segunda-feira, 30 de abril de 2012

OS DESTAQUES DO 1º CANTO DE LUZ


Foto: Bahstidores

Por volta da uma da madrugada de segunda-feira, 30, encerrou em Ijui, a primeira edição do Canto de Luz, festival de música nativista que, de acordo com manifestações dos participantes, nasceu grande, com destaque para a boa organização e para o nível elevado das obras concorrentes.
A comissão avaliadora, formada por  Antônio Gringo, Eraci Rocha, Miguel Marques, Nenito Saturi e Valdomiro Maicá apontou os seguintes destaques:
Primeiro Lugar: Um Mate Para o Pai
Letra: Nilton Jr. da Silveira
Melodia: Nilton Jr. da Silveira
Interpretação: Flávio Hanssen
Segundo Lugar: Nos Sorrisos das Cascatas
Letra: Valdir Disconzi
Melodia: Zulmar Benitez
Interpretação: Jean Kirchoff
Terceiro Lugar:  Pátria Mãe
Letra: Chico Roloff
Melodia: Ivanhoé Ferreira
Interpretação:  Itiberê Ourique Pereira e Nícolas Leal
Obra Popular:  Pátria Mãe 
Melhor Intérprete: Cristiano Fantinel – Um História de Luz (Andrieli Costenaro/Valdemir Nunes)
Melhor Instrumentista: Mauricio Marques – Ventre de Luz
Melhor Arranjo Vocal:  Nos Sorrisos das Cascatas
Melhor Arranjo Instrumental: Um Mate para o Pai
Melhor Trabalho Poético: O Tempo e a Janela (Rodrigo Bauer/Ezequiel da Rosa)

2 comentários:

  1. Corrigindo os Intérpretes da Obra "Pátria Mãe":
    Itiberê Ourique Pereira e Nícolas Leal

    ResponderExcluir
  2. Corrigido, meu amigo. Obrigado pela contribuição. Mas ficaria bonito se te identificasses. Abraço.

    ResponderExcluir

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica. Grato e um baita abraço.