrência, a relação das músicas classificadas para a 32ª Moenda ficou assim composta:

1. A Ciranda e o Mar
Autoras: Iara Germer/Natalia Livramento
2. A Lenda da Lagoa
Autor: Paulo Ricardo Costa
3. A Mais Bela Arte
Autores: Leo Jaime/Tuny Brum
4. A Vida Num Fim de Tarde
Autores: Túlio Souza/Tuny Brum
5. Abandonada
Autores: Paola Kirst/Neuro Júnior
6. Adeus Ciclano
Autores: Gujo Teixeira/Evair Gomez/Juliano Gomes
7. Alma Sachera
Autores: Jorge Webber/Miguel Dario Diaz
8. Brasil dos Invisíveis
Autores: Martin César/Zebeto Corrêa
9. Caiçara
Autores: Vaine Darde/Loreno Santos
10. Canto de Abayomi
Autores: Paulo Fleck/Andrigo Xavier
11. Mordaças
Autores: Vaine Darde/Adriano Sperandir
12. Pescadô
Autores: Marcelo Bravo/Paulo Cezar Oliveira/Kako Xavier
13. Pra Saber de Ti
Autor: Maurício Barcellos
14. Reza Rezadeira
Autores: Gonzaga Blantez/Eduardo Santhana
15. Transbordar
Autores: Vê Domingos/Bruno Kohl
16. Uai Faz, Wifi!
Autores: Zebeto Corrêa/Tavinho Limma 

12 de julho de 2018

16º SINUELO - INSCRIÇÕES ABERTAS



O Sinuelo da Canção Nativa - 16º Aparte, acontecerá nos dia 01 e 02 de setembro de 2018, no Ginásio Nery Bueno, na cidade de São Sepé .
As inscrições podem ser enviada até 27/07/2018, para o endereço eletrônico jesproart@hotmail.com
Serão classificadas 12 músicas para a Fase Estadual e 06 músicas para a Fase Regional.
Os autores das obras classificadas para a Fase Estadual receberão um prêmio por classificação no valor de R$ 1.900,00 e os da Fase Regional, receberão um prêmio no valor de R$ 1.000,00.
Os destaques do 16º Sinuelo receberão a seguinte premiação:
Primeiro Lugar:  R$ 4.000,00 + Troféu
Segundo Lugar:  R$  3.000,00 + Troféu
Terceiro Lugar:  R$ 2.000,00 + Troféu
Mais Popular:  R$ 1.000,00 + Troféu
Melhor Letra: R$ 500,00 + Troféu
Melhor Melodia: R$ 500,00 + Troféu
Melhor Intérprete: R$ 300,00 + Troféu
Melhor Instrumentista:  R$ 300,00 + Troféu
Primeiro Lugar Fase Regional:   R$  1.000,00 + Troféu
Segundo Lugar Fase Regional:  R$ 500,00 + Troféu

Informações:  jesproarte@hotmail.com

10º CANTO FARROUPILHA - INSCRIÇÕES ABERTAS


O 10º Canto Farroupilha e o 4º Cantinho Farroupilha, acontecerão nos dias 07 e 08 de setembro de 2018, no CTG Farroupilha, em Alegrete

As inscrições devem ser encaminhadas até 01 de Agosto de 2018, através do endereço eletrônico:

Para o 10º Canto Farroupilha, serão selecionadas 12 canções, sendo 04 para a Fase Local e 08 para a Fase Estadual, as quais deverão se apresentar nas noites de 07 e 08 de setembro.  Todas as concorrentes farão parte do o CD oficial do festival.
As oito músicas selecionadas para a Fase Estadual receberão a título de Direitos Autorais e Artísticos, a importância de R$ 2.000,00 (dois mil reais) por música.
As quatro músicas selecionadas para a Fase Local receberão a título de Direitos Autorais e Artísticos, a importância de R$ 1.000,00 (mil reais) por música.

Os destaques do 10º Canto Farroupilha, receberão a seguinte premiação:
Primeiro Lugar:     Troféu + R$$ 2.000,00 (dois mil reais).
Segundo Lugar:    Troféu + R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais).
Terceiro Lugar:     Troféu + R$ 1.000,00 (mil reais).
Melhor instrumentista:  Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Melhor intérprete:         Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Música mais popular:   Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Melhor poesia:             Troféu + R$ 200,00 (duzentos reais).
Melhor melodia:           Troféu+ R$ 200,00 (duzentos reais).

A comissão avaliadora do 10º Canto Farroupilha estará formada por:
Ângelo Franco, Cristian Camargo, Ita Cunha, Miguel Bicca, Paulo Garcia.

Informações podem ser obtidas por meio dos seguintes telefones:
(55) 999.940.430   -  Roberto Silveira
(55) 999.920.919   -  Cristiano Fantinel
ou pelo email:  cantofarroupilhadealegrete@gmail.com

10 de julho de 2018

11º CANTO NATIVO - CONCORRENTES

A Comissão organizadora da 11ª edição do Canto Nativo, tem o prazer de divulgar as obras classificadas para o festival que acontecerá nos dias 17 e 18 de agosto, no Parque de Exposições do Sindicato Rural de Santo Augusto.
A triagem das obras inscritas ocorreu nos dias 05, 06, 07 e 08 de julho, nas dependências do Sindicato Rural de Santo Augusto. 
Subirão ao palco do 11º Canto Nativo, as seguintes canções:



9 de julho de 2018

8º CAMPO A FORA - INSCRIÇÕES ABERTAS

O 8º Festival Campo a Fora, está confirmado para acontecer no dia 08 de setembro de 2018, no galpão do CTG Coxilha de Ronda, em Santiago. As inscrições devem ser encaminhadas até 16/08/2018. 
Os interessados deverão enviar ficha de inscrição, cópia da letra e arquivo de áudio para o endereço eletrônico festivalcampoafora@gmail.com.

Mais informações podem ser obtidas através dos telefones: 
(55) 999.514.867 -  Felipe Machado
(55) 999.462.128 - Uiliam Machado
(55) 996.034.710 - Roger Antochieviez
(55) 999.154.110 - Fernando Lorenzini
ou acessando a página do festival no Facebook:  facebook.com/festivalcampoafora   




  

6 de julho de 2018

7ª TERTÚLIA MAÇÔNICA - CONCORRENTES

Foram definidos os poemas concorrentes na 7ª Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula, festival promovido pelo Piquete Fraternidade Gaúcha, da Maçonaria do Rio Grande do Sul.
O festival acontecerá no dia 11 de agosto, no Teatro do Sesc, em Porto Alegre, oportunidade em que subirão ao palco os seguintes versos:

CATEGORIA MAÇÔNICA 
1. Para Ser Maçom 
Autores: Rafael Paulo/Hermeto Silva  
2. A Banhadora de Sapos, Torturadora de Grilos.
Autor: Carlos Omar Villela Gomes
3. Peregrino dos Quatro Elementos
Autor: Moisés Silveira de Menezes
4. Quando o Verso Ganha Asas.
Autor: Carlinhos Lima
5. Irmandade
Autor: Mario Amaral  

CATEGORIA NÃO MAÇÔNICA
1. Os Versos Que Eu Extraviei
Autor: Marcelo D'ávila
2. Pingo de Corredor
Autor: Matheus Costa
3. Destas Heranças de Campo
Autor: João Antônio Marin
4. Romance de Estrada e Estância
Autores: Vítor Ribeiro/Rosa Linn
5. O Roubo de Santo Antônio
Autora: Joseti Gomes

Fonte: Blog do Léo Ribeiro