sábado, 9 de junho de 2012

DESTAQUES DO 21º RONCO DO BUGIO .

Nem as baixas temperaturas registradas no período tiraram o entusiasmo dos participantes  do 21º Ronco do Bugio, encerrado no início da madrugada fria deste sábado, quando foram conhecidos os destaques do festival que aconteceu nos dias 06, 07 e 08 de junho, em São Francisco de Paula, município localizado na serra gaúcha. O bugio vencedor foi "Abraço Eterno" de Dionísio Costa e Rico Baschera. Com esta conquista o compositor Dionísio Costa se torna bi-campeão do Ronco, pois na 20ª edição ele também levou o primeiro lugar com "Coisas da Serra" em parceria com José Claro, o Zezinho. 
Na comissão avaliadora atuaram Cristiano Quevedo, Érlon Péricles, Gonzaga dos Reis, Jairo Reis e Rivadávia Barreto. 
O resultado oficial foi o seguinte:


Primeiro Lugar: Abraço Eterno
Letra: Dionísio Costa
Melodia: Rico Baschera
Interpretação: Rico Baschera e Leomar Ferraz


Segundo Lugar: Cordeona
Letra: Jadir Oliveira
Melodia: Jadir Oliveira Filho
Interpretação: Jadir Oliveira Filho e Grupo Mas Bah!


Terceiro Lugar: Hoje e Sempre Bugio
Letra: Edson Brito
Melodia: Edson Brito

Interpretação: Volnei Gomes 









Bugio Mais Popular:  Abraço Eterno 
(Dionisio Costa/Rico Baschera)



Melhor Intérprete: Volnei Gomes  (Hoje e Sempre, Bugio)

Melhor Instrumentista: Tiago Quadros
Gaita Botoniera
Bugio Domador (Tadeu Martins/Jorge Freitas)































































Fotos: Karine Klein/Estratégia Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica. Grato e um baita abraço.