domingo, 1 de janeiro de 2012

OS MELHORES DOS FESTIVAIS EM 2011


Encerrado mais um ano, é hora de revelarmos os MELHORES DE 2011 no universo dos festivais, aqueles que abriram espaços para troféus em suas estantes e, em alguns casos, até mesmo rechearam as guaiacas com bons prêmios em dinheiro.
Antes de mostrarmos nomes e números, é preciso deixar claros alguns critérios que nortearam este levantamento:
1. Foram considerados todos os festivais de cunho nativista ou entendidos como tal,  43 de música e 04 de poesia, realizados no RS, independente de serem consagrados ou iniciantes, com maior ou menor projeção, em cujo regulamentos estejam previstas mostras de competição com as obras concorrentes previamente determinadas por triagem;  
2. Não integram esta estatística os festivais ditos “de barranca”, que adotam o critério de definição de um tema sobre o qual os participantes devem criar suas obras e apresentá-las no dia seguinte;
3.  Além dos eventos promovidos no RS, foram levados em consideração mais 03 festivais de música ocorridos no estado de Santa Catarina,  19ª Sapecada da Canção de Lajes, 5ª Ronda da Canção de Lajes e 1ª Fronteira da Canção de Concórdia, por se tratarem de certames com características idênticas aos que ocorrem aqui e por terem contado com participações de vários compositores, músicos e cantores gaúchos;
4. As premiações foram obtidas usando o critério da cumulatividade, ou seja, da soma dos prêmios conquistados em cada modalidade;
5. As categorias ou modalidades foram definidas pelo blog num formato de fácil compreensão.

Os MELHORES DO ANO nos Festivais Nativistas de 2011 são os seguintes:

Martin Cesar
Na modalidade AUTOR COM MAIS VITÓRIAS, destaque para MARTIN CÉSAR, com  4 trofeús conquistados  nos festivais:  3º Levante de Capão do Leão, 9ª Sentinela de Caçapava do Sul, Coxilha Negra - Linha Popular – de Butiá,  e 21ª Guyanuba  de  Sapucaia do Sul.  
Na sequência, com 3 vitórias cada um, os compositores Everson Maré, Paulo Timm e Rômulo Chaves.

Entre os AUTORES COM MAIS SEGUNDOS LUGARES, lidera o poeta GUJO TEIXEIRA com  4 premiações obtidas nos festivais:  10º Acampamento de Campo Bom;  19ª Sapecada de Lages/SC;  18ª Estância de São Gabriel; 17ª Seara da Carazinho.  
RÔMULO CHAVES vem logo em seguida com 3 segundos lugares.

No rol dos AUTORES COM MAIS TERCEIROS LUGARES, ponteia de novo GUJO TEIXEIRA, com 3 premiações garantidas na 29ª Gauderiada de Rosário do Sul; na 14ª Casilha de Itaqui; e no 26º Ponche Verde de Dom Pedrito.   
Ao seu lado, igualmente com 3 troféus, aparece ÉRLON PÉRICLES que obteve os troféus na 31ª Coxilha de Cruz alta; 17ª Seara de Carazinho; e no 5º O RG Canta o Cooperativismo.

Entre os AUTORES COM MAIS PREMIAÇÕES DE MÚSICA MAIS POPULAR, o compositor JOÃO SAMPAIO  lidera com 2 troféus obtidos na 29ª Gauderiada e na 14ª Casilha.

Entre os AUTORES COM MAIS PREMIAÇÕES ALUSIVAS A TEMAS EM GERAL,  os compositores FABIO MACIEL (3º Levante e 19ª Sapecada), FABRÍCIO MARQUES (3º Levante e 5ª Encantadas de Santana da Boa Vista) e JULIANO MORENO (19ª Sapecada e 17ª Seara)  dividem a liderança desta categoria com 2 troféus cada um.

Robledo Martins
Na modalidade de MELHOR INTÉRPRETE MASCULINO,  o cantor com mais premiações é ROBLEDO MARTINS, com 6 troféus conquistados no  22º Grito do Nativismo de Jaguari; 9ª Sentinela; 26º Carijo de Palmeira das Missões; 1º Vozes do Jacui de São Jerônimo; 21ª Guyanuba;  3ª Convenção Nativista de Julio de Castilhos. 
Mais distantes, com 2 troféus, aparecem ADAMS CESAR, ÂNGELO FRANCO, FLÁVIO HANSSEN, JOÃO DE ALMEIDA NETO e MARCELO OLIVEIRA.

Shana Muller
Na categoria MELHOR INTÉRPRETE FEMININA, a cantora SHANA MULLER obteve o maior número de prêmios, 3, no festivais: 10º Acampamento; Coxilha Negra – Linha Popular; 18ª Estância.

No elenco de INTÉRPRETES COM MAIS PRIMEIROS LUGARES, aqueles que por sua interpretação levaram as canções ao prêmio máximo,  lidera mais uma vez ROBLEDO MARTINS com  5 premiações – 22º Grito; 9ª Sentinela; 3º Levante; 1º Vozes do Jacui; 21ª Guyanuba -.  
Logo atrás MARCELO OLIVEIRA aparece com 4 vitórias - 24ª Comparsa de Pinheiro Machado; 5ª Capela de Amaral Ferrador; 31ª Coxilha de Cruz Alta e 5ª Ronda de Lajes/SC-.

Douglas Mendes


Na categoria MELHOR INSTRUMENTISTA, 5 músicos empataram na liderança com 3 troféus cada um. Um violinista, três acordeonistas e um violonista. São eles:
DOUGLAS MENDES (violino): Coxilha Negra 2011; 1º Vozes do Jacuí; 3ª Convenção Nativista.
 EVERSON MARÉ (violão): 19ª Escaramuça de Triunfo; 1º Moinho de Panambi; 9º Canto sem Fronteira de Bagé.
LUIZINHO CORREA (Acordeon): 5ª Capela; 18ª Estância; 21ª Vigília de Cachoeira do Sul.
RICARDO COMASSETO: (Gaita Ponto):  3º Levante; 5ª Ronda/SC; 26º Ponche Verde.
TIAGO QUADROS (Gaita Botoneira) 1º Colina de São João da Urtiga; 21ª Guyanuba; 25º Musicanto de Santa Rosa.

Gujo Teixeira
No quesito MELHOR LETRA/POESIA o poeta GUJO TEIXEIRA se destaca mais uma vez com 4 prêmios obtidos nos festivais: 19ª Sapecada; 3º Levante; 19ª Escaramuça; 26º Ponche Verde. 
Muito próximo vem RÔMULO CHAVES com 3 troféus levantados no 22º Grito do Nativismo; na 5ª Capela e na 18ª Estância.

Tuny Brum
Entre os compositores que levaram o prêmio de MELHOR MELODIA, destaque para TUNY BRUM com 2 troféus conquistados  no 5º Canto dos Ervais de Palmeira das Missões e no 1º Moinho de Panambi.




Festivais de Poesia, aconteceram 4  em 2011 e os destaques foram os seguintes:
O POETA COM MAIS VITÓRIAS é RODRIGO BAUER,  que conquistou o prêmio máximo na 4ª Querência da Poesia de Caxias do Sul e no 9º Bivaque da Poesia de Campo Bom.
Rodrigo Bauer

JEFERSON VALENTE e HENRIQUE FERNANDES vêm em seguida com uma vitória cada um, no 2º Querência Amada, de Rolante e na 16ª Sesmaria de Osório, respectivamente.



Na modalidade de MELHOR DECLAMADOR houve empate entre PAULO RICARDO SANTOS, ROMEU WEBER, PRISCILA CAMPEOL e HENRIQUE FERNANDES que conquistaram as premiações na 4ª Querência, 9º Bivaque, 2º Querência Amada e 16ª Sesmaria, respectivamente.

Gabriel Selvage

No quesito MELHOR AMADRINHADOR também houve empate.
CLÊNIO BIBIANO, TEXO CABRAL  e LUCIANO SALERNO venceram na 4ª Querência da Poesia;
RAUL SARTOR FILHO e MARCO VINÍCIUS PINTO ganharam no 9º Bivaque;
JOÃO BATISTA DE OLIVEIRA levou o troféu no 2º Querência Amada;
GABRIEL SELVAGE foi o melhor na 16ª Sesmaria.

Em 2011 dois festivais  ofereceram premio a MELHOR MUSICA INSTRUMENTAL, casos da 25ª Moenda e do 25º Musicanto.
Na Moenda os autores vencedores foram Adriano e Christian Sperandir.   No Musicanto, Luciano Maia conquistou o troféu.
No quesito MELHOR INSTRUMENTISTA, LUIZ MAURO FILHO levou o prêmio na 25ª Moenda.

Nesta segunda-feira, 02 de janeiro, estaremos repercutindo este resultado no programa RONDA DOS FESTIVAIS, as 18h, na Rádio Rural AM 1120. www.clicrbs.com.br/rural 

Em caso de utilização  e reprodução destas informações, por favor, faça o devido crédito a autor do presente levantamento,o jornalista e comunicador JAIRO REIS.

Grato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa teu comentário, mas por favor, te identifica. Grato e um baita abraço.